sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Região Oceânica de Niterói ganha Companhia Destacada

Localizada em Pendotiba, unidade contará com 150 homens e 14 viaturas para realizar o policiamento da região


O município de Niterói ganhou nesta sexta-feira (31/1) mais uma Companhia Destacada do estado. A unidade – que funciona em Pendotiba, na Região Oceânica – conta com um efetivo total de 150 homens e 14 viaturas. A localização da Companhia, na Estrada Caetano Monteiro, é considerada estratégica pela Polícia Militar e vai facilitar a atuação do efetivo, que patrulhará a área que vai de Maria Paula a São Francisco. Esta é a segunda Companhia Destacada na cidade.

O Governo do Estado já instalou Companhias Destacadas na Praça Seca (Bateau Mouche e São José Operário), Flamengo (Morro Azul), Mesquita (Chatuba), Duque de Caxias (Complexo da Mangueirinha), Niterói (Estado e Palácio), Jacarepaguá (Covanca) e Pavuna.

– A combinação entre investigação e policiamento ostensivo é fantástica. A Divisão de Homicídios (DH) já faz um bom trabalho, as delegacias regulares também e quem ganha é a população. Estamos presentes com Bope, Choque, polícia regular, UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), batalhões, delegacias especializadas e companhias. O policiamento ostensivo é a garantia de ir e vir – disse o governador Sérgio Cabral na inauguração da unidade, que contou com a presença do vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão.

De acordo com o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, Niterói vai dispor até maio de um efetivo de cerca de 800 homens entre o 7° Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 12° BPM.

– É uma satisfação entregar uma companhia, assim como entregamos a Divisão de Homicídios. Até o fim de maio, teremos aproximadamente de 800 homens em UPPs, Companhias e batalhões. Inauguramos recentemente na Pavuna uma Companhia – afirmou o secretário.

Comandante da companhia, o capitão Carlos Henrique Elethério, disse que com o aumento do efetivo e as novas viaturas será possível atuar com mais celeridade na região. A antiga Companhia estava instalada no centro de Niterói, no 7º Batalhão da Polícia Militar.

– Com os 60 novos homens oriundos de UPPS houve um aumento de efetivo de cerca de 70%. Também aumentamos o número de viaturas, de oito passamos para 14. Com isto, teremos mais policiais nas ruas fazendo operações. Estamos em um ponto estratégico. Temos certeza que vamos diminuir a criminalidade na localidade, gerando mais sensação de segurança à população – explicou o capitão.

Moradores satisfeitos

Moradora de Pendotiba há 45 anos, a comerciante Márcia Gallea, que tem uma papelaria em um pequeno shopping na região, comemorou a instalação da unidade.

– Acho importante porque precisamos ter a sensação de segurança. Já haviam aumentado o policiamento por aqui, mas agora ficará muito melhor – afirmou a comerciante.

Para o coordenador da Comissão de Moradores da Região Oceânica, Carlos Marins, a Companhia vai combater os casos de roubos a transeuntes e veículos que tem ocorrido na área.

– Estamos muito satisfeitos, isto era uma reivindicação antiga. Estávamos precisando de mais segurança na região – disse o coordenador.

Gartner afirma que o uso da impressão 3D irá provocar um grande debate sobre ética e regulação


O rápido desenvolvimento das bioimpressoras 3D provocará apelos para banir a tecnologia do uso humano e não humano, em 2016
A escalada das capacidades de impressão 3D vai mudar os modelos de varejo e ameaçar a propriedade intelectual
De acordo com o Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, a tecnologia de bioimpressão 3D (a aplicação médica da impressão 3D para produzir tecidos vivos e órgãos) está avançando tão rapidamente que provocará um grande debate sobre seu uso até 2016. Ao mesmo tempo, a impressão 3D de dispositivos médicos, como próteses, combinada a uma população crescente e níveis insuficientes de assistência de saúde em mercados emergentes, deve causar uma explosão da demanda pela tecnologia em 2015.
 
 
Gartner Says Uses of 3D Printing Will Ignite Major Debate on Ethics and Regulation
Rapid Development of 3D Bioprinters Will Spark Calls to Ban the Technology for Human and Nonhuman Use by 2016
 
Escalation of 3D Printing Capabilities Will Change Retail Models and Threaten Intellectual Property
 
 
The technology of 3D "bioprinting" (the medical application of 3D printing to produce living tissue and organs) is advancing so quickly that it will spark a major ethical debate on its use by 2016, according to Gartner Inc. At the same time, 3D printing of non-living medical devices such as prosthetic limbs, combined with a burgeoning population and insufficient levels of healthcare in emerging markets, is likely to cause an explosion in demand for the technology by 2015.
"3D bioprinting facilities with the ability to print human organs and tissue will advance far faster than general understanding and acceptance of the ramifications of this technology," said Pete Basiliere, research director at Gartner. Already in August 2013, the Hangzhou Dianzi University in China announced it had invented the biomaterial 3D printer Regenovo, which printed a small working kidney that lasted four months. Earlier in 2013, a two-year-old child in the US received a windpipe built with her own stem cells.
Mr. Basiliere added: "These initiatives are well-intentioned, but raise a number of questions that remain unanswered. What happens when complex 'enhanced' organs involving nonhuman cells are made? Who will control the ability to produce them? Who will ensure the quality of the resulting organs?"
Nevertheless, the day when 3D-bioprinted human organs are readily available is drawing closer, and will result in a complex debate involving a great many political, moral and financial interests.
As 3D printing technology continues to mature, its ability to build customized human anatomical parts has pervasive appeal in medical device markets — especially in economically weak and war-torn regions — where it addresses high demand for prosthetic and other medical devices. In addition, increasing familiarity within the material sciences and computer-augmented design services sectors, and integration with healthcare and hospitals, will further increase demand from 2015 onwards.
"The overall success rates of 3D printing use cases in emerging regions will escalate for three main reasons: the increasing ease of access and commoditization of the technology;  ROI; and because it simplifies supply chain issues with getting medical devices to these regions," said Mr. Basiliere. "Other primary drivers are a large population base with inadequate access to healthcare, in regions often marred by internal conflicts, wars or terrorism."
Outside the medical market, 3D printing will also bring about major changes and challenges. Gartner predicts that by 2018, at least seven of the world's top 10 multichannel retailers will be using 3D printing technology to generate custom stock orders, at the same time as entirely new business models are built on the technology.
"Some retailers are already selling 3D printers to consumers, and as they become more readily available, consumers could use them to 'manufacture' their own custom-designed products," said Miriam Burt, research vice president at Gartner. "We also expect to see 3D copying services and 3D printing bureaus emerge where customers bring 3D models to a retailer or provider and have increasingly high-end parts and designs printed, not just in plastics but in materials including ceramics, stainless steel, and cobalt and titanium alloys."
The rapid emergence of this technology will also create major challenges in relation to intellectual property (IP) theft. Gartner predicts that by 2018, 3D printing will result in the loss of at least $100 billion per year in IP globally.
"The very factors that foster innovation — crowdsourcing, R&D pooling and funding of start-ups — coupled with shorter product life cycles, provide a fertile ground for intellectual property theft using 3D printers," said Mr. Basiliere. "Already, it's possible to 3D print many items, including toys, machine and automotive parts, and even weapons."
In this environment, businesses will find it increasingly difficult to fully monetize their inventions, and licensees of related IP will be less able to achieve the maximum benefit of their licenses. IP thieves will have reduced product development and supply chain costs, enabling them to sell counterfeit goods at a discount, while unsuspecting customers are at risk of poorly performing and possibly even dangerous products.
More detailed analysis is available in the report "Predicts 2014: 3D Printing at the Inflection Point." The report is available on Gartner's website at http://www.gartner.com/doc/2631234.
Gartner's Special Report "Predicts 2014" features 67 documents with insights and recommended actions to help IT leaders start exploring the "Digital Industrial Revolution." It can be viewed at http://www.gartner.com/technology/research/predicts/ and includes links to reports and video commentaries that examine the impact of big data on enterprises.
Gartner analysts will provide additional analysis on these predictions during the Gartner webinar, "Gartner Predicts a Disruptive IT Future" on March 13 at 8 a.m. and 11 a.m. EST. To register for this complimentary webinar, please visit http://my.gartner.com/webinardetail/resId=2656516?srcId=1-2994690285.

