segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Secex libera importação de reach stackers

Importadores e terminais portuários do Brasil não precisam mais apresentar o atestado de inexistência de produção nacional para a importação de reach stackers até o final de 2010. A novidade foi publicada na Portaria nº 6 da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), de 20 de abril último, liberando pelos próximos oito meses o deferimento das licenças de importação não automáticas.

Esse tipo de guindaste, tão comum em terminais portuários do País, era habitualmente impedido de ser importado, pois a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) garantia que havia fabricantes nacionais com capacidade de produzir os reach stackers. Entretanto, descontentes com os equipamentos disponíveis em território brasileiro, os importadores conseguiram comprovar à Secex que os produtos nacionais não conseguiam atender adequadamente às funções dos equipamentos importados. A constatação fez o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) rever sua posição e conceder a importação deste equipamento sem atestar a inexistência de produção nacional similar.
// Notícias relacionadas

27-01-11 - ALL transportará produção da ETH em MS
17-01-11 - De novo nos trilhos: transporte ferroviário avança...
18-05-10 - JCB lança no Brasil Rolo Compactador VMT 860
12-05-10 - Romi lança máquinas-ferramenta para atrair pequenas...
12-05-10 - Randon contabiliza R$ 1 bi em receita

A Portaria Secex 06/10 ainda aponta que empresas comerciais exportadoras são aquelas que detêm o “certificado de registro especial, concedido pelo Departamento de Normas e Competitividade no Comércio Exterior (DENOC) em conjunto com a RFB (Receita Federal do Brasil)”.

Com a edição dessa Portaria, é provável que se inicie uma corrida de terminais portuários por reach stackers no exterior, modernizando a frota de equipamentos no País.

Sobre os reach stackers
A Portaria Secex 06/10 classifica os reach stackers como “guindastes autopropelidos sobre pneumáticos, acionados por motor a diesel, com lança telescópica, próprios para elevação, transporte e armazenagem de contêineres de 20 e 40 TEUs”.
Museu Oscar Niemeyer abre exposição do fotógrafo peruano Martín Chambi
A escolha perfeita da luz, a composição e os enquadramentos, diferentes do que eram usados pelos fotógrafos da época, caracterizam a linguagem própria criada por Martín Chambi (1891-1973), que passou a ser chamado de “o poeta da luz”. As cores usadas nas cópias, além do preto e branco, matizes de cinza, sépia, bege, tonalidades de vermelho e azul compõem a atmosfera da estética, da fotografia-arte de Chambi.
Secretaria da Educação lança livro de Filosofia para o ensino médio
aO Departamento de Educação Básica da Secretaria da Educação lança na segunda-feira (26), às 19h no Canal da Música, a Antologia de Textos Filosóficos. A publicação, juntamente com o Livro Didático Público, a Biblioteca do Professor e as Diretrizes Curriculares, consolida o espaço da Filosofia no ensino médio. O livro de 736 páginas tem tiragem de 65 mil exemplares, que serão distribuídos aos professores de Filosofia e às bibliotecas das 2.136 escolas da rede pública estadual do Paraná.
Vacinação contra a gripe em idosos começa neste sábado
aO Paraná começa neste sábado (24) a vacinar os idosos, maiores de 60 anos, contra a gripe sazonal. Idosos portadores de doenças crônicas também devem ser imunizados contra a nova gripe, dando início a 4ª etapa da campanha nacional de vacinação contra a nova gripe. O Ministério da Saúde alterou o calendário da campanha nacional de vacinação contra a gripe sazonal em três regiões do país, contudo na região Sul as datas continuaram as mesmas.
Governo estuda compra do Porto Matarazzo, em Antonina
O governador Orlando Pessuti e o secretário dos Transportes, Mario Stamm Filho, fizeram na última quarta-feira (21) uma visita ao Porto Matarazzo, em Antonina. Desativadas desde 2002, as instalações estão sendo conservadas, segundo a sócia-administradora Eneida Matarazzo. Ela é a atual responsável pela área, diferente do que foi divulgado pela Agência Estadual de Notícias na quarta-feira (21). O governo estuda a possibilidade de comprar a área para anexá-la ao Porto de Antonina. O novo cais serviria para a atracação de navios de menor porte e de turismo.

Encontro propõe união entre entidades de segurança no combate ao crime
aAtuação integrada entre as forças de segurança de estados e países vizinhos foi proposta durante o 2.° Encontro sobre Operações Conjuntas do Estado do Paraná, encerrado, nesta sexta-feira (23). Desde a manhã de quinta-feira (22), 120 pessoas de 16 estados, do Distrito Federal e de outros países, como Argentina e Paraguai, conheceram a experiência de entidades públicas e privadas no combate à criminalidade. Os principais temas foram falsificação de produtos, operações policiais integradas e serviço de inteligência.
Bolsa Família destinou em abril R$ 37,7 milhões para o Paraná
Os benefícios pagos a 474.892 famílias paranaenses de baixa renda, através do Programa Bolsa Família, somaram R$ 37,7 milhões em abril. Curitiba é responsável pela maior parte do recebimento – R$ 3,4 milhões, para 47.715 famílias. Em seguida, aparecem Foz do Iguaçu (R$ 1,2 milhões), Guarapuava e Londrina (R$ 1 milhão cada). Neste ano, o total de investimentos oferecidos ao Estado chegou a R$ 149,84 milhões. A média de 470 mil famílias foram beneficiadas por mês, de acordo com a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social.

Temporal em Curitiba danifica redes de energia da Copel e causa desligamentos
aUm temporal com fortes rajadas de vento e descargas atmosféricas prejudicou seriamente as redes de distribuição de eletricidade da Copel em Curitiba no início da noite de quinta-feira (22). A Companhia registrou interrupções no fornecimento a 155 mil domicílios de 37 bairros de Curitiba – a maior parte, de curta duração. No entanto, aproximadamente 7,8 mil unidades consumidoras ainda permaneciam desligadas no final da tarde da sexta-feira (23), em razão dos severos danos provocados.

Receita das exportações pelos portos do Paraná tem alta de 13,4% no trimestre
aAs exportações pelos portos do Paraná geraram uma receita de mais de US$ 2,8 bilhões no primeiro trimestre deste ano, o que representou um aumento de 13,4% em relação ao mesmo período de 2009, segundo dados da Receita Federal. Os embarques de produtos congelados, farelos, soja e veículos tiveram, nesta ordem, as maiores participações na receita cambial. Com esse resultado, os Portos de Paranaguá e Antonina responderam por 7,2% da receita das exportações brasileiras.

Pessuti destina mais R$ 1,3 milhão em saneamento para Balsa Nova
pessutiO governador Orlando Pessuti assinou, na manhã desta sexta-feira (23), ordem de serviço para ampliação do sistema de abastecimento de água da localidade de Bugre, em Balsa Nova, Região Metropolitana de Curitiba. Será investido quase R$ 1,3 milhão para implantação de poço, expansão de rede e construção de reservatório de 300 metros cúbicos para melhorar e ampliar o atendimento na região.

Governador autoriza pavimentação de estrada e libera R$ 4,5 milhões para obras na Lapa
aO governador Orlando Pessuti liberou R$ 4,5 milhões para obras no município da Lapa e autorizou o asfaltamento da PR-512, que liga Quitandinha a Balsa Nova, passando pelas regiões da Lapa e Contenda. As medidas foram anunciadas pelo governador nesta sexta-feira (23), quando participou do 20º Encontro Estadual de Produtores de Cebola, realizado na Lapa. Pessuti falou do orgulho que sente por ser filho de agricultor e que por isso valoriza muito o trabalho de cada produtor rural.
NOVAS EMPRESAS CONFIRMAM PARTICIPAÇÃO

Marcada para o período de 18 a 20 de maio de 2010, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, a EXPOALUMÍNIO 2010 - Exposição Internacional do Alumínio conta com a participação de grandes nomes da indústria. Entre os novos expositores, estão: RIO TINTO ALCAN, ALCOA, VALE, RODOREI, CONAI, SHOCKMETAIS, WAGSTAFF, COSA INTERMÁQUINAS, GV ALUMÍNIOS, NOVELIS DO BRASIL, ALUMÍNIO BELMETAL, INCOTEP, DELANO, MECFOR,METLSAW SYSTEMS entre outras.
Datafolha: Serra abre 10 pontos sobre Dilma

Pesquisa Datafolha mostra José Serra (PSDB) com 38% das intenções de voto ante 28% de Dilma Rousseff (PT). É a primeira enquete após o lançamento da candidatura tucana, no sábado passado. No fim de março, Serra e Dilma tinham, respectivamente, 36% e 27%.
DF tem novo governador - Rogério Rosso, do PMDB

O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal Rogério Rosso (PMDB) foi eleito neste sábado novo governador do DF. O peemedebista conseguiu obter 13 votos dos integrantes da Câmara Legislativa e acabou eleito em primeiro turno.
Cenários paraenses e a movimentação de Jader

Nos últimos dias o cenário político paraense tem fervilhado. O Observatório Eleitoral faz uma breve análise sobre fatos recentes. Leia, informe-se e participe com suas observações.
DF tem novo governador - Rogério Rosso, do PMDB

O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal Rogério Rosso (PMDB) foi eleito neste sábado novo governador do DF. O peemedebista conseguiu obter 13 votos dos integrantes da Câmara Legislativa e acabou eleito em primeiro turno.
Em maio, Rádio Globo Rio estreia em FM

Seguindo os passos da concorrência, a Rádio Globo do Rio de Janeiro vai estrear em FM. A partir do dia 04/05, os ouvintes poderão curtir a programação da emissora no canal 89,3 FM.

