terça-feira, 7 de julho de 2015

Prefeitura fará leilão de veículos

 

Previsão é que sejam disponibilizados mais de 100 veículos, incluindo caminhões, motocicletas, ônibus e máquinas rodoviárias

A prefeitura de Londrina irá realizar um leilão de veículos, da frota municipal e  mais de 200 itens. A empresa responsável pelo leilão será a PSN Leilões e os interessados poderão acessar o site www.psnleiloes.com.br para ver os detalhes dos veículos. Os lances poderão ser formulados de forma presencial ou pela internet. A intenção é arrecadar R$ R$ 805 mil com a venda dos veículos. O leilão está previsto para agosto.

A previsão é de que estejam à venda mais de 100 veículos, incluindo 30 motocicletas; 28 carros de passeio; 13 veículos utilitários; 18 caminhões; dois ônibus; 14 kombis; 14 máquinas rodoviárias como tratores esteiras, motoniveladoras, pá carregadeira, retroescavadeira, rolo pneumático de pneu, rolo compactador. Também deverá estar disponível uma carreta semirreboque três eixos, peças em geral, como sucata de baterias, de motores usados, mercedes, MWM, peças de transmissões de caminhões, além de peças novas de máquinas, caminhões e automóveis.

Mais de 200 itens também farão parte do leilão, incluindo materiais irrecuperáveis, sucatas de aparelho de som, monitor de computador, CPU, fogão, forno micro-ondas, impressora e até madeira. Também estarão disponíveis cadeiras, geladeiras e armários recuperáveis.

O secretário municipal de Gestão Pública, Rogério Carlos Dias, disse que os veículos estão sendo leiloados de acordo com a situação real de cada bem. “Isso cumpre o controle de bens no setor público e é uma forma de gerar receita que pode auxiliar na renovação da frota.”

O diretor de Gestão de Bens Municipais, Sebastião Vicente Amâncio, informou que na semana do leilão a prefeitura irá abrir dois dias para visitações, para quem quiser conferir os veículos antes do arremate. “Há tantos veículos em melhores condições, que ainda estão rodando, quanto os que estão em condições  mais precárias”, disse.

Podem participar pessoas físicas e jurídicas. Pessoas físicas devem portar documento de identidade, Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), comprovante de endereço e, quando for o caso, procuração do representante legal registrada em cartório. Pessoas jurídicas precisam apresentar o contrato social e Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), além do Registro Geral (RG) e CPF do seu representante no leilão. Servidores municipais da administração direta e indireta estão proibidos de participar.

O leilão inicia com abertura de lances a partir do lance mínimo, estipulado pelo leiloeiro, e o arrematante será o que oferecer o maior lance. A Prefeitura tem o direito de não realizar a venda caso o preço mínimo estipulado não seja atingido.

Balanço - O último leilão feito pelo Município foi em 2013. Na época foram leiloados 17 veículos de passeio; 34 motocicletas; 12 Kombis; 7 utilitários; 6 caminhões; 1  ônibus; 2 vans; 5 máquinas rodoviárias e 2 tratores agrícolas.

Texto: Dayane Albuquerque

Nenhum comentário:

Postar um comentário