Sobre o Gartner
            O Gartner é líder mundial no fornecimento de pesquisas e aconselhamento na área de tecnologia da informação. Fornece análises de TI necessárias para seus clientes fazerem as escolhas certas todos os dias. De CIOs e diretores de TI em corporações e agências governamentais a líderes em empresas de alta tecnologia e telecomunicações, passando por investidores deste mercado, o Gartner é parceiro indispensável para 60 mil clientes em mais de 13.000 companhias diferentes. Fundado em 1979, o Gartner tem sede em Stamford, Connecticut, e possui 5.800 associados, sendo 950 analistas de pesquisa em 85 países. No Brasil, o Gartner está presente com três unidades: Gartner Research, que oferece pesquisas e aconselhamento para profissionais, fornecedores e investidores de TI; Executive Programs, grupo de CIOs alimentado pelo conteúdo Gartner com mais de 3 mil membros em todo o mundo; e Eventos, com conferências e simpósio anuais. Para obter mais informações, visite www.gartner.com

Estado inaugura colégio bilíngue Português-Espanhol

Unidade é fruto de parceria entre Governo do Estado e governo espanhol

O Governo do Estado inaugura, na tarde desta sexta-feira (31/1), o Colégio Estadual Hispano-Brasileiro João Cabral de Melo Neto, terceira escola estadual bilíngue da rede. Oferecendo aulas ministradas em português e espanhol, em horário integral, a unidade localizada no Méier, Zona Norte carioca, conta com nove salas de aula, biblioteca, quadra de esporte, laboratórios, cozinha e refeitório.

O prédio destinado à implementação do projeto, proposta educacional inédita na rede pública do país, foi adquirido pela Secretaria de Educação por aproximadamente R$ 1,7 milhão. Foram investidos cerca de R$ 400 mil nas reformas de adequação do espaço e mais de R$ 150 mil em equipamentos.

A inauguração de mais um colégio pelo Programa Dupla Escola conta com a presença do governador Sérgio Cabral, do vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, do secretário de Educação, Wilson Risolia, e do embaixador da Espanha no Brasil, Manuel de La Cámara Hermoso.

- Falar um idioma estrangeiro me ajudará a conseguir um emprego bom, a me destacar em meio a outras pessoas. Além disso, este colégio está no nível que o meu pai, que é professor e muito exigente, acha adequado - avaliou a estudante Rafaella Cavalcanti, de 15 anos, que pretende ser arquiteta.

Caio Korol, de 15 anos, concorda. Filho de uma das professoras de espanhol do novo colégio e neto de argentino, ele acredita que o ensino diário do espanhol lhe possibilitará a fluência que vem buscando.

- Minha expectativa é que o ensino aqui seja diferenciado - disse o adolescente, que deseja ser médico no futuro.

A iniciativa do Colégio Estadual Hispano-Brasileiro João Cabral de Melo Neto é uma parceria entre a Seeduc e o Ministério de Educação, Cultura e Esporte da Espanha, com o apoio da Consejeria de Educación da Embaixada da Espanha em Brasília. Até 2016, 288 estudantes serão beneficiados na unidade.

A proposta pedagógica prevê a adoção do formato Dual Language 90/10, no qual as disciplinas são separadas em dois grandes grupos e ministradas em português e em espanhol, alternando-se a carga horária destinada a cada idioma. Assim, as disciplinas da Base Nacional Comum e da Parte Diversificada serão ministradas em português durante 90% do tempo. A carga horária restante, equivalente a 10%, será utilizada para as atividades menos complexas, em espanhol. O grupo de matérias específicas terá suas instruções ministradas em espanhol durante 90% do tempo, destinando-se os 10% restantes à comunicação através da Língua Portuguesa.

Foz do Iguaçu será destaque na Copa



A aposta é que o destino seja o mais visitado durante a Copa, após as cidades-sede, de acordo com a Secretaria de Turismo do Paraná

Terceiro destino mais procurado por turistas estrangeiros que viajam ao Brasil a lazer, de acordo com estudo do Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), a cidade de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, se prepara para receber um grande número de torcedores durante a Copa do Mundo.
Foz é a porta de entrada de boa parte dos sul-americanos que visitam o país. A exuberância de suas paisagens e o maior conjunto de quedas d’água do mundo, com 270 cachoeiras nos parques nacionais das duas fronteiras, as Cataratas do Iguaçu – eleita uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno – devem fazer parte de qualquer roteiro turístico de natureza para os turistas que circularão pelo Brasil, durante o Mundial de futebol.
Os turistas estrangeiros da última Copa, na África do Sul, aproveitaram a estada para visitar mais três destinos, de acordo com um estudo feito pelo Ministério do Turismo. Foz do Iguaçu deve ser uma delas. Segundo a diretora presidente da Paraná Turismo, Juliana Vellozo Vosnika, “pode-se dizer que Foz será o 13º destino da Copa”. 
Sorte dos torcedores e da delegação coreana que escolheram a cidade para fixar seu centro de treinamento durante a competição. A grande colônia de descendentes coreanos que vivem na região, ajudou na escolha da equipe. Também foi levado em consideração a proximidade com os locais onde o time irá jogar durante a primeira fase da Copa: Cuiabá, São Paulo e Porto Alegre.
O técnico coreano Hong Myung-Boo, que no mês de janeiro esteve em Foz treinando com sua equipe, visitou as Cataratas do Iguaçu. “O lugar é fantástico, passou boas energias para o time e será uma das nossas fontes de inspiração para o mundial”, disse.
Além dos coreanos, é fácil encontrar representantes de outras etnias pela região, entre elas,  árabes, japoneses, chineses e indianos que dão a Foz. A cidade está acostumada a falar outras línguas. Segundo dados da Secretaria de Turismo do município, em 2013, a cidade recebeu cerca de dois milhões de turistas. Situada na tríplice fronteira de Brasil, Argentina e Paraguai, o município tem uma rede hoteleira composta de mais de 100 hotéis e capacidade para 20 mil hóspedes, além de meios alternativos como albergues, camping e pousadas.
Os turistas têm inúmeras opções de visitação aos parques, ecoturismo e ainda, com passaporte em mãos, podem facilmente cruzar a fronteira para turismo de compras no Paraguai, de conhecer os cassinos e restaurantes argentinos. A visita a maior usina de energia renovável do mundo, a Itaipu Binacional, é roteiro indispensável.
Já Curitiba, cidade-sede da Copa, localizada a mais de 600 km de Foz, receberá os jogos de Irã e Nigéria; Honduras e Equador; Austrália e Espanha; Argélia e Rússia, também foi escolhida como sede de treinamentos pela atual campeã mundial, a Espanha, que usará o centro de treinamento do Caju.
Segundo a diretora da Paraná Turismo, a capital paranaense espera receber aproximadamente 507 mil turistas durante a Copa, sendo 101 mil estrangeiros conforme estimativa do MTur. “Para a recepção estão em andamento obras de ampliação do número de postos de informações, colocação de sinalização bilíngue, e obras de acessibilidade aos atrativos da Linha Turismo de Curitiba.

Além da capital e de Foz, o estado aposta no litoral para atrair turistas, em lugares como a Ilha do Mel, Guaraqueçaba e o Parque Nacional do Superagüi. Na região dos Campos Gerais, estão localizados o Parque Estadual de Vila Velha, com suas gigantescas esculturas de rocha, e o cânion do Guartelá, o sexto maior do mundo.