Balé Teatro Guaíra homenageia a coreógrafa Roseli Rodrigues
aO Balé Teatro Guaíra se prepara para apresentar dois sucessos de repertório “A Lenda das Cataratas” e “O Segundo Sopro”, que será em homenagem a coreógrafa Roseli Rodrigues, recentemente falecida. Os ensaios serão realizados nos dias 19, 20 e 21 de abril, das 19h30 às 22h30, no Guairão. As apresentações para o público serão nos dias 24 às 19h, com ingressos a R$ 5 e no dia 25, às 11h, no Guaíra, com entrada franca. Serão realizadas também apresentações para escolas da rede pública de Curitiba e Região Metropolitana, nos dias 22, 23 e 27 de abril, também no Guairão.

Maestro Paulo Torres rege Orquestra Sinfônica neste domingo no Guairão
orquestraOrquestra Sinfônica do Paraná retorna ao palco do Guairão com um concerto neste domingo (18), às 10h30, sob a regência do maestro Paulo Torres. No programa a Abertura de “La Scala di Seta”, de Gioacchino Rossini, “Sinfonia n° 25 em sol menor KV 183”, de Wolfgang Amadeus Mozart, e encerra com a Abertura de “Fidélio”, de Ludwig Van Beethoven.

Mineropar ganhará espaço para exposição de rochas e minerais
aO Centro de Informações Minerais Professor Riad Salamuni, da Mineropar, vai ganhar um espaço para exposição de rochas e minerais. São 755 amostras de rochas e minerais originárias do Brasil e do exterior, como quartzos, calcitas, gipsitas, berilos, turmalinas, topázios e rochas diamantíferas (kimberlitos) brasileiras e internacionais encontradas na Austrália, Inglaterra, China, Chile, Canadá, EUA, Bolívia, Alemanha, Marrocos, Índia e Noruega. As obras já foram iniciadas. O espaço contará também com várias amostras de meteoritos com destaque para o originário da cidade de Sikhote Alin, na Sibéria (Rússia), que pesa 2,5 quilos.
Projeto Segurança Social da PM será apresentado em Cascavel
O Projeto Segurança Social, da Polícia Militar, será apresentado, segunda-feira (19), em Cascavel. Ele está implantado na Vila Osternack, Sítio Cercado, em Curitiba, desde novembro de 2008, e promoveu mudanças na comunidade local. “O desenvolvimento da região e a redução visível da criminalidade em até 90%, são comprovações que o projeto, se implantado, poderá contribuir de maneira significativa com a melhoria da segurança pública também em Cascavel”, disse o coronel Antonio Aurélio Alves Chaves da Conceição, subchefe do Estado-Maior da PMPR e supervisor do projeto.

Comitê do PAC quer reduzir burocracia para acelerar obras
aRepresentantes do Comitê Estadual de Gestão do PAC se reuniram na quinta-feira (15) para discutir o andamento das obras executadas com recursos do PAC na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Uma das medidas práticas determinadas durante o encontro de trabalho foi a de diminuir a burocracia e ter maior integração entre todos os órgãos envolvidos nos projetos.

Paraná em Ação ensina a gerar renda com artesanato
aO Sebrae, parceiro constante do Paraná em Ação, orienta a população do Vale do Ribeira sobre empreendedor individual e ações para micro e pequenos empresários. O trabalho faz parte da feira de serviços gratuitos do Governo do Estado, instalada em Bocaiuva do Sul (Região Metropolitana de Curiba), até domingo (18). O Sebrae e a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio também convidam visitantes do Paraná em Ação para participar de associações.

Paraná recebe na segunda-feira missão empresarial da Argentina
aCerca de 70 empresários de várias províncias argentinas estarão nesta segunda-feira (19), em Curitiba, para dois dias de rodadas de negócios com empresas do Paraná. O evento, com inscrições gratuitas e abertas, será na Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio) e conta com o apoio do Governo do Paraná. A missão comercial será multissetorial e abrange atividades econômicas como alimentos, autopeças, bebidas, cosméticos, eletrodomésticos, máquinas, material de construção, equipamentos, ferramentas, têxtil, turismo e serviços.

Colégio Agrícola Newton Freire Maia é referência em educação ambiental
aA retomada do ensino profissionalizante no Paraná tem oferecido formação técnica de qualidade a milhares de estudantes. A rede estadual tem 18 colégios agrícolas e um florestal, cada um com particularidades que valorizam as potencialidades da região onde estão instalados. Único centro estadual de educação profissional e colégio agrícola do Estado dentro de uma Área de Proteção Ambiental, o CEEP Newton Freire Maia oferece cinco cursos de formação técnica, com foco na questão ambiental e melhoria da qualidade de vida das comunidades em que vivem seus 570 alunos.

Regina Pessuti participa da 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica
reginaA primeira-dama, Regina Fischer Pessuti, participou na noite desta quinta-feira (15), em Curitiba, da abertura da 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica. O evento reúne até sábado, no Hotel Bourbon, médicos especialistas em cirurgias estéticas e reparadoras de todo do Brasil que estão discutindo novas técnicas de cirúrgicas.

Ferroeste terá investimentos de R$ 17 milhões para aumentar a movimentação pela ferrovia
aMais duas empresas, a AB Comércio de Insumos e a Transportadora Binacional, vão se instalar no Terminal da Ferroeste em Cascavel. Ambas acabam de ser credenciadas no processo de chamamento público que a ferrovia abriu para atender empresas interessadas em construir silos, áreas de transbordo e movimentar cargas através do terminal. O investimento será de R$ 17 milhões. “A parceria da Ferroeste amplia-se a cada dia. As duas novas empresas vão dinamizar ainda mais o Terminal e aumentar o volume de transporte realizado pela ferrovia em pelo menos 200 mil toneladas anuais”, informa o presidente da Ferroeste, Samuel Gomes.

Pessuti participa da ordenação do novo bispo auxiliar de Curitiba
aMonsenhor Rafael Biernaski foi ordenado bispo auxiliar de Curitiba. A cerimônia teve a participação de bispos e arcebispos de todo o Paraná, dezenas de padres e centenas de pessoas da comunidade, que lotaram a Catedral. “É com muita alegria que participo desta solenidade. Esperamos que juntos possamos promover a cidadania, a inclusão social e transformarmos para melhor a vida de nosso povo”, afirmou Pessuti

Mercosuper terá produtos da agroindústria familiar
aA exemplo dos anos anteriores, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento participa do Mercosuper 2010, no ExpoTrade, em Pinhais, onde apresenta de domingo (18) a terça-feira (20) alguns dos programas que se destacam na agropecuária paranaense, como a Fábrica do Agricultor, Café Qualidade, Produtos Orgânicos e Carnes Nobres. Numa área de 45 metros quadrados, uma tenda de bambu construída pelo CPRA (Centro Paranaense e Referência em Agroecologia), os visitantes vão conhecer um pouco mais sobre estes programas.

Governador e presidente do TJ tratam da compra de terreno para Centro Judiciário
aO governador Orlando Pessuti recebeu em audiência nesta sexta-feira (16), no Palácio das Araucárias, o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Carlos Augusto Hoffmann, e os desembargadores Lauri Caetano da Silva e Miguel Thomaz Pessoa Filho, que estavam acompanhados do Procurador Geral do Estado, Carlos Marés. “A visita, que era de cortesia e protocolar, se encaminhou para outras conversações, como o desenvolvimento de ações conjuntas por parte do Governo do Estado e Poder Judiciário para a aquisição de uma área de terra, que pertence ao INSS e fica nas proximidades do antigo Presídio do Ahu, visando à construção do Centro Judiciário do Paraná”, disse Pessuti.

Terminal de São José dos Pinhais vai ficar pronto no mês que vem
aEstão em fase de acabamento as obras do terminal metropolitano de passageiros em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Forte Netto, a nova estação de ônibus estará pronta em meados de maio. “Já estamos com mais de 90% dos serviços executados, restando apenas alguns detalhes para entregarmos logo o terminal aos usuários”, anunciou. O novo terminal, obra no valor de R$ 5 milhões, fica na Avenida das Américas com a Rua Claudino dos Santos, numa área implantada de 14 mil m². Os passageiros, cerca de 72 mil/dia, vão contar com 29 plataformas de embarque e desembarque.


Governo Estadual, prefeitos e deputados trabalharão juntos por obras do PAC 2
aPrefeitos paranaenses receberam nesta sexta-feira (16) orientação do Governo Federal sobre os critérios de inclusão de projetos no PAC 2. O programa prevê a aplicação de R$ 955 bilhões, dos quais R$195 bilhões estão reservados para obras em infra-estrutura social e urbana, que ainda não têm destino garantido.“Não podemos, por forma nenhuma de capricho, perder tempo em apresentar os projetos que o Paraná precisa. O objetivo do presidente Lula é fazer as obras e nossas secretarias e prefeituras vão responder de acordo”, afirmou o governador Orlando Pessuti.
Governador reafirma apoio à reforma agrária no Paraná
aO governador Orlando Pessuti e a ministra do Desenvolvimento Social, Márcia Lopes, participaram, nesta sexta-feira (16) em Curitiba, da audiência pública sobre a reforma agrária. O encontro promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) quer a articulação do Governo do Paraná junto ao Governo Federal para o assentamentos de 6 mil famílias no Estado. “Essa luta é legítima. Tanto o ex-governador Roberto Requião quanto eu sempre trabalhamos para que esses agricultores fossem incluídos e beneficiados pelas nossas políticas públicas”, disse o governador.
Governador discute parcerias com embaixadores de Portugal e Cuba
aO governador Orlando Pessuti reuniu-se nesta sexta-feira (18), em Curitiba, com os embaixadores de Portugal, João Manuel Guerra Salgueira, e de Cuba, Carlos Rafael Zamora Rodriguez, para discutir parcerias voltadas ao desenvolvimento comercial, cultural, científico e tecnológico. “Queremos fortalecer nossas parcerias, avançar nas relações de amizade, trabalho e troca de experiências com esses que já são bons parceiros”, disse Pessuti. A parceria segue o exemplo de outras ações de cooperação que o Paraná tem firmado com diversos países e regiões. “Estamos procurando dar uma dinâmica mais forte nas nossas relações internacionais”, afirmou o governador.
Terminal de São José dos Pinhais vai ficar pronto no mês que vem
aEstão em fase de acabamento as obras do terminal metropolitano de passageiros em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Forte Netto, a nova estação de ônibus estará pronta em meados de maio. “Já estamos com mais de 90% dos serviços executados, restando apenas alguns detalhes para entregarmos logo o terminal aos usuários”, anunciou. O novo terminal, obra no valor de R$ 5 milhões, fica na Avenida das Américas com a Rua Claudino dos Santos, numa área implantada de 14 mil m². Os passageiros, cerca de 72 mil/dia, vão contar com 29 plataformas de embarque e desembarque.
Governador e presidente do TJ tratam da compra de terreno para Centro Judiciário
aO governador Orlando Pessuti recebeu em audiência nesta sexta-feira (16), no Palácio das Araucárias, o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Carlos Augusto Hoffmann, e os desembargadores Lauri Caetano da Silva e Miguel Thomaz Pessoa Filho, que estavam acompanhados do Procurador Geral do Estado, Carlos Marés. “A visita, que era de cortesia e protocolar, se encaminhou para outras conversações, como o desenvolvimento de ações conjuntas por parte do Governo do Estado e Poder Judiciário para a aquisição de uma área de terra, que pertence ao INSS e fica nas proximidades do antigo Presídio do Ahu, visando à construção do Centro Judiciário do Paraná”, disse Pessuti.
Mercosuper terá produtos da agroindústria familiar
aA exemplo dos anos anteriores, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento participa do Mercosuper 2010, no ExpoTrade, em Pinhais, onde apresenta de domingo (18) a terça-feira (20) alguns dos programas que se destacam na agropecuária paranaense, como a Fábrica do Agricultor, Café Qualidade, Produtos Orgânicos e Carnes Nobres. Numa área de 45 metros quadrados, uma tenda de bambu construída pelo CPRA (Centro Paranaense e Referência em Agroecologia), os visitantes vão conhecer um pouco mais sobre estes programas.
Pessuti participa da ordenação do novo bispo auxiliar de Curitiba
aMonsenhor Rafael Biernaski foi ordenado bispo auxiliar de Curitiba. A cerimônia teve a participação de bispos e arcebispos de todo o Paraná, dezenas de padres e centenas de pessoas da comunidade, que lotaram a Catedral. “É com muita alegria que participo desta solenidade. Esperamos que juntos possamos promover a cidadania, a inclusão social e transformarmos para melhor a vida de nosso povo”, afirmou Pessuti .
Ferroeste terá investimentos de R$ 17 milhões para aumentar a movimentação pela ferrovia
aMais duas empresas, a AB Comércio de Insumos e a Transportadora Binacional, vão se instalar no Terminal da Ferroeste em Cascavel. Ambas acabam de ser credenciadas no processo de chamamento público que a ferrovia abriu para atender empresas interessadas em construir silos, áreas de transbordo e movimentar cargas através do terminal. O investimento será de R$ 17 milhões. “A parceria da Ferroeste amplia-se a cada dia. As duas novas empresas vão dinamizar ainda mais o Terminal e aumentar o volume de transporte realizado pela ferrovia em pelo menos 200 mil toneladas anuais”, informa o presidente da Ferroeste, Samuel Gomes.
Regina Pessuti participa da 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica
reginaA primeira-dama, Regina Fischer Pessuti, participou na noite desta quinta-feira (15), em Curitiba, da abertura da 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica. O evento reúne até sábado, no Hotel Bourbon, médicos especialistas em cirurgias estéticas e reparadoras de todo do Brasil que estão discutindo novas técnicas de cirúrgicas.
Colégio Agrícola Newton Freire Maia é referência em educação ambiental
aA retomada do ensino profissionalizante no Paraná tem oferecido formação técnica de qualidade a milhares de estudantes. A rede estadual tem 18 colégios agrícolas e um florestal, cada um com particularidades que valorizam as potencialidades da região onde estão instalados. Único centro estadual de educação profissional e colégio agrícola do Estado dentro de uma Área de Proteção Ambiental, o CEEP Newton Freire Maia oferece cinco cursos de formação técnica, com foco na questão ambiental e melhoria da qualidade de vida das comunidades em que vivem seus 570 alunos.
Paraná recebe na segunda-feira missão empresarial da Argentina
aCerca de 70 empresários de várias províncias argentinas estarão nesta segunda-feira (19), em Curitiba, para dois dias de rodadas de negócios com empresas do Paraná. O evento, com inscrições gratuitas e abertas, será na Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio) e conta com o apoio do Governo do Paraná. A missão comercial será multissetorial e abrange atividades econômicas como alimentos, autopeças, bebidas, cosméticos, eletrodomésticos, máquinas, material de construção, equipamentos, ferramentas, têxtil, turismo e serviços.
Paraná em Ação ensina a gerar renda com artesanato
aO Sebrae, parceiro constante do Paraná em Ação, orienta a população do Vale do Ribeira sobre empreendedor individual e ações para micro e pequenos empresários. O trabalho faz parte da feira de serviços gratuitos do Governo do Estado, instalada em Bocaiuva do Sul (Região Metropolitana de Curiba), até domingo (18). O Sebrae e a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio também convidam visitantes do Paraná em Ação para participar de associações.
Comitê do PAC quer reduzir burocracia para acelerar obras
aRepresentantes do Comitê Estadual de Gestão do PAC se reuniram na quinta-feira (15) para discutir o andamento das obras executadas com recursos do PAC na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Uma das medidas práticas determinadas durante o encontro de trabalho foi a de diminuir a burocracia e ter maior integração entre todos os órgãos envolvidos nos projetos.
Projeto Segurança Social da PM será apresentado em Cascavel
O Projeto Segurança Social, da Polícia Militar, será apresentado, segunda-feira (19), em Cascavel. Ele está implantado na Vila Osternack, Sítio Cercado, em Curitiba, desde novembro de 2008, e promoveu mudanças na comunidade local. “O desenvolvimento da região e a redução visível da criminalidade em até 90%, são comprovações que o projeto, se implantado, poderá contribuir de maneira significativa com a melhoria da segurança pública também em Cascavel”, disse o coronel Antonio Aurélio Alves Chaves da Conceição, subchefe do Estado-Maior da PMPR e supervisor do projeto.
Mineropar ganhará espaço para exposição de rochas e minerais
aO Centro de Informações Minerais Professor Riad Salamuni, da Mineropar, vai ganhar um espaço para exposição de rochas e minerais. São 755 amostras de rochas e minerais originárias do Brasil e do exterior, como quartzos, calcitas, gipsitas, berilos, turmalinas, topázios e rochas diamantíferas (kimberlitos) brasileiras e internacionais encontradas na Austrália, Inglaterra, China, Chile, Canadá, EUA, Bolívia, Alemanha, Marrocos, Índia e Noruega. As obras já foram iniciadas. O espaço contará também com várias amostras de meteoritos com destaque para o originário da cidade de Sikhote Alin, na Sibéria (Rússia), que pesa 2,5 quilos.
Maestro Paulo Torres rege Orquestra Sinfônica neste domingo no Guairão
orquestraOrquestra Sinfônica do Paraná retorna ao palco do Guairão com um concerto neste domingo (18), às 10h30, sob a regência do maestro Paulo Torres. No programa a Abertura de “La Scala di Seta”, de Gioacchino Rossini, “Sinfonia n° 25 em sol menor KV 183”, de Wolfgang Amadeus Mozart, e encerra com a Abertura de “Fidélio”, de Ludwig Van Beethoven.
Balé Teatro Guaíra homenageia a coreógrafa Roseli Rodrigues
aO Balé Teatro Guaíra se prepara para apresentar dois sucessos de repertório “A Lenda das Cataratas” e “O Segundo Sopro”, que será em homenagem a coreógrafa Roseli Rodrigues, recentemente falecida. Os ensaios serão realizados nos dias 19, 20 e 21 de abril, das 19h30 às 22h30, no Guairão. As apresentações para o público serão nos dias 24 às 19h, com ingressos a R$ 5 e no dia 25, às 11h, no Guaíra, com entrada franca. Serão realizadas também apresentações para escolas da rede pública de Curitiba e Região Metropolitana, nos dias 22, 23 e 27 de abril, também no Guairão.