Foz do Iguaçu será destaque na Copa



A aposta é que o destino seja o mais visitado durante a Copa, após as cidades-sede, de acordo com a Secretaria de Turismo do Paraná

Terceiro destino mais procurado por turistas estrangeiros que viajam ao Brasil a lazer, de acordo com estudo do Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), a cidade de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, se prepara para receber um grande número de torcedores durante a Copa do Mundo.
Foz é a porta de entrada de boa parte dos sul-americanos que visitam o país. A exuberância de suas paisagens e o maior conjunto de quedas d’água do mundo, com 270 cachoeiras nos parques nacionais das duas fronteiras, as Cataratas do Iguaçu – eleita uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno – devem fazer parte de qualquer roteiro turístico de natureza para os turistas que circularão pelo Brasil, durante o Mundial de futebol.
Os turistas estrangeiros da última Copa, na África do Sul, aproveitaram a estada para visitar mais três destinos, de acordo com um estudo feito pelo Ministério do Turismo. Foz do Iguaçu deve ser uma delas. Segundo a diretora presidente da Paraná Turismo, Juliana Vellozo Vosnika, “pode-se dizer que Foz será o 13º destino da Copa”. 
Sorte dos torcedores e da delegação coreana que escolheram a cidade para fixar seu centro de treinamento durante a competição. A grande colônia de descendentes coreanos que vivem na região, ajudou na escolha da equipe. Também foi levado em consideração a proximidade com os locais onde o time irá jogar durante a primeira fase da Copa: Cuiabá, São Paulo e Porto Alegre.
O técnico coreano Hong Myung-Boo, que no mês de janeiro esteve em Foz treinando com sua equipe, visitou as Cataratas do Iguaçu. “O lugar é fantástico, passou boas energias para o time e será uma das nossas fontes de inspiração para o mundial”, disse.
Além dos coreanos, é fácil encontrar representantes de outras etnias pela região, entre elas,  árabes, japoneses, chineses e indianos que dão a Foz. A cidade está acostumada a falar outras línguas. Segundo dados da Secretaria de Turismo do município, em 2013, a cidade recebeu cerca de dois milhões de turistas. Situada na tríplice fronteira de Brasil, Argentina e Paraguai, o município tem uma rede hoteleira composta de mais de 100 hotéis e capacidade para 20 mil hóspedes, além de meios alternativos como albergues, camping e pousadas.
Os turistas têm inúmeras opções de visitação aos parques, ecoturismo e ainda, com passaporte em mãos, podem facilmente cruzar a fronteira para turismo de compras no Paraguai, de conhecer os cassinos e restaurantes argentinos. A visita a maior usina de energia renovável do mundo, a Itaipu Binacional, é roteiro indispensável.
Já Curitiba, cidade-sede da Copa, localizada a mais de 600 km de Foz, receberá os jogos de Irã e Nigéria; Honduras e Equador; Austrália e Espanha; Argélia e Rússia, também foi escolhida como sede de treinamentos pela atual campeã mundial, a Espanha, que usará o centro de treinamento do Caju.
Segundo a diretora da Paraná Turismo, a capital paranaense espera receber aproximadamente 507 mil turistas durante a Copa, sendo 101 mil estrangeiros conforme estimativa do MTur. “Para a recepção estão em andamento obras de ampliação do número de postos de informações, colocação de sinalização bilíngue, e obras de acessibilidade aos atrativos da Linha Turismo de Curitiba.

Além da capital e de Foz, o estado aposta no litoral para atrair turistas, em lugares como a Ilha do Mel, Guaraqueçaba e o Parque Nacional do Superagüi. Na região dos Campos Gerais, estão localizados o Parque Estadual de Vila Velha, com suas gigantescas esculturas de rocha, e o cânion do Guartelá, o sexto maior do mundo.

Associação Brasileira de Psicoterapia promove Jornada de Primeiros Socorros Emocionais


Evento, que acontece em São Paulo nos dias 14 e 15 de fevereiro, visa preparar profissionais da área de saúde mental para atuar em momentos de trauma e desastre
Tragédias como a de Santa Maria, no ano passado, mostram a importância dos profissionais da área da Saúde Mental para atender vítimas e seus familiares. Diante das frequentes necessidades psicossociais decorrentes de eventos traumatogênicos coletivos como esse, cada vez mais frequentes no Brasil, a ABRAP (Associação Brasileira de Psicoterapia) promove a 1ª Jornada de Primeiros Socorros Emocionais em Situações de Emergência e Desastre, destinada a profissionais e estudantes da área de Saúde Mental.
“Há uma necessidade humanitária cada vez mais urgente de preparação de profissionais e estudantes da área de Saúde Mental dispostos a contribuir com energia solidária nessas ocasiões”, explica a presidente a ABRAP, Emília Afrange. “Neste contexto, a ABRAP tem como objetivo trazer uma visão contemporânea sobre o trauma, a fim de integrar perspectivas novas e reunir profissionais de diferentes instituições e abordagens”, explica. Segundo a psicoterapeuta Selma Ciornai, idealizadora do evento, “o foco é melhorar a eficácia do trabalho de primeiros socorros emocionais, tão necessários em momentos de crise, dor e desespero coletivo”.
O evento acontece em São Paulo nos dias 14 e 15 de fevereiro. Na sexta-feira, das 18h às 22h, o psiquiatra José Toufic Thomé aborda este novo campo traumatogênico, que requer conceitos psicodinâmicos ativos que se diferenciam do trauma psíquico tradicional.
No sábado, Pedro Padro e Carmen Lemos apresentam, das 9h às 13h, a Experiência Somática – SE, criada por Peter Levine, modelo contemporâneo de abordagem somática que trabalha a prevenção e o tratamento do trauma, oferecendo suporte às pessoas em sofrimento. Maria Helena Pereira Franco encerra a Jornada, a partir das 14h, discutindo questões que envolvem o luto e maneiras de levar para a prática uma fundamentação científica.
O valor das inscrições varia de acordo com a data e com a categoria (associado ABRAP e instituições parceiras, estudantes de graduação ou público em geral). Mais informações sobre o evento e inscrições estão disponíveis no site da ABRAP www.abrap.org ou pelo e-mail secretaria@abrap.br
1ª Jornada de Primeiros Socorros Emocionais em Situações de Emergência e DesastreData: 14 e 15 de fevereiro de 2014
Local: Av. Dr. Arnaldo, 1644, São Paulo (SP)
Informações e inscrições: secretaria@abrap.org e www.abrap.org

Senado começa 2014 com pauta do Plenário trancada

Patrícia Oliveira

O Senado começa o ano legislativo com a pauta do Plenário trancada por uma medida provisória. A MP 626/2013 abriu crédito extraordinário, no valor de R$ 2,53 bilhões, para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Entre as demais matérias que aguardam discussão estão a proposta de emenda à Constituição que prevê a criação e extinção de órgãos públicos apenas por lei complementar (PEC 34/2013); e o projeto que define novos indexadores da dívida consolidada dos estados e municípios (PLC 99/2013).
O Fies é um programa do Ministério da Educação voltado prioritariamente para estudantes de cursos de graduação. Os recursos liberados pela MP visam garantir o acesso às universidades particulares por meio de novos financiamentos, de aditamentos dos financiamentos já contratados e de contratos de anos anteriores para os quais os repasse foram insuficientes.
A matéria teve parecer favorável do senador Wilder Morais (DEM-GO), relator na Comissão Mista de Orçamento (CMO), e do relator-revisor, deputado Bohn Gass (PT-RS), com inadmissão da emenda apresentada.
Órgãos públicos
A PEC 34/2013 dificulta a criação ou extinção de estatais, ministérios e demais órgãos públicos por parte do Poder Executivo. De autoria do senador José Agripino (DEM-RN), a proposta altera dois artigos da Constituição (37 e 38), exigindo edição de lei complementar para mudanças na estrutura da administração pública.
Para ser aprovado, um projeto de lei complementar exige maioria absoluta, ou seja, 41 votos no Senado e 257 na Câmara. A aprovação de projeto de lei ordinária requer maioria simples - a maioria dos presentes na sessão de votação.
Agripino ressaltou que, dessa forma, somente serão criadas novas entidades ou órgãos com status de ministério quando forem efetivamente necessários para melhorar a gestão pública. O objetivo é evitar a proliferação de instituições que "acabam se tornando verdadeiros cabides de emprego, monumentos à ineficiência".
Gestão fiscal
De iniciativa do Executivo, o Projeto de Lei Complementar da Câmara (PLC) 99/2013 define o novo indexador das dívidas dos estados e municípios com a União. A proposta é trocar o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).  d
Além disso, o projeto reduz os juros, dos atuais 6% a 9% ao ano, para 4% ao ano e estabelece um limitador dos encargos, a taxa básica de juros (Selic). A intenção é justamente evitar que sejam pagos à União juros mais elevados do que os vigentes no mercado.
Reivindicação antiga de governadores e prefeitos a matéria foi aprovada em sessão conjunta pelas Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Assuntos Econômicos (CAE).
Pauta prioritária
O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), anunciou que o governo se reunirá com os líderes partidários para negociar os temas prioritários na pauta do Congresso. Na segunda-feira (3) serão ouvidos os líderes da Câmara e no dia seguinte será a vez do Senado.
Agência Senado

PF prende peruano que transportava ilegalmente grande quantia de dinheiro

Manaus/AM - A Polícia Federal apreendeu, na tarde de ontem (29/1), por volta das 14h, cerca de 220 mil dólares e 240 mil reais, em poder de um homem peruano, de 22 anos de idade, quando viajava para Tabatinga, em embarcação de transporte e carga.
Durante fiscalização de rotina no Rio Solimões, policiais federais abordaram o barco nas proximidades da cidade de Iranduba/AM e, durante a vistoria, localizaram todo o dinheiro em embalagem impermeável, dentro de um forno elétrico. O acusado foi encaminhado para esta Superintendência e autuado em flagrante nos crimes de lavagem de dinheiro e de evasão de divisas, cujas penas somadas poderão chegar a 16 anos, além de multa.
O dinheiro apreendido será depositado em instituição bancária. Após o flagrante, o acusado será encaminhado para unidade prisional Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal no Amazonas.