Governador reafirma apoio à reforma agrária no Paraná
aO governador Orlando Pessuti e a ministra do Desenvolvimento Social, Márcia Lopes, participaram, nesta sexta-feira (16) em Curitiba, da audiência pública sobre a reforma agrária. O encontro promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) quer a articulação do Governo do Paraná junto ao Governo Federal para o assentamentos de 6 mil famílias no Estado. “Essa luta é legítima. Tanto o ex-governador Roberto Requião quanto eu sempre trabalhamos para que esses agricultores fossem incluídos e beneficiados pelas nossas políticas públicas”, disse o governador.


Governo Estadual, prefeitos e deputados trabalharão juntos por obras do PAC 2
aPrefeitos paranaenses receberam nesta sexta-feira (16) orientação do Governo Federal sobre os critérios de inclusão de projetos no PAC 2. O programa prevê a aplicação de R$ 955 bilhões, dos quais R$195 bilhões estão reservados para obras em infra-estrutura social e urbana, que ainda não têm destino garantido.“Não podemos, por forma nenhuma de capricho, perder tempo em apresentar os projetos que o Paraná precisa. O objetivo do presidente Lula é fazer as obras e nossas secretarias e prefeituras vão responder de acordo”, afirmou o governador Orlando Pessuti.
Governador reafirma apoio à reforma agrária no Paraná
aO governador Orlando Pessuti e a ministra do Desenvolvimento Social, Márcia Lopes, participaram, nesta sexta-feira (16) em Curitiba, da audiência pública sobre a reforma agrária. O encontro promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) quer a articulação do Governo do Paraná junto ao Governo Federal para o assentamentos de 6 mil famílias no Estado. “Essa luta é legítima. Tanto o ex-governador Roberto Requião quanto eu sempre trabalhamos para que esses agricultores fossem incluídos e beneficiados pelas nossas políticas públicas”, disse o governador.
Governador discute parcerias com embaixadores de Portugal e Cuba
aO governador Orlando Pessuti reuniu-se nesta sexta-feira (18), em Curitiba, com os embaixadores de Portugal, João Manuel Guerra Salgueira, e de Cuba, Carlos Rafael Zamora Rodriguez, para discutir parcerias voltadas ao desenvolvimento comercial, cultural, científico e tecnológico. “Queremos fortalecer nossas parcerias, avançar nas relações de amizade, trabalho e troca de experiências com esses que já são bons parceiros”, disse Pessuti. A parceria segue o exemplo de outras ações de cooperação que o Paraná tem firmado com diversos países e regiões. “Estamos procurando dar uma dinâmica mais forte nas nossas relações internacionais”, afirmou o governador.
Terminal de São José dos Pinhais vai ficar pronto no mês que vem
aEstão em fase de acabamento as obras do terminal metropolitano de passageiros em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Forte Netto, a nova estação de ônibus estará pronta em meados de maio. “Já estamos com mais de 90% dos serviços executados, restando apenas alguns detalhes para entregarmos logo o terminal aos usuários”, anunciou. O novo terminal, obra no valor de R$ 5 milhões, fica na Avenida das Américas com a Rua Claudino dos Santos, numa área implantada de 14 mil m². Os passageiros, cerca de 72 mil/dia, vão contar com 29 plataformas de embarque e desembarque.
Governador e presidente do TJ tratam da compra de terreno para Centro Judiciário
aO governador Orlando Pessuti recebeu em audiência nesta sexta-feira (16), no Palácio das Araucárias, o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Carlos Augusto Hoffmann, e os desembargadores Lauri Caetano da Silva e Miguel Thomaz Pessoa Filho, que estavam acompanhados do Procurador Geral do Estado, Carlos Marés. “A visita, que era de cortesia e protocolar, se encaminhou para outras conversações, como o desenvolvimento de ações conjuntas por parte do Governo do Estado e Poder Judiciário para a aquisição de uma área de terra, que pertence ao INSS e fica nas proximidades do antigo Presídio do Ahu, visando à construção do Centro Judiciário do Paraná”, disse Pessuti.
Mercosuper terá produtos da agroindústria familiar
aA exemplo dos anos anteriores, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento participa do Mercosuper 2010, no ExpoTrade, em Pinhais, onde apresenta de domingo (18) a terça-feira (20) alguns dos programas que se destacam na agropecuária paranaense, como a Fábrica do Agricultor, Café Qualidade, Produtos Orgânicos e Carnes Nobres. Numa área de 45 metros quadrados, uma tenda de bambu construída pelo CPRA (Centro Paranaense e Referência em Agroecologia), os visitantes vão conhecer um pouco mais sobre estes programas.
Pessuti participa da ordenação do novo bispo auxiliar de Curitiba
aMonsenhor Rafael Biernaski foi ordenado bispo auxiliar de Curitiba. A cerimônia teve a participação de bispos e arcebispos de todo o Paraná, dezenas de padres e centenas de pessoas da comunidade, que lotaram a Catedral. “É com muita alegria que participo desta solenidade. Esperamos que juntos possamos promover a cidadania, a inclusão social e transformarmos para melhor a vida de nosso povo”, afirmou Pessuti .
Ferroeste terá investimentos de R$ 17 milhões para aumentar a movimentação pela ferrovia
aMais duas empresas, a AB Comércio de Insumos e a Transportadora Binacional, vão se instalar no Terminal da Ferroeste em Cascavel. Ambas acabam de ser credenciadas no processo de chamamento público que a ferrovia abriu para atender empresas interessadas em construir silos, áreas de transbordo e movimentar cargas através do terminal. O investimento será de R$ 17 milhões. “A parceria da Ferroeste amplia-se a cada dia. As duas novas empresas vão dinamizar ainda mais o Terminal e aumentar o volume de transporte realizado pela ferrovia em pelo menos 200 mil toneladas anuais”, informa o presidente da Ferroeste, Samuel Gomes.
Regina Pessuti participa da 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica
reginaA primeira-dama, Regina Fischer Pessuti, participou na noite desta quinta-feira (15), em Curitiba, da abertura da 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica. O evento reúne até sábado, no Hotel Bourbon, médicos especialistas em cirurgias estéticas e reparadoras de todo do Brasil que estão discutindo novas técnicas de cirúrgicas.
Colégio Agrícola Newton Freire Maia é referência em educação ambiental
aA retomada do ensino profissionalizante no Paraná tem oferecido formação técnica de qualidade a milhares de estudantes. A rede estadual tem 18 colégios agrícolas e um florestal, cada um com particularidades que valorizam as potencialidades da região onde estão instalados. Único centro estadual de educação profissional e colégio agrícola do Estado dentro de uma Área de Proteção Ambiental, o CEEP Newton Freire Maia oferece cinco cursos de formação técnica, com foco na questão ambiental e melhoria da qualidade de vida das comunidades em que vivem seus 570 alunos.
Paraná recebe na segunda-feira missão empresarial da Argentina
aCerca de 70 empresários de várias províncias argentinas estarão nesta segunda-feira (19), em Curitiba, para dois dias de rodadas de negócios com empresas do Paraná. O evento, com inscrições gratuitas e abertas, será na Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio) e conta com o apoio do Governo do Paraná. A missão comercial será multissetorial e abrange atividades econômicas como alimentos, autopeças, bebidas, cosméticos, eletrodomésticos, máquinas, material de construção, equipamentos, ferramentas, têxtil, turismo e serviços.
Paraná em Ação ensina a gerar renda com artesanato
aO Sebrae, parceiro constante do Paraná em Ação, orienta a população do Vale do Ribeira sobre empreendedor individual e ações para micro e pequenos empresários. O trabalho faz parte da feira de serviços gratuitos do Governo do Estado, instalada em Bocaiuva do Sul (Região Metropolitana de Curiba), até domingo (18). O Sebrae e a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio também convidam visitantes do Paraná em Ação para participar de associações.
Comitê do PAC quer reduzir burocracia para acelerar obras
aRepresentantes do Comitê Estadual de Gestão do PAC se reuniram na quinta-feira (15) para discutir o andamento das obras executadas com recursos do PAC na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Uma das medidas práticas determinadas durante o encontro de trabalho foi a de diminuir a burocracia e ter maior integração entre todos os órgãos envolvidos nos projetos.
Projeto Segurança Social da PM será apresentado em Cascavel
O Projeto Segurança Social, da Polícia Militar, será apresentado, segunda-feira (19), em Cascavel. Ele está implantado na Vila Osternack, Sítio Cercado, em Curitiba, desde novembro de 2008, e promoveu mudanças na comunidade local. “O desenvolvimento da região e a redução visível da criminalidade em até 90%, são comprovações que o projeto, se implantado, poderá contribuir de maneira significativa com a melhoria da segurança pública também em Cascavel”, disse o coronel Antonio Aurélio Alves Chaves da Conceição, subchefe do Estado-Maior da PMPR e supervisor do projeto.
Mineropar ganhará espaço para exposição de rochas e minerais
aO Centro de Informações Minerais Professor Riad Salamuni, da Mineropar, vai ganhar um espaço para exposição de rochas e minerais. São 755 amostras de rochas e minerais originárias do Brasil e do exterior, como quartzos, calcitas, gipsitas, berilos, turmalinas, topázios e rochas diamantíferas (kimberlitos) brasileiras e internacionais encontradas na Austrália, Inglaterra, China, Chile, Canadá, EUA, Bolívia, Alemanha, Marrocos, Índia e Noruega. As obras já foram iniciadas. O espaço contará também com várias amostras de meteoritos com destaque para o originário da cidade de Sikhote Alin, na Sibéria (Rússia), que pesa 2,5 quilos.
Maestro Paulo Torres rege Orquestra Sinfônica neste domingo no Guairão
orquestraOrquestra Sinfônica do Paraná retorna ao palco do Guairão com um concerto neste domingo (18), às 10h30, sob a regência do maestro Paulo Torres. No programa a Abertura de “La Scala di Seta”, de Gioacchino Rossini, “Sinfonia n° 25 em sol menor KV 183”, de Wolfgang Amadeus Mozart, e encerra com a Abertura de “Fidélio”, de Ludwig Van Beethoven.
Balé Teatro Guaíra homenageia a coreógrafa Roseli Rodrigues
aO Balé Teatro Guaíra se prepara para apresentar dois sucessos de repertório “A Lenda das Cataratas” e “O Segundo Sopro”, que será em homenagem a coreógrafa Roseli Rodrigues, recentemente falecida. Os ensaios serão realizados nos dias 19, 20 e 21 de abril, das 19h30 às 22h30, no Guairão. As apresentações para o público serão nos dias 24 às 19h, com ingressos a R$ 5 e no dia 25, às 11h, no Guaíra, com entrada franca. Serão realizadas também apresentações para escolas da rede pública de Curitiba e Região Metropolitana, nos dias 22, 23 e 27 de abril, também no Guairão.
A Chanel é líder quando se trata de lançar produtos de beleza que se tornam objetos de desejo, e a bola da vez é o Eye Gloss, um quarteto de sombras com textura de gloss
As sandálias e sapatos até tentaram, mas não conseguiram roubar o lugar das ankle boots no closet da mulher contemporânea. Para o inverno 2010, as botinhas voltam com força total
A crise da imagem de moda levou à corrente onda de editoriais em 3D. E até ao i-Pad como eventual tábua de salvação para o declínio das revistas impressas; leia-se declínio da publicidade das revistas impressas

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011


Todos os lados de Eliane


Quem a vê, nao imagina que Eliane seja uma mulher muito determinada.
Ela parece ter conseguido tudo que sempre quis,, realizados seus sonhos
e de todos nós pobres mortais. Um corpo de formas perfeitas
invejaveis, um sorriso de covinhas arrebatadoras. Vivendo uma fase
profissional melhor impossível. É preciso ser uma mulher de fibra para chegar onde
chegou!
Será que falta mais alguma coisa? Descubra agora, nesta entrevista exclusiva
ao Journal Petit Enfant.
Espontânea, carismática e dona de uma beleza incomum Eliane chegou de um
jeito manso , meio menina em nossa redação. Em pouco tempo, contagiou toda a
equipe com seu carisma." Nâo escondo nada de Ninguem. Mas tambném sou
muityo tranquila. Se mexem comigo sou brava. Muito Brava. Procuro fazer sempre
o bem: para colher assim. Quando me vejo em uma situação difícil, recorro a uma
arma secreta, o meu sorriso. Ele é a minha arma, é a minha proteção, explica e conta
segredos em um bate-papo exclusivo e descontraído.

Journal Petit Enfant - Como é a sua convivência com a família?
Eliane - Aprendi a honrar muito a minha família, a união, a força para batalhar e sobreviver.Acho que carregamos isso. Viver com eles ajudou na minha formação . Aprendemos a estar
uns com os outros em todos os momentos , os bons e ruins.

Journal Petit Enfant - O que você gosta de ler?
Eliane - Clarice Lispector, Cora Coralina. Adoro os livros dela( Clarice). Ela escrevia de uma forma
muito feminina. gosto muito de " Perto do Coraçao Selvage e Felicidade . Com Este ultimo conto
eu me identifico mais. Gosto da associação que ela faz com as rosas

Journal Petit Enfant - Fale uma frase que defina esse seu momento?
Eliane - Quero viver o presente, com meus improvissos e aprendizados, a cada dia. A hora é agora

Journal Petit Enfant - A relegião tem um papel importante em sua vida?
Eliane - Sim

Journal Petit Enfant - O que mudou em você, depois que se tornou mae? Como linda com a responsabilidade de educar um filho nos dias de hoje?
Eliane - Mudou tudo! Pois ainda nao conhecia esse amor absoluto, só possível entre pais e
filhos! Enobrece, nos deixa menos egoista, mais a mercê da naturezaq e do divino, é lindo!
Ja a responsabilidade, é proporcional a esse amor, isto é, imensa e eterna, mas uma deliciosa
jornada

Journal Petit Enfant - Algum luxo, sonho ou conquista ainda nao realizado?
Eliane - Meus sonhos são muitos ligados ao trabalho, aos in[úmeros afazeres como Educadora e
ao trabalho social que realizo, e claro, pretendo ampliar



Journal Petit Enfant - Que ligação e importância você pode nos relatar, a respeito da Educação e Meio Ambiente?
Eliane - A educação, compreendida enquanto processo de aprendizagem integral do ser humano, tem princípio norteador a formação de seres conscientes de sua responsabilidade com vida, manutenção da vida e de seu papel como agentes de transformação sócio-cultural. A construção do conhecimento está comprometida com a valorização da multidimensionalidade humana, e não somente com a transmissão de informações, regras e fórmulas. Neste sentido, os sentimentos; emoções; intuições; e a espiritualidade, são aspectos que compõem e enriquecem o processo de aprendizagem integradora. Ao incluir os aspectos multidimensionais do humano, legitimando as contradições e os conflitos, a essência da aprendizagem consiste em promover o sentido de pertinência e reverência pela vida, concebendo para isto a construção consciente de valores que sustentam a harmonia de compartilhar nossa "casa mundial". Quanto a estes valores, podemos citar: a convivência, a cooperação, o respeito, a tolerância, a justiça e a interdependência.

O termo casa mundial foi trazido pelo pacifista norte americano Martin Luther King, que nos diz que todos nós herdamos uma grande casa na qual temos que aprender a viver juntos: negros, brancos, índios, judeus, católicos, mulçumanos, hindus... Temos sido já há um tempo treinados a nos ver separados uns dos outros, mas isto de fato não ocorre. O mesmo ocorre com a estrutura do ensino clássico formal, que explica o mundo sob uma ótica fragmentária: as aulas de física não se comunicam com as de português; nem as de matemática com as de geografia, nem história com as de biologia, e assim por diante. É como se houvesse compartimentos específicos no cérebro do aluno para armazenar as informações trazidas pelas disciplinas. Assim, o conhecimento não se contextualiza e o processo de aprendizagem se torna chato e enfadonho. Esta estrutura de pensamento fragmentada consiste na essência dos graves problemas ambientais e sociais que estamos enfrentando. A fragmentação do pensamento obscurece a vista de que nossas ações e escolhas remetem e repercutem em causas e efeitos, que por sua vez gerará mais causas e outras tomadas de decisões, e novamente novas causas surgiram.