PF deflagra Operação Net Control contra pornografia infantil e racismo

Recife/PE - A Polícia Federal deflagrou, hoje (31/1), em Pernambuco, a Operação Net Control. O objetivo é cumprir quatro mandados de busca e apreensão para combater crimes de pornografia infantil e atos de racismo veiculados e compartilhados na rede mundial de computadores.
Os responsáveis pela divulgação de pornografia infantil usaram programas de compartilhamento de arquivos para trocarem fotos e vídeos com o conteúdo ilegal.
O indivíduo investigado por racismo fez comentários ofensivos aos negros no site de uma revista de circulação nacional.
Nos locais de busca foram arrecadados discos rígidos, notebooks, pen drives, e mídias de cds.
Os peritos criminais federais, utilizando de tecnologia e sistemas avançados de busca por imagens e vídeos suspeitos, não conseguiram detectar tais reproduções nas máquinas analisadas no local da ocorrência. Entretanto, todo o material passará por perícia técnica profunda para averiguar o conteúdo de suas informações.
Caso seja detectado algum conteúdo pornográfico infantil ou racista, os responsáveis poderão ser indiciados pelos crimes contidos nos artigos 241-A e 241-B da Lei 8.069/90-ECA-Estatuto da Criança e do Adolescente e do Artigo 20 § 2º da Lei 7.716/89.

PF prende homem ligado a explosões de caixas eletrônicos em SP

São Paulo/SP – A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira, 29/01, um homem envolvido em diversas explosões e arrombamentos de caixas eletrônicos. 
Policiais federais chegaram ao homem através de investigações do roubo com corte de um caixa eletrônico, localizado dentro de uma faculdade, na zona leste de São Paulo, ocorrido no último dia 13/01.
 O envolvido havia sido preso em Minas Gerais, em uma tentativa do mesmo crime, em julho de 2012, porém foi solto após 30 dias de prisão. 
Ele foi preso em sua residência, no bairro paulistano de Campo Limpo, onde foram encontrados um veículo roubado com placas clonadas, cilindros de gás, equipamentos de corte, munição, coletes balísticos, além de diversos documentos e identidades com nomes diferentes.

Conflito no sul da Bahia


Brasília/DF - A Polícia Federal abriu inquérito para apurar ataques nas madrugadas dos dias 29 e 30 de janeiro contra a base da força de pacificação instalada em Buerarema, na região da Serra do Padeiro, sul da Bahia. A Polícia Federal não irá se pronunciar até a conclusão do inquérito.

OPERAÇÃO HUMAITÁ


A Polícia Federal em Rondônia, juntamente com a Força Nacional de Segurança Pública, Polícia Rodoviária Federal e o Exército Brasileiro, deflagraram a Operação Humaitá na data de 30/01, com o objetivo dar cumprimento a 5 mandados de prisão temporária de indígenas da etnia Tenharim,  que habitam território localizado entre os quilômetros 100 e 150 da BR- 230.
As prisões foram expedidas pela Justiça Federal do Estado do Amazonas em razão de possível envolvimento dos índios na morte de três pessoas que desapareceram ao atravessarem uma das aldeias localizadas na rodovia Transamazônica.
O crime teve grande repercussão nacional e internacional no final do dezembro de 2013 e provocou manifestações da comunidade não-indígena contra os silvícolas, culminando com a destruição de carros e instalações da FUNAI em Humaitá/AM.
A Polícia Federal instaurou inquéritos policiais para apurar o desaparecimento e destruição do patrimônio público (FUNAI).
As conclusões da investigação apontam para a ocorrência de homicídio praticado pelos presos dentro de uma das aldeias e posterior ocultação dos cadáveres. Os corpos ainda não foram localizados.
Durante os trabalhos da Força Tarefa foram percorridos aproximadamente 270 hectares, delimitados pela investigação, e encontrados, no interior da terra indígena, peças do veículo ocupado pelos desaparecidos.
Na investigação, foram ouvidas diversas testemunhas, entre indígenas e não-indígenas, realizada perícia técnica nas peças encontradas, além da utilização de cães farejadores para localização de cadáveres e equipamentos modernos de rastreamento de peças metálicas escondidas.
Os trabalhos de polícia judiciária prosseguem até a apresentação do relatório final do inquérito policial.

Estado manterá valores atuais das tarifas de trens, barcas e metrô

Secretaria de Fazenda fará estudo para definir como compensar as demais concessionárias

O governador Sérgio Cabral decidiu manter os valores atuais das tarifas de trens (R$ 2,90), barcas ( R$3,10 – tarifa social) e metrô (R$ 3,20).

No que diz respeito à tarifa das barcas, já existe uma lei (Lei estadual n° 6.138/2011), que instituiu a tarifa social e definiu que as despesas de execução tarifária do sistema aquaviário de transporte sejam subsidiadas pelo Fundo Estadual de Transporte.

Por determinação do governador, a Secretaria de Estado de Fazenda fará um estudo para definir como compensar as demais concessionárias.

Em casa, Santo André (SP) faz confronto paulista pela Superliga B de Vôlei

Cinara Piccolo/Photo&Grafia
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Técnico Marcelo Madeira

Cinara Piccolo/Photo&Grafia
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Denison é o capitão da equipe


Equipe enfrenta o ACBD Rio Claro (SP), neste sábado, às 16h, pelo primeiro turno da competição
Santo André (SP) - O Santo André (SP) volta ao ABC Paulista para um duelo em casa pela Superliga B Masculina de Vôlei. A equipe, que vem de um resultado negativo contra o São José dos Campos (SP), na noite desta quinta-feira (30), na cidade do adversário, enfrenta o ACBD Rio Claro (SP), amanhã, às 16h, no Ginásio Noêmia Assunção, o Camilópolis, com entrada gratuita.

O time, que foi montado no ano passado e conta com atletas jovens, tem uma vitória na competição e somou cinco pontos, mesma pontuação do adversário. Por isso, mais do que nunca, o apoio da torcida pode fazer a diferença. "Nós esperamos ver os torcedores no Camilópolis, pois é sempre bom contar a presença deles. Ontem cometemos erros por ansiedade e no momento decisivo. Vamos continuar trabalhando forte para corrigir isso", disse.

Segundo Madeira, o duelo deve ser, novamente, difícil. "Não tem partida fácil na competição. O Rio Claro é uma equipe bem montada, mas queremos fazer a diferença. Precisamos da vitória", ressaltou.

Além do confronto paulista, a rodada de amanhã contará com mais três duelos. Às 17h, o Sesi (SP) enfrenta o São José dos Campos (SP). Na sequência, às 20h, o Bento Vôlei (RS) recebe o Sada/Funec/Contagem (MG), e o Voleisul/Paquetá Esportes (RS) o Olympico/Mart Minas/Uptime (MG).