O movimento causa-efeito-causa é, assim, em espiral e ininterrupto. Por exemplo, se falamos tanto hoje de aquecimento global é porque optamos por certo conforto em nossas vidas que nos custou um rápido desajuste no equilíbrio da Terra. Se opto em ir de carro para o trabalho, ou consumir produtos de certa empresa poluente, certamente o pensamento nos diz (ou deve ter dito) que esta pequena ação em pouco ou quase nada mudará as condições climáticas do planeta. Hoje, ao tratar do exemplo das questões climáticas, já sabemos que não é bem assim, porém ainda há muita resistência em, de fato, mudar as atitudes e práticas cotidianas. Queremos respostas rápidas, lógicas e objetivas para eliminar nossos problemas. Porém, para encontrar respostas duradouras e eficazes para os problemas da crise ambiental e social precisamos ampliar nossa percepção dos sentidos e compreender o todo cósmico ao qual fazemos parte, e isto não é tarefa fácil e nem rápida pois requer um trabalho sensível e de auto-conhecimento. Sendo assim, a educação integral do ser humano propõe trabalhar toda a dimensão do ser humano, e não somente parte dele. Ao se conhecerem melhor, ao se dispor do exercício constante de auto-conhecimento, esperamos que nossas crianças e jovens possam enxergar mais o meio em que vivem e legitimar a dignidade da vida no planeta.


Journal Petit Enfant - Como você analisa as propostas de projetos desenvolvidos em instituições não-governamentais, escolas e do próprio Governo? Há avanços?
Eliane - Há avanços, se pensarmos que estamos todos num processo de aprendizagem na qual os erros são fundamentais neste processo. Desde a década se 1970 vem se falando cada vez mais nos problemas ambientais. Fato este que teve grande visibilidade com a ECO 92 e hoje ainda mais com a repercussão da crise climática. Porém, ainda sinto falta de projetos que trabalhem o humano. Muitos projetos e propostas ainda são sustentados por apelos técnicos e racionais, de ações pontuais e localizadas. Os grandes projetos ambientais conhecidos cuidam de animais específicos, como golfinhos, tartarugas, ursos, baleias. Ou tratam de propostas conservacionistas para cuidar de determinada área contra ação humana predatória.

Claro que estes projetos são importantíssimos. Mas ainda fala-se pouco em cuidar do coração humano. Há um simpático esquimó conhecido por Uncle, que nos diz que o problema do aquecimento global é derreter o gelo do coração do homem. É disto que estou falando. Pouco ou nada adianta altos investimentos em tecnologia para lidar com os problemas ambientais senão cuidarmos com o que de fato interfere no equilíbrio da terra: a complexidade do ser humano. Acredito, que enquanto planeta vivo, a Terra criará recursos para se auto-salvar. O problema é a assegurar a vida digna de nossa espécie, e mais, é cuidar para que tenhamos consciência do que temos feito uns com os outros e com as outras espécies que compartilhamos este planeta.





Journal Petit Enfant A questão do Meio Ambiente está presente na formação dos estudantes em curitiba? Qual a função que a Escola deveria ter quando o assunto é Ecologia, Preservação e Meio Ambiente?
Eliane - Muitas escolas, creio que talvez a maioria, vem tratando das questões ambientais com seus alunos. Porém, ainda estão amarradas à estrutura tradicional curricular que consiste na transmissão de conteúdos. Há muita diferença entre receber informações sobre uma determinada espécie de árvore na sala de aula e ter um contato sensível, por meio da percepção dos sentidos, com esta mesma árvore. A informação sobre a espécie provavelmente será decorada pelo aluno, e depois de algum tempo será esquecida. Ou poderá não lhe fazer sentido algum ouvir a fala do professor sobre tal assunto. Já a experiência, além de consistir em um aprendizado que se internaliza, que é obtido não só por vias racionais, mas também pelo tato, pela escuta, pela visão, este aprendizado pode tornar-se uma experiência afetiva e a recordação não é de utilidade para hora da prova, mas é guardada no decorrer da vida. Assim, trabalhar a experiência é uma maneira de por em prática o conteúdo
aprendido. É complementar e fortalecer o ensino da sala de aula.




Journal Petit Enfant Como a Arte pode estar a favor desta educação? Há projetos estruturados nesta área?
Eliane A arte possibilita o contato interno, estimula a intuição e a sensibilidade. A arte, enquanto estratégia de ensino, promove experiências de auto-conhecimento, e conforme já dito, estas experiências promovem a conexão do permanente movimento entre externo e interno. Quanto mais descubro e compreendo dentro de mim, mais descubro e compreendo do mundo que me é externo e mais posso compreender do outro, do meio. Além disto a experiência artística pode estimular o pensar autêntico e criativo, que são aspectos importantes na formação de sujeitos protagonistas e autorais de seu viver, legitimando as diferenças entre cada indivíduo, ou seja a nossa biodiversidade de natureza e nossa diversidade enquanto seres da mesma espécie.

Journal Petit Enfant Sabe-se hoje de diversas ações ligadas a arte e educação que se voltam para um determinado assunto, como Preservação, Educação Sexual, Segurança no Trabalho entre outros. Como você vê essas ações?
Eliane - Depende de como são trabalhadas. Penso que estas ações destinadas a formação de crianças e jovens devem valorizar o divertimento e a brincadeira. Se for muito sério e explicativo provavelmente as crianças e jovens se dispersarão. Também, ao tratar de jovens, estas ações devem se preocupar em evitar o discurso moralista, e privilegiar o diálogo e a escuta do que os jovens também tem a dizer.

Journal Petit Enfant - Pensando ainda neste assunto, também constata-se diversos grupos de artistas que focam seus trabalhos na apresentação de espetáculos, voltados para a escola, com o tema "Meio Ambiente". Isso auxilia ou distância os alunos deste assunto? Qual a melhor forma de trabalhar este tema sem cair no simplismo e na banalidade?
Eliane - Também não é uma resposta fácil, pois dependerá em saber como está sendo trabalhado. Penso que este tipo de trabalho deva-se se preocupar em não causar sentimentos como culpa e desesperança. Por exemplo, uma peça teatral que promove uma encenação de como o ser humano vem destruindo a natureza, e como somos maus e cruéis, pouco terá efeito educativo, pois o potencial de mudança e transformação será pouco desenvolvido, visto que as crianças e adolescentes se sentirão frustrados e impotentes, facilitando assim o pensar "já que o mundo irá acabar mesmo, eu não posso fazer mais nada". A preocupação pedagógica, neste caso, deve ser sim de orientar o estado mundial que nos encontramos, mas estimular sentimentos de inspiração para a transformação e mudança.

Journal Petit EnfantA respeito do seu trabalho, quais as dificuldades que encontra? Que mudanças devem ocorrer no âmbito educacional e governamental para uma melhor aceitação e compreensão dos temas tratados nesta entrevista?
Eliane -Sinto que ainda estamos num processo de iniciação deste tipo de trabalho. Ainda fala-se pouco sobre o assunto no meio acadêmico, empresarial, escolar e mesmo em organizações do terceiro setor. Mas mesmo assim tem sido valiosa a ousadia daqueles que se propõe a tratar de questões internas numa sociedade materialista que valoriza as aparências externas. Creio que, com a sabedoria da lentidão, estamos mostrando ao que viemos.
Qualidade da educação no Brasil ainda é baixa, aponta Unesco
Relatório indica que índices de repetência e abandono da escola no País são os mais elevados da América Latina





Elevados índices de repetência e de abandono da escola no Brasil foram apontados em relatório da Unesco SÃO PAULO - Com índices de repetência e abandono da escola entre os mais elevados da América Latina, a educação no Brasil ainda corre para alcançar patamares adequados para um País que demonstra tanto vigor em outras áreas, como a economia. Segundo o Relatório de Monitoramento de Educação para Todos de 2010, da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), a qualidade da educação no Brasil é baixa, principalmente no ensino básico. Veja o relatório da Unesco O relatório da Unesco aponta que, apesar da melhora apresentada entre 1999 e 2007, o índice de repetência no ensino fundamental brasileiro (18,7%) é o mais elevado na América Latina e fica expressivamente acima da média mundial (2,9%). O alto índice de abandono nos primeiros anos de educação também alimenta a fragilidade do sistema educacional do Brasil. Cerca de 13,8% dos brasileiros largam os estudos já no primeiro ano no ensino básico. Neste quesito, o País só fica à frente da Nicarágua (26,2%) na América Latina e, mais uma vez, bem acima da média mundial (2,2%). Na avaliação da Unesco, o Brasil poderia se encontrar em uma situação melhor se não fosse a baixa qualidade do seu ensino. Das quatro metas quantificáveis usadas pela organização, o País registra altos índices em três (atendimento universal, igualdade de gênero e analfabetismo), mas um indicador muito baixo no porcentual de crianças que ultrapassa o 5º ano. Problemas que a educação brasileira ainda enfrenta, a estrutura física precária das escolas e o número baixo de horas em sala de aula são apontados pelos técnicos da Unesco como fatores determinantes para a avaliação da qualidade do ensino. Crise financeira A crise financeira que ainda reprime o desenvolvimento de países em todo o mundo poderá também ter um reflexo bastante negativo na educação, alerta o relatório da Unesco. De acordo com a organização, o aumento da pobreza e os cortes nos orçamentos públicos das nações podem comprometer os progressos alcançados na educação na última década, principalmente nos países pobres. "Enquanto os países ricos já estão criando as condições necessárias para sua recuperação econômica, muitos nações pobres enfrentam a perspectiva imediata de uma degradação de seus sistemas educativos", alerta Irina Bokova, diretora-geral da Unesco. "Não podemos permitir o surgimento de uma "geração perdida" de crianças privadas da possibilidade de receber uma educação que lhes permita sair da pobreza." Com este cenário, a Unesco avalia que a comunidade internacional não deverá alcançar nenhum dos seis objetivos estabelecidos em 2000, em Dacar, no Senegal, que, juntos, visam a universalização do ensino fundamental até 2015. Segundo o relatório, seria necessário cobrir um déficit de US$ 16 bilhões para atingir essas metas, acabando com o analfabetismo, que hoje atinge cerca de 759 milhões de adulto no mundo, e possibilitando que as mais de 140 milhões de crianças e jovens que continuam fora da escola tenham a oportunidade de estudar.
Educação no Brasil

Atualmente, considera-se a educação um dos setores mais importantes para o desenvolvimento de uma nação. É através da produção de conhecimentos que um país cresce, aumentando sua renda e a qualidade de vida das pessoas. Embora o Brasil tenha avançado neste campo nas últimas décadas, ainda há muito para ser feito. A escola (Ensino Fundamental e Médio) ou a universidade tornaram-se locais de grande importância para a ascensão social e muitas famílias tem investido muito neste setor.

Quadro da educação nacional

Pesquisas na área educacional apontam que um terço dos brasileiros frequentam diariamente a escola (professores e alunos). São mais de 2,5 milhões de professores e 57 milhões de estudantes matriculados em todos os níveis de ensino. Estes números apontam um crescimento no nível de escolaridade do povo brasileiro, fator considerado importante para a melhoria do nível de desenvolvimento de nosso país.

Uma outra notícia importante na área educacional diz respeito ao índice de analfabetismo. Recente pesquisa do PNAD - IBGE mostra um queda no índice de analfabetismo em nosso país nos últimos dez anos (1992 a 2002). Em 1992, o número de analfabetos correspondia a 16,4% da população. Esse índice caiu para 10,9% em 2002 e para 10% em 2008. Ou seja, um grande avanço, embora ainda haja muito a ser feito para a erradicação do analfabetismo no Brasil. Outro dado importante mostra que, em 2006, 97% das crianças de sete a quatorze anos frequentavam a escola.

Esta queda no índice de analfabetismo deve-se, principalmente, aos maiores investimentos feitos em educação no Brasil nos últimos anos. Governos municipais, estaduais e federais tem dedicado uma atenção especial a esta área. Programas de bolsa educação tem tirado milhares de crianças do trabalho infantil para ingressarem nos bancos escolares. Programas de Educação de Jovens e Adultos (EJAs) também tem favorecido este avanço educacional. Tudo isto, aliado a políticas de valorização dos professores, principalmente em regiões carentes, tem resultado nos dados positivos.

Outro dado importante é a queda no índice de repetência escolar, que tem diminuído nos últimos anos. A repetência acaba tirando muitos jovens da escola, pois estes desistem. Este quadro tem mudado com reformas no sistema de ensino, que está valorizando cada vez mais o aluno e dando oportunidades de recuperação. As classes de aceleração também estão dando resultados positivos neste sentido.

A LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), aprovada em 1996, trouxe um grande avanço no sistema de educação de nosso país. Esta lei visa tornar a escola um espaço de participação social, valorizando a democracia, o respeito, a pluralidade cultural e a formação do cidadão. A escola ganhou vida e mais significado para os estudantes.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011


Síndrome do Sotaque Estrangeiro

Uma mulher britânica está sendo tratada por fonoaudiólogos por ter passado a falar inglês com sotaque chinês depois de sofrer uma grave crise de enxaqueca.

Sarah Colwill, técnica em informática de 35 anos, foi diagnosticada com a chamada Síndrome do Sotaque Estrangeiro, um mal raríssimo que resulta de danos na parte do cérebro que controla a fala e a pronúncia.

Enxaqueca repentina

O médico John Coleman, especialista em fonética da Universidade de Oxford, que está acompanhando Colwill, disse que, em geral, a síndrome é provocada por derrames ou lesões cerebrais.

Mas ela acredita que seu problema começou após uma fortíssima dor de cabeça, que a obrigou a chamar uma ambulância.

"A telefonista e os paramédicos que me atenderam comentaram que eu estava com um sotaque chinês, apesar de eu nunca ter ido à China e ter vivido toda a minha vida no sul da Inglaterra", contou Cowill a jornais britânicos.

Tratamento de fonoaudiologia

Cowill, que mora em Plymouth com o marido e duas enteadas, agora está fazendo tratamento de fonoaudiologia para tentar perder o sotaque chinês e recuperar o seu timbre original.

"Estou falando em um tom muito mais agudo, desafinado. Quando ligo para meus amigos, muitos batem o telefone na minha cara pensando que estou passando trote", afirmou. "É muito frustrante."

"Quero minha voz de volta, mas não sei se vou conseguir", disse.

20 casos no mundo

Especialistas acreditam que existam menos de 20 pessoas em todo o mundo sofrendo do mesmo problema.

O primeiro caso registrado foi o de uma mulher atingida durante um bombardeio na Noruega, em 1941, que passou a falar com norueguês com sotaque alemão.

Cabelo moicano

A família de um menino britânico de 3 anos descobriu que ele sofria de leucemia graças a um corte de cabelo "moicano", inspirado no do jogador de futebol inglês David Beckham.

Quando decidiram mudar o cabelo do filho Maddox, em outubro do ano passado, os pais Ben e Barbie Tallowin perceberam que ele tinha dois caroços na parte de trás da cabeça, acima da nuca.

Marcaram uma consulta com o médico no mesmo dia e, após exames de sangue, o menino foi diagnosticado com o câncer.

"Foi mais por sorte do que por qualquer outra coisa que descobrimos a doença", disse o pai.

"Os médicos disseram que normalmente as pessoas só percebem o problema quando a criança já está apresentando os sintomas, o que não era o caso de Maddox."

Remissão

O garoto foi imediatamente submetido a um tratamento de quimioterapia em um hospital da cidade de Cambridge.

Ele agora está em remissão, como é conhecida a fase de ausência de sintomas, mas deve precisar de novas sessões de quimioterapia e de tratamento com esteroides por mais três anos.

Vacina contra o HIV

Pessoas infectadas com o vírus HIV são mais suscetíveis a infecção por bactérias do gênero Salmonella.

Os autores da pesquisa descobriram como uma falha na resposta imunológica de adultos africanos com HIV permite a infecção por certas linhagens da bactéria.

Os resultados ajudam a explicar por que pessoas infectadas com o vírus experimentam altas taxas de mortalidade por meio dessas bactérias.

O trabalho poderá levar ao desenvolvimento de vacinas mais eficientes contra o HIV e que também ofereçam proteção contra infecções por salmonela.

Sistema imunológico distraído

Na pesquisa, coordenada por Calman MacLennan, da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, achavam que portadores do HIV teriam dificuldade em gerar anticorpos específicos para salmonela, mas, em vez disso, observaram o contrário.

Apesar disso, nos HIV-positivos os anticorpos, embora em grande quantidade, não eram capazes de matar a salmonela. Em testes em laboratório, os pesquisadores observaram que os anticorpos desses pacientes bloquearam a capacidade dos anticorpos de adultos saudáveis de combater a bactéria.

Essa capacidade de bloqueio aparentemente distrai o sistema imunológico, tirando a atenção da superfície da bactéria, ou seja, evitando que os anticorpos façam seu trabalho.

Excesso de anticorpos

Os pesquisadores verificaram, nesse caso, um aumento nas concentrações de anticorpos direcionados especificamente para as proteínas do lipopolissacarídeo bacteriano (LPS) em paredes celulares.

Em pacientes com respostas imunológicas saudáveis, anticorpos são específicos para proteínas nas membranas externas e conseguem matar com sucesso a salmonela, eliminando a infecção.

Em testes in vitro, os pesquisadores verificaram que, ao remover o LPS das amostras, os anticorpos voltaram à sua função original, conseguindo novamente combater a salmonela.

"Nós costumamos pensar em portadores de HIV como mais suscetíveis a infecções por conta de deficiências em seu sistema imunológico. Mas nesse estudo descobrimos que é, na realidade, o excesso de anticorpos que causa o problema", disse MacLennan.