Tabela da primeira fase
Jogos de Santo André (SP)

Turno

Quinta-feira (16 de janeiro)
Voleisul/Paquetá Esportes (RS) 3 x 2 Santo André (SP)

Sábado (18 de janeiro)
Bento Vôlei (RS) 3 x 2 Santo André (SP)

Quinta-feira (23 de janeiro)
Santo André (SP) 3 x 0 Olympico/Mart Minas/Uptime (MG)

Sábado (25 de janeiro)
Santo André (SP) 1 x 3 Sada/Funec/Contagem (MG)

Quinta-feira (30 de janeiro)
São José dos Campos (SP) 3 x 1 Santo André (SP)

Sábado (1 de fevereiro)
16h: Santo André (SP) x ACBD Rio Claro (SP)

Quinta-feira (6 de fevereiro)
20h: Sesi (SP) x Santo André (SP)

Returno

Sábado (8 de fevereiro)
16h: Santo André (SP) x Sesi (SP)

Quinta-feira (13 de fevereiro)
19h30: Santo André (SP) x Voleisul/Paquetá Esportes (RS)

Sábado (15 de fevereiro)
16h: Santo André (SP) x Bento Vôlei (RS)

Quinta-feira (20)
19h30: Olympico/Mart Minas/Uptime (MG) x Santo André (SP)

Sábado (22)
11h: Sada/Funec/Contagem (MG) x Santo André (SP)

Quarta-feira (26)
19h30: Santo André (SP) x São José dos Campos (SP)

Sexta-feira (28)
20h: ACBD Rio Claro (SP) x Santo André (SP)

Governo publica portaria que define critérios para guias de turismo



O objetivo é esclarecer as regras da profissão e estimular a formalização do setor

O guia de turismo agora tem direitos e deveres explícitos em uma portaria publicada nesta sexta-feira (31) no Diário Oficial da União. A portaria 27/2014, do Ministério do Turismo, define a carga horária do curso de formação, os tipos de trabalho e como podem atuar os guias de turismo. 
De acordo com a portaria, para se tornar um guia de turismo, os profissionais podem ser brasileiros ou estrangeiros residentes no país, devem passar por curso técnico de formação profissional e apresentar cópia de diploma de curso de idioma ou exame de proficiência, quando forem cadastrados como guia de excursão internacional. Também devem portar um crachá de identificação durante a atividade e ter registro no Ministério do Turismo, por meio do Cadastur. Atualmente 10.625 guias estão registrados no cadastro.
“Havia alguns pontos que precisavam ser melhorados e atualizados, como a carga horária mínima do curso técnico para formação para ser guia. Com a portaria, ela passa a ser a definida pelo Ministério da Educação”, explica o ministro do Turismo, Gastão Vieira. De acordo com o MEC o curso técnico de guia deve ter 800 horas.
Entre as atribuições dos guias estão o acompanhamento e a orientação dos turistas, o esclarecimento dos serviços prestados e seus valores correspondentes. A portaria sugere que estes profissionais tenham acesso gratuito, quando possível, a museus, galerias de arte, exposições, feiras, bibliotecas e pontos de interesse turístico. O guia também deve esclarecer os serviços e os valores prestados aos turistas, e não pode cobrar comissão.
A portaria atualiza legislações antigas que regulamentavam a profissão sem esclarecer detalhes sobre a atuação de guias de turismo. Ela também dá mais informações sobre as subcategorias da profissão: guia regional, de excursão nacional, de excursão internacional ou especializado em atrativo turístico.

Governo investe em obras de revitalização em Arraial do Cabo

Orla da Prainha e Parque Público serão beneficiados por meio do Somando Forças com recursos de R$ 20 milhões


ARRAIAL DO CABO – O Governo do Estado assinou nesta sexta-feira (31/1) protocolo de intenções, no âmbito do programa Somando Forças, para liberação de R$ 20 milhões para obras de revitalização da Orla da Prainha e a reestruturação do Parque Público Municipal Hermes Barcellos, em Arraial do Cabo. A expectativa é de que as interveções comecem em março.

– Arraial do Cabo é um paraíso da natureza e a autoestima da cidade melhorou com a obra que o Estado fez na Orla da Praia Grande, por isto vamos continuar investindo no turismo, que é a vocação do município – explicou o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, que assinou o documento ao lado do prefeito da cidade, Wanderson Cardoso de Brito, assinam o documento.

A revitalização da Orla da Prainha obedece ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e vai reconstruir os 31 quiosques. Na área da casuarina, os novos espaços serão suspensos, para que a restinga seja restaurada. De acordo com o projeto, as mesas e cadeiras ficarão no calçadão e deques. Para os pescadores serão reservadas seis salas para guardar os apetrechos de pesca, e uma cozinha para poder processar o mexilhão. Além disto, eles terão sua atividade revitalizada e uma área isolada na areia para guardar as embarcações.

No Parque Público Municipal Hermes Barcellos, os 4.4426,07 metros quadrados da área de construção terão uma estrutura composta de ginásio poliesportivo, campo society, playground, circuito de skate, praça de alimentação, minizoológico, horto, quadra de tênis, quadra poliesportiva, academia popular, via de circulação de automóveis, área de passeio e pista de corrida. Também haverá uma ciclovia de 24736,70 metros quadrados e um estacionamento externo.

– As obras de revitalização da Orla da Prainha e do parque serão as mais importantes da cidade, e de grande benefício para a população – explicou o secretário de Obras de Arraial, Adiel Almeida.

Recuperação de estrada tira comunidade do isolamento



Por muito tempo, o cavalo e o trator eram as principais alternativas dos agricultores para trafegar na Estrada da Boa Sorte, localizada na região do Distrito de Caixa de São Pedro. O drama desta comunidade rural chegou ao fim nesta semana, quando a patrulha rural mecanizada da Prefeitura de Apucarana concluiu a recuperação de um trecho de 10 quilômetros.
O prefeito de Apucarana, Beto Preto, afirma que recebeu o relato de vários moradores, descrevendo o isolamento a que estavam submetidos. “Ficamos impressionados com o que ouvimos e determinamos à nossa equipe que incluísse prioritariamente essa região no cronograma de obras  das estradas rurais”, frisa.
“Trabalho aqui há 8 anos e neste tempo nunca havia passado uma máquina da Prefeitura. O que tinha não era uma estrada, era um trilho”, desabafa Liomar Martinelli de Andrade, funcionário de uma propriedade rural que fica na “Boa Sorte”.
É uma região do município, que faz divisa com Arapongas, Mandaguari e Sabáudia, caracterizada pelo relevo bastante acidentado. Devido à topografia, a principal atividade desenvolvida pelas famílias é a criação de gado. “Para tirar os animais daqui, tínhamos que tocá-los até outra propriedade, que fica a 12 quilômetros de distância, para então poder carregar no caminhão”, conta Andrade.
A situação ficou ainda mais dramática no ano passado, quando o pai do trabalhador sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). “Tivemos que sair com ele daqui de trator até o Distrito de Caixa São Pedro, onde somente depois um carro levou ele para o hospital”, observa.
SONHO – O secretário municipal da Agricultura, João Carmo da Fonseca, e o superintendente da pasta, José Luiz Porto, vistoriaram os trabalhos e conversaram com os agricultores beneficiados. “A Maria da Luz, que tem uma propriedade de 150 alqueires nesta região do município, nos procurou no ano passado e relatou a situação de abandono em que se encontrava a estrada. Então, sempre com transparência, agendamos uma data em que a recuperação pudesse ser viabilizada”, explica Fonseca.
De acordo com o secretário da Agricultura, Maria da Luz contou ainda que desejava participar de leilões de gado e que isso não era possível devido às precárias condições da estrada. “Finalmente, no final de semana passado, a proprietária pôde realizar seu sonho. Ela carregou um caminhão com 70 bezerros e participou de um leilão em Mandaguari”, assinala.

Hospital Eduardo Rabello recebe prêmio do Coren-RJ por capacitação de profissionais

O Hospital Estadual Eduardo Rabello (HEER) - unidade de referência para atendimento a idosos na rede estadual - é uma das instituições a receber o 1ª Prêmio Capacita-Coren. Trata-se de uma homenagem do Conselho Regional de Enfermagem às instituições que mais colaboraram com o projeto de qualificação de enfermeiros e técnicos de enfermagem desenvolvido pelo conselho da categoria. No ano passado, os profissionais do Hospital Estadual Eduardo Rabello participaram de 13 capacitações oferecidas pelo Conselho. O prêmio será entregue às 18h desta sexta-feira (31), na Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (Unirio), na Urca.

A gerente do setor de enfermagem do HEER, Renata Almeida Dias, explicou que os cursos de capacitação realizados pelo Coren na unidade atendem, além dos funcionários do Hospital Eduardo Rabello, o público externo, formado também por alunos dos cursos de Técnico de Enfermagem, no ensino médio, e Enfermagem (ensino superior). Por causa disso, as capacitações alcancaram cerca de 1,3 mil pessoas no ano passado. Entre os temas que foram abordados no ano passado, estão, por exemplo, a administração de medicamentos, paradas cardiorespiratórias e a realização e leitura de eletrocardiogramas.

- A capacitação é algo em que invisto muito, e estimulo essa parceria. É atraves da capacitação que melhoramos ainda mais a qualidade da enfermagem, do atendimento ao idoso, pois sempre tem uma técnica nova, algo novo a dizer. A capacitação é um veículo para a melhoria pessoal, do profissional, e também, do atendimento prestado - explicou a gerente de enfermagem.

A avaliação sobre a importância da capacitação é referendada pelo diretor do Hospital Estadual Eduardo Rabello, Edson Mendes Nunes:

- A capacitação tem que ser uma prática contante do profissional de saúde, a atualização do conhecimento, para se inteirar de novas técnicas que surgem, é muito importante. Em especial para o profissional de enfermagem, que é quem tem o maior contato com o paciente, que passa mais tempo ao lado dele. Toda premiação é o reconhecimento do trabalho que é desenvolvido e me sinto muito lisongeado pela nossa enfermagem estar sendo homenageada - disse.

Renata Dias acrescentou que a Gerência de Enfermagem faz um trabalho de capacitação paralelo ao projeto do Coren. O programa de educação em Saúde ofereceu, o ano passado, 35 ações de capacitação dos 758 enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem lotados no Hospital Eduardo Rabello. Como a presença das equipes de enfermagem são obrigatórias, os cursos se repetem ao longo da semana, para permitir que todos os plantonistas possam participar. - O plano para este ano é aumentar ainda mais essa parceria, que deu certo. A tendência e as capacitações aumentarem ainda mais, concluiu.

O hospital

O Hospital Estadual Eduardo Rabello foi inaugurado em 1973 como o primeiro hospital planejado e construído para atendimento geriátrico especializado na América do Sul. Foi pioneiro na implantação de padrões e conceitos completamente diferentes de internação de pacientes idosos, com atendimento especializado e focado nos aspectos médicos, sociais, fisioterapêuticos e psicológicos. Referência no tratamento de idosos na rede estadual de saúde, realiza, em média, 150 internações mensais. Além dos atendimentos hospitalares, oferece oportunidade de socialização para cerca de 250 idosos que frequentam o espaço Centro Dia, onde são oferecidas diversas oficinas de terapia ocupacional.

Saúde em Casa - Desde abril de 2013, pacientes do Hospital Estadual Eduardo Rabelo passaram a contar com o Projeto de Visita Domiciliar. A ideia nasceu da necessidade de acompanhamento de pacientes que passaram pela unidade e o objetivo maior é evitar reinternações desnecessárias.

Centro Dia reformado - Totalmente reformado, o espaço abriga atividades de integração e inclusão social, como aulas de dança, canto, crochê, ginástica, cinema com pipoca, palestras educativas, passeios, caminhadas, piqueniques, alongamento, coral e banda.

Faculdade FIPECAFI tem inscrições abertas para curso de Especialização em Contabilidade, Controladoria e Finanças (CEFIN) com início em março de 2014



A Faculdade FIPECAFI, mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, está com inscrições abertas para o CEFIN (Curso de Especialização em Contabilidade, Controladoria e Finanças). As aulas têm previsão de início em março de 2014 e o processo seletivo, composto por análise curricular e entrevista presencial com o coordenador do curso, já foi iniciado. Os interessados podem obter mais informações pelo telefone (11) 2184-2020.
Sob Coordenação da Professora Drª. Silvia Casa Nova, Professora da FIPECAFI e da FEA/USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP), o CEFIN oferece formação teórico-prática nas áreas de Finanças, Contabilidade e Controladoria. O curso tem como objetivo favorecer com que o aluno alavanque a carreira e é dirigido a profissionais recém-formados ou que estejam buscando uma nova área de especialização. O curso é ministrado por professores da FEA/USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo).

Serviço:

Curso: CEFIN - Curso de Especialização em Controladoria, Finanças e Contabilidade

Início: março de 2014
Duração: 360 horas, distribuídas em 14 meses.
Telefone para informações: (11) 2184-2020
Sobre a FIPECAFI:

A FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) foi fundada em 1974 por professores do Departamento de Contabilidade e Atuária da FEA-USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo) e dentre seus principais objetivos estão: a missão de desenvolver e promover a divulgação de conhecimentos da área contábil, financeira e atuarial, organizar cursos, seminários, simpósios e conferências, prestar serviços de assessoria e consultoria e realizar pesquisas, atendendo entidades dos setores público e privado.
A Faculdade FIPECAFI, mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, oferece Graduação em Ciências Contábeis e programas de pós-graduação. Entre os MBAs, na área de Controladoria e Finanças, estão: Controller em parceria com a ANEFAC (Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), Controles Internos –  Compliance, Gestão Atuarial e Financeira e MBA em IFRS (Normas Internacionais de Contabilidade).
A Faculdade FIPECAFI oferece ainda os MBAs: Finanças, Comunicação e Relações com Investidores em parceria com o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores); Gestão Tributária; Mercado de Capitais em parceria com a APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais),  e os novos MBAs em Contabilidade Pública e TIGER (Tecnologia, Inovação e Gerenciamento).
Para profissionais em início de carreira ou que estejam buscando uma nova área de especialização,  a Faculdade FIPECAFI oferece o CEFIN (Curso de Especialização em Contabilidade, Controladoria e Finanças). Com duração de 14 meses, o curso oferece formação teórica e prática em 360 horas-aula que incluem disciplinas presenciais e eLearning.
Além dos cursos de pós-graduação, a Fundação disponibiliza por meio do Programa de Educação Executiva cursos de curta duração com foco específico dentro das áreas de negócios, direcionados a executivos, empreendedores, consultores, pesquisadores e estudantes de Finanças, Contabilidade, Economia, Administração, Auditoria, Controladoria e Atuária. Os cursos têm conteúdo sofisticado com foco na tomada de decisões.
A Faculdade FIPECAFI também realiza seminários, cursos de extensão, presenciais e "blended in company”. Disponibiliza cursos de curta duração eLearning com garantia e segurança da certificação digital.

Mais informações: http://www.fipecafi.org

SEDA é destaque em revista francesa


O prefeito José Fortunati e a primeira-dama e secretária dos Direitos Animais, Regina Becker, foram destaque da revista francesa L'info-Journal.
Em outubro do ano passado, o casal visitou a Fundação Brigitte Bardot (FBB), uma das principais organizações mundiais quando o assunto é proteção animal. “Brigitte Bardot ajudou a causa animal não só da França, mas em todo o mundo. É um símbolo dessa luta. É uma honra ter a oportunidade de conhecer esse trabalho, que temos como referência em nossas ações”, diz Regina.

Divet Clínica Veterinária atende mensalmente 20 animais encaminhados pela SEDA


A Divet Clínica Veterinária é uma das parceiras da Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) que presta atendimento ilimitado aos animais em condições de vulnerabilidade da Capital. Especializada em ultrassonografia, RaioX e eletrocardiografia, nos últimos meses foram encaminhados 20 animais, com uma média de três exames cada um.

A Divet está no mercado desde 1997, sob responsabilidade das veterinárias Ângela Moreira Linck e Themis Wolff Collin. “A SEDA tem um trabalho pioneiro, de extrema importância para os animais carentes, abandonados e vitimas de maus tratos. A DIVET, mesmo antes da existência da Secretaria, já apoiava colegas que também ajudavam animais sem donos ou carentes, claro que em menor número e em caráter não oficial. Agora, com a possibilidade de prestar essa ajuda neste patamar, só faz com que nossos profissionais se sintam mais orgulhosos e cumprindo com seu papel na sociedade. Se a SEDA agradece pela nossa colaboração, agradecemos a ela em igual intensidade pela escolha e confiança depositada em nós”, afirmam Ângela e Themis.

Para a secretária Regina Becker, a parceria é uma ação de grande responsabilidade social. “Vivemos uma forte corrente para combater a crueldade em todas as suas formas. Se hoje a Capital gaúcha é referência no cuidado com os animais, muito devemos aos nossos parceiros, que batalharam uma vida profissional e, hoje, dedicam tempo à solidariedade”, reconhece Regina.

Testemunhos de Amor


 

O casamento de Katherine e Gabriel Ostermann vai ser lembrado por toda a vida: valorizou a natureza e colocou os animais em posição de destaque. A cerimônia, que aconteceu na zona sul de Porto Alegre, teve dois cães-pagens.
A SEDA deseja ao casal toda a felicidade do mundo e muito amor todos os dias, para sempre.

Desabafo de um tutor


Por MAX SALGUEIRO*
“Quero ocupar este espaço para esclarecer o ocorrido, envolvendo um dos meus cães. Minha família estava no litoral gaúcho, ainda assim, eles não ficaram descuidados. Temos um comedouro automático com capacidade para 9kg de ração, o que dá para sete dias de
alimentação, e duas vasilhas grandes de água.
Viemos duas vezes por semana a Porto Alegre para revisar a alimentação e ver como estão os animais. O que ocorreu, na última quinta-feira (23) foi uma fatalidade. Era um cão ativo (foto), de 12 anos, bem cuidado (vacinado e vermifugado) e bem alimentado que sofreu uma parada cardíaca.
Há muitos anos, nossos cães são acompanhados por profissionais da Clínica Veterinária do Forte e a ração, medicamentos, vitaminas e produtos de higiene são adquiridos na PetShop Cavalo Branco. As pessoas desses estabelecimentos sabem da nossa índole e a
maneira como cuidamos dos animais.
Quando ocorreu a fatalidade, que tomou grandes proporções, a Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) esteve em nossa casa e constatou instalações adequadas e bom estado de saúde dos cães.
Repito, foi uma fatalidade. Quando recebemos a notícia, estávamos a caminho da Capital. Nas fotos é possível ver que o cuidado e o atenção para com os animais, ninguém mais do que nós lamenta a perda de um animal que tanto amávamos”.
* Responsável pelo cão que faleceu de causas naturais e repercutiu nas redes sociais, após denúncias de maus tratos

Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais organiza acampamento em frente ao Congresso para votar o Pacote dos Animais


A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais realiza, nos dias 17 e 20 de fevereiro, o  Acampamento Nacional pelos Animais. A mobilização, que acontece em frente ao Congresso Nacional, tem o objetivo de acelerar a apreciação do “Pacote dos Animais”, uma lista de projetos aptos para votação na Câmara dos Deputados.
“Trata-se da maior concentração já realizada pela causa, que conta com a simpatia de 35% da população segundo dados do Ibope, com um potencial de voto de até 70 milhões em todo o país”, diz o deputado federal Ricardo Izar, coordenador da Frente Parlamentar Nacional.

Cachorro rottweiler precisa de ajuda urgente em Porto Alegre


É estável o estado de saúde do cão da raça rottweiler, resgatado há uma semana, por um senhora, da Estrada das Quirinas, no Bairro Lomba do Pinheiro. Ele está fazendo tratamento à base de antibióticos, analgésicos, antiinflamatórios, pomadas cicatrizantes, limpeza das lesões e curativos diários e uma dieta hipercalórica para ganhar peso.
O cão chegou à Área de Medicina Veterinária da SEDA debilitado, muito magro e com as patas do lado esquerdo esmagadas. Segundo o veterinário Franco Vicentini, que está cuidado do rottweiler, provavelmente, ele foi vítima de atropelamento. “O estado é delicado e estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance. Uma cirurgia de amputação não está descartada, mas como as lesões são dos dois membros do mesmo lado, do lado esquerdo, isso o privaria de voltar a andar”, diz o veterinário.
Franco Vicentini está pesquisando alternativas para o cão, como botas ou algum tipo de ortese acoplada, que possa ser removível e higienizável: "Vou fazer de tudo para que ele tenha uma vida normal".

Governador acompanha atividades de unidade do Instituto Socioeducativo


Tião Viana visitou o ISE e conversou com alguns jovens (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Tião Viana visitou o ISE e conversou com alguns jovens (Foto: Sérgio Vale/Secom)
O governador Tião Viana realizou na tarde desta quinta-feira, 30, uma visita ao Centro de Apoio à Semiliberdade, ao Egresso e Família (Casef), unidade do Instituto Socioeducativo (ISE), para acompanhar de perto as atividades do lugar, conhecer um pouco de sua realidade atual e anunciar a visita do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que vem ao Acre na semana que vem. O diretor da instituição, Henrique Corinto, apresentou ao governador detalhes do novo modelo de recuperação implantado.
O ISE é responsável por acolher os menores em conflito com a lei. O espaço no Centro que antes era todo destinado a alojamentos, agora funciona como escola de tempo integral, onde os jovens que cometeram delitos considerados leves entram pela manhã e só saem no final da tarde.
A unidade possui escola, com biblioteca e laboratório de informática, posto de saúde, quadras de vôlei e futebol, além de piscina. O programa de recuperação também oferece cursos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Em dois anos no novo formato nós invertemos a relação. Antes, 60% desses jovens eram reincidentes, hoje, este número chega no máximo a 30%”, comentou Henrique Corinto.
O governador elogiou a mudança de metodologia e o trabalho de humanização. Os jovens também puderam conversar com o governador. A maioria afirmou o apreço pelo serviço oferecido pelo Instituto.

SEDA retira tumor de mama de 2,5kg de cão resgatado da rua


O bloco cirúrgico da Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) realizou, na quarta-feira (29), mais uma cirurgia para retirada de tumor de mama. Segundo o veterinário Felipe Ribas, que operou a SRD, o tumor pesava cerca de 2,5kg: “Trata-se de um cão de rua que chegou à SEDA bem debilitado. O tamanho do tumor nos assustou, mas a cirurgia foi bem sucedida e o paciente está se recuperando bem”.
Esterilização como prevenção
A equipe da SEDA realiza em média, por semana, cinco cirurgias para retirada de tumor. Uma das maneiras de evitar a doença é através da esterilização, a partir do sexto mês de vida. “A esterilização antes do primeiro cio, ou seja, antes dos seis meses, reduz em 80% a incidência de tumor de mama e impede a piometra (infecção uterina)”, explica o veterinário, ao destacar que, nas felinas, o câncer de mama é mais raro, porém mais agressivo. Em gatas, 90% dos tumores são malignos e, entre cães, a porcentagem cai para 50%.
Felipe alerta ainda para a administração de progestágenos, que também causa tumor de mama e infecção uterina: “Os anticoncepcionais são uma bomba hormonal e decisivos no desenvolvimento de câncer. Nem as fêmeas que nunca usaram estão livres da doença, por isso, a esterilização é o melhor caminho”.

23 regiões da cidade entram em estado de atenção para baixa umidade relativa do ar

Às 15h25, a Defesa Civil decretou estado de atenção para baixa umidade relativa do ar nas subprefeituras da Zona Leste: Aricanduva/Vila Formosa, Mooca, Penha, Ermelino Matarazzo, São Matheus, São Miguel Paulista, Guaianazes, Cidade Tiradentes, Vila Prudente, Itaquera e Itaim Paulista. Às 16h20, as regiões de Jabaquara, Vila Mariana, Santo Amaro, Vila Maria/Vila Guilherme, Santana/Tucuruvi e, às 16h55, Perus, Pirituba/Jaraguá, Freguesia do Ó, Casa Verde, Lapa, Pinheiros e Cidade Ademar  também tiveram o alerta decretado.
Segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o índice de umidade relativa do ar atingiu 29% nesta tarde, valor considerado abaixo do limite de normalidade que é de 30%. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabelece que o índice ideal é de 60%.
A temperatura na cidade registrou média de 33ºC, mas os termômetros na região da Penha, Zona Leste, chegaram a marcar 35ºC. As taxas de umidade do ar permanecem reduzidas, e atingem valores próximos aos 32% na maioria dos bairros.

Previsão do tempo
Segundo o CGE, não há previsão de mudanças significativas nas condições do tempo nem potencial de chuvas. As próximas horas seguem com calor e sensação de tempo abafado. As taxas de umidade relativa do ar começam a subir no decorrer da noite. Durante a próxima madrugada, a sensação será de tempo quente, com termômetros por volta dos 22ºC.

Recomendações relativas à baixa umidade do ar
Nos meses em que ocorrem poucas chuvas, é comum a redução na umidade do ar, isso acaba piorando as condições de dispersão e causa um aumento nos níveis de dióxido de enxofre e material particulado. Essa condição propicia o surgimento ou agravamento de doenças respiratórias, cardiovasculares e oculares.

Medidas preventivas
> Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas;
> Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc;
> Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, etc.;
> Consumir bastante água.

Principais sintomas:
- Ressecamento de mucosas do nariz e da garganta;
- Nariz entupido ou com sangramento, espirros, tosse, dificuldade para respirar, rinite e crises de asma;
- Aumento do risco de infecções respiratórias;
- Piora das doenças respiratórias preexistentes, como asma, bronquite, rinite e enfisema;
- Ressecamento da pele;
- Irritação dos olhos por ressecamento, com vermelhidão, ardência, sensação de areia nos olhos, coceira e aumento das conjuntivites alérgicas.

Após tomar as medidas preventivas, se os sintomas persistirem, procure orientação médica.

Conheça os estados de criticidade de umidade relativa do ar:
Observação: acima de 30%
Atenção: de 30 a 20%  
Alerta: de 19 a 12%
Emergência: abaixo de 12%

Prefeitura instala praça com wi-fi livre na Campus Party

A Prefeitura de São Paulo instalou uma praça com wi-fi livre na Campus Party, evento de tecnologia que recebe até 2 de fevereiro mais de 160 mil pessoas no Pavilhão de Exposições do Anhembi, zona norte. O estande de 150 metros quadrados reproduz o serviço de internet gratuita que será instalado em 120 locais públicos da cidade.
O espaço foi decorado com bancos, árvores e projeções de imagens de praças da cidade. A ideia é convidar os campuseiros, como são chamados os participantes do evento, para a vivência de navegar na internet nas praças da cidade.
Sarah Moreira, 15 anos, gostou da experiência. “Está funcionando direito e é rápido. É um bom motivo para ficar ao ar livre”, conta a estudante. Ela explica que muitas vezes os jovens não têm condições de comprar um pacote de internet para o celular, o que torna muito atrativo o wi-fi gratuito. “Às vezes está um dia tão bonito e a gente fica preso em casa por causa da internet. Se tiver internet na praça, dá até pra combinar um picnic com a galera”, planeja Sarah.
O serviço instalado no evento é idêntico ao que será oferecido em cada um dos 96 distritos da Capital, com internet banda larga grátis, na velocidade de 512 kbit/s e acesso livre, sem necessidade de cadastro. Os pontos de rede sem fio serão instalados em espaços com grande concentração de pessoas, como praças, terminais de passageiros, parques, centros de convivência ou vias públicas. A expectativa é de que a rede atenda mais de 190 mil usuários por mês.
“A partir do momento em que você equipa mais a praça, ilumina mais e coloca ainda internet livre e gratuita, é um projeto que ajuda a valorizar os espaço públicos, especialmente para a juventude, que hoje é aficionada pela internet, pelas redes sociais”, explicou o secretário Simão Pedro (Serviços).
O wi-fi livre já entrou em funcionamento no Pateo do Collegio e no Mercado Municipal, na região central, e na Praça Dilva Gomes, em Itaquera, na zona leste. Na próximas semanas, será a vez do vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp), da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros, do Largo do Japonês, na Casa Verde, e da Praça Fortunato da Silveira, em São Miguel Paulista.
A instalação em todas as 120 praças está prevista para ocorrer até junho de 2014. “Queremos ampliar o acesso à internet, desenvolver a ideia de governo eletrônico, dotar a cidade de uma rede de infraestrutura que permita São Paulo ser uma cidade conectada”, afirmou Simão Pedro.
Além do estande, a Prefeitura de São Paulo oferece à Campus Party apoio institucional em oficinas, debates e palestras relacionados a privacidade, criptografia, segurança de rede, sigilo da comunicação, software livre e outras iniciativas ligadas à valorização da rede como ambiente cultural e político livre.
Leia mais sobre o projeto Wi-fi Livre

Campus PartyFoto: Fabio Arantes/SECOM

Cidade ganhará mais 3,1 km de faixas exclusivas para ônibus

A cidade de São Paulo ganhará duas novas faixas exclusivas para ônibus que somam 3,1 km de extensão, a partir da próxima segunda-feira (3). Serão implantados 900 metros na rua do Orfanato e outros 2,2 km na avenida Sapopemba, ambas na Zona Leste.

Com as novas implantações, a atual gestão atingirá 311,4 km de vias destinadas a aumentar a velocidade do sistema de transporte coletivo, que entraram em operação a partir de janeiro de 2013, com a Operação ‘Dá Licença para o Ônibus’. 

No início do ano passado, a meta da Prefeitura era implantar 150 quilômetros de faixas exclusivas até 2016. O objetivo foi ampliado, em junho, para 220 quilômetros de vias até dezembro, mas a marca foi atingida no início de outubro. Até dezembro, 300 quilômetros de faixas exclusivas foram implementados na cidade. O Programa de Metas 2013-2016 prevê ainda a construção de 150 quilômetros de corredores de ônibus.

Em dezembro, um estudo feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontou que a implantação de faixas exclusivas de ônibus foi responsável por uma redução média de 38 minutos por dia no tempo de viagem dos passageiros. A pesquisa considera uma economia média de 19 minutos nas viagens de ida e de volta. Na soma dos sete dias da semana, a economia é de 4 horas. De acordo com o estudo, com as faixas implantadas, a velocidade média dos ônibus aumentou em cerca de 45%, passando de 14,2 km/h para 20,6 km/h.

Avenida Sapopemba
Na avenida Sapopemba, o transporte coletivo terá prioridade pela nova faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h e aos sábados das 6h às 14h. A nova faixa irá operar no trecho de 600 metros de extensão entre as avenidas Frederico Martins da Costa Carvalho e Casa Grande, em ambos os sentidos. Também entrará em operação outro trecho de 1,6 km de extensão em direção ao Bairro, entre as ruas do Orfanato e Buenópolis e também, entre a rua Luís Ferreira da Silva e a praça Galiano Jacomossi.


Os outros trechos de faixa exclusiva anteriormente implantados na Sapopemba passarão também a funcionar no mesmo período dos novos trechos. Até então, essas faixas mais antigas operavam apenas nos horários de picos de segunda a sexta-feira e a intenção é uniformizar o período de funcionamento ao longo da avenida.

Pela Sapopemba, no trecho entre as avenidas Frederico Martins da Costa Carvalho e Casa Grande, circulam no sentido Centro 13 linhas de ônibus municipais, transportando 128.402 passageiros por dia útil. No sentido Bairro, passam 12 linhas levando 127.940 passageiros. Já no trecho entre as ruas do Orfanato e Buenópolis, em direção ao Bairro, passam 13 linhas de ônibus transportando 114.730 passageiros. No trecho da avenida entre a Rua Luís Ferreira da Silva e a Praça Galiano Jacomossi são 11 linhas de ônibus levando 94.191 passageiros diários.

Rua do Orfanato
A nova faixa será implantada na Rua do Orfanato, entre a rua Rhone e a avenida Vila Ema, no sentido Centro. Os coletivos terão prioridade pela nova faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h horas. O trecho de 900 metros complementa a faixa exclusiva de 1 Km de comprimento já existente na rua entre a avenida Vila Ema e a Praça Padre Damião.


Pela Rua do Orfanato, no trecho a implantação, circulam oito linhas de ônibus municipais, transportando 76.355passageiros por dia, com frequência média de 45 ônibus por hora nos horários de picos.

Fiscalização

A ativação dos dois trechos terá um período de adaptação, quando os agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem a faixa nos horários. Daqui a duas semanas, ou seja, a partir do dia 17/02, a fiscalização será intensificada.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

Esclarecimento sobre a inspeção veicular

Com o fim da vigência da liminar que mantinha o contrato da Controlar em vigor até o dia 31 de janeiro, a Prefeitura presta os seguintes esclarecimentos à população:
1. A inspeção veicular ambiental fica temporariamente suspensa a partir de 1º de fevereiro de 2014. Será retomada após procedimento licitatório para a contratação de novas empresas para prestar o serviço. O edital está em consulta pública e será publicado nos próximos dias.
2. O licenciamento no exercício de 2014 não ficará condicionado à aprovação na inspeção veicular até que o serviço seja restabelecido. A regra visa não prejudicar os donos de veículos que estejam com pendência de inspeção e que não podem se regularizar por conta da suspensão temporária. Quando o serviço voltar a funcionar, os veículos com pendências terão prazo para realizar a inspeção.
3. As multas aplicadas até o dia 31 de janeiro continuam válidas. Não serão aplicadas novas multas por falta de inspeção ambiental durante o período da suspensão temporária, que começa em 1 de fevereiro de 2014.
4. O calendário da inspeção veicular de 2014 será publicado em portaria da Secretaria da Verde e do Meio Ambiente. A portaria definirá a frota alvo para inspeção neste ano de acordo com a nova lei de inspeção veicular, aprovada em abril de 2013.
5. A nova inspeção veicular
a. isenta os carros aprovados de pagamento de taxa
b. não é exigida de veículos em seus primeiros três anos de uso
c. será feita a cada dois anos se o veículo tiver entre quatro e nove anos de uso
d. será feita anualmente se o veículo for movido a diesel ou se tiver dez ou mais anos de uso