Infecção por salmonela

Linhagens de Salmonella não tifoidal estão presentes principalmente em países em desenvolvimento e causam vômitos e diarreia. O contágio se dá pela ingestão de alimentos infectados, como ovos ou carne mal cozida.

A infecção por salmonela pode provocar até mesmo a morte em pessoas com imunidade comprometida, como HIV positivos ou pacientes com malária, anemia ou desnutrição.

GPS da neurocirurgia

O Instituto de Psiquiatria (IPq) da USP (FMUSP) realizou pela primeira vez um procedimento considerado o "GPS da neurocirurgia", para ressecção de um tumor cerebral.

A técnica de Ressonância Magnética Intraoperatória (RMI) permite monitorar em tempo real o processo cirúrgico, mostrando com exatidão as estruturas cerebrais relacionadas com a lesão.

Ressonância Magnética Intraoperatória

A primeira cirurgia com o uso da RMI, uma retirada de tumor de hipófise, foi realizada com sucesso no último mês de março.

Com as imagens, feitas por um equipamento de ressonância magnética instalado dentro do centro cirúrgico, é possível saber a extensão do tumor, a proporção removida e quanto falta para concluir a cirurgia.

Com o método tradicional, cerca de 30% dos pacientes saem da cirurgia com restos do tumor no organismo e chances de recidiva.

Neurocirurgia

A neurocirurgia com uso de RMI é considerada um grande avanço para tratamento de tumores cerebrais, especialmente de gliomas encefálicos - que abrangem 40% dos tumores em geral (na maioria das vezes são malignos) -, e tumores de hipófise - que representam cerca de 15% dos tumores (geralmente benignos).

A técnica possibilita realização de intervenções cirúrgicas menores e mais econômicas, otimizando os procedimentos cirúrgicos.

Ao mesmo tempo, o método proporciona rápido diagnóstico de complicações, que poderão ser tratadas de imediato. Também é possível prevenir danos neurológicos e obter maior grau de ressecção com menor grau de manipulação, sem lesão do tecido sadio.

Mapeamento do interior do corpo

Até agora, o único recurso para mapear tumores neurológicos era a ressonância tradicional, feita antes da cirurgia, cujo efeito era como o de um mapa desatualizado.

Com o exame intraoperatório, é como se o médico tivesse nas mãos um GPS. No caso do glioma, por exemplo, que é um tumor que pode mudar de lugar depois que o crânio é aberto, a RMI mostra-se altamente eficaz.

A cirurgia foi realizada pelo neurocirurgião Valter Cescato, juntamente com os especialistas Rodrigo de La Cortina (otorrinolaringologista), Nina Musolino (neuroendocrinologista), Edson Amaro Jr. (neuroradiologista) e Manoel Jacobsen Teixeira (neurocirurgião e professor do Departamento de Neurologia da FMUSP). O procedimento teve a colaboração da equipe de enfermagem, coordenada pela enfermeira Sandra Soares e dos técnicos das empresas Brain Lab, Siemens e Equipamentos Procópio.

Microcirurgias

Ainda em março, foram realizados mais dois procedimentos com a técnica de RMI, que consistiram de microcirurgia para ressecção de neoplasia, feitos pelos Neurocirurgiões Manoel Jacobsen Teixeira e Hector Cabrera Navarro, sob supervisão de Neurorradiologista.

Todas as cirurgias tiveram sucesso e os pacientes passam bem. Para a aquisição do equipamento, montagem e adequação do centro cirúrgico, foram investidos R$ 3 milhões pelo governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde.

Revolução no paladar

Uma nova e ainda pouco conhecida disciplina científica, chamada gastronomia molecular, está revolucionando silenciosamente a sensação de comer em alguns restaurantes.

Mais do que isso, ela promete ampliar essa revolução, que deverá alcançar não apenas os demais restaurantes, como a alimentação feita em casa.

Esta é a conclusão de um artigo publicado na última edição da revista da Sociedade Química Americana.

Gastronomia molecular

No artigo, Peter Barham e seus colegas apresentam uma visão abrangente da gastronomia molecular, que estuda a ciência por trás das técnicas de preparação de alimentos, incluindo a química do cozinhar.

"Nossa premissa básica é que a aplicação de técnicas químicas e físicas nas cozinhas de alguns restaurantes para a produção de novas texturas e combinações de sabores não apenas revolucionou a experiência de ir ao restaurante, mas também levou a novas sensações na degustação dos alimentos," escrevem os cientistas.

Os exemplos incluem os restaurantes El Bulli, na Espanha, e Fat Duck, no Reino Unido, que passaram a ser considerados por alguns como entre os melhores do mundo depois da adoção da gastronomia molecular em suas cozinhas.

Experiência individual de sabor

A nova ciência dá atenção especial às condições que dão sustentação à fruição de um alimento, o que varia individualmente, incluindo dos níveis de sabor em um prato até o "quadro mental" criado na experiência de jantar em um restaurante.

Os autores observam que "podemos ser capazes de servir diferentes variantes de um mesmo prato para os clientes, de forma que cada um tenha a sua própria experiência individual de sabor. Se a gastronomia molecular pode atingir tal objetivo, ela tem um longo caminho a percorrer e mudar para sempre a percepção pública da química."
Cura da cegueira

Usando uma espécie de terapia genética, cientistas das universidades de Buffalo e Oklahoma, nos Estados Unidos, conseguiram reverter a retinite pigmentosa em camundongos, fazendo com que os animais voltassem a enxergar.

O experimento bem-sucedido é um passo importante nas pesquisas que poderão, no futuro, permitir que pessoas que sofrem dessa e de outras doenças oculares voltem a enxergar.

O que é retinite pigmentosa

A retinite pigmentosa é na verdade um grupo de doenças oculares hereditárias que afetam a retina. A retinite pigmentosa faz com que células da retina morram prematuramente, levando à perda da visão.

A doença danifica os fotorreceptores, as células da retina que transformam a luz em sinais elétricos, que são transmitidos ao cérebro por meio do nervo óptico. Esses danos deixam milhões de pessoas no mundo inteiro com perdas visuais e cegueira.

Não há cura para a retinite pigmentosa atualmente.

Terapia genética

Ao contrário de outros experimentos com terapias genéticas, os cientistas não utilizaram vírus modificados, diminuindo o potencial de riscos e efeitos colaterais desse tratamento experimental.

A técnica utiliza uma nanopartícula transportando ácidos nucleicos, tipicamente moléculas de DNA "compactadas", segundo os pesquisadores, que carregam os genes a serem implantados.

"Nós esperamos que os resultados de nosso estudo transformem-se em um instrumento na geração de uma cura para a cegueira debilitante associada com a retinite pigmentosa e outras doenças hereditárias e adquiridas da retina," disse Muna I. Naash, coautora da pesquisa, que foi publicada no exemplar de Abril do Faseb Journal.

Degeneração da retina

Naash e seus colegas usaram grupos de camundongos com o gene Rds, da degeneração retinal lenta, que causa a retinite pigmentosa.

Cada grupo de animais recebeu um dentre três tipos de "tratamentos": nanopartículas contendo a cópia normal do gene Rds, o gene normal sozinho, ou uma solução salina.

Os camundongos que receberam o gene sozinho ou a solução salina continuaram a perder sua visão.

Milagre da cura do cego

Os camundongos que receberam a terapia de nanopartículas com o gene mostraram sinais significativos de cura. Eles apresentaram uma melhora estrutural nas suas retinas, bem como melhoria da visão funcional, que durou durante todo o estudo.

As nanopartículas parecem ser seguras e foram bem toleradas pelos animais, que não sendo registrado nenhum efeito colateral.

"Fazer um cego ver já foi chamado de milagre," disse o Dr. Gerald Weissmann, editor-chefe do FASEB Journal. "À medida que expandimos a nossa compreensão da evolução, da genética e da nanotecnologia, é provável que curas 'milagrosas' tornem-se tão comuns quanto as reivindicadas pelos curandeiros do passado e do presente."

Sintomas do infarto

Os pacientes chegam à sala de emergência com os sintomas característicos do ataque cardíaco: dor aguda no peito, um eletrocardiograma com as alterações típicas e a liberação das enzimas associadas com a doença cardíaca normal.

No entanto, logo que a coronariografia é executada, a fim de descobrir o local onde a oclusão que está impedindo o sangue de chegar ao coração se formou, nada é encontrado. No infarto, essa oclusão causa a morte de um grande número de células no coração.

Ou seja, parece um infarto, mas não é. E, mesmo não sendo tão perigosa, a condição pode ser facilmente confundida com o infarto do miocárdio.

Síndrome do Coração Partido

O nome mais comum dessa condição médica é Síndrome do Coração Partido. Tecnicamente, essa que parece ser uma nova doença da modernidade, atende pelo nome de Síndrome de Tako-Tsubo ou cardiomiopatia induzida por estresse.

A "doença do coração partido" afeta principalmente mulheres na pós-menopausa, quando elas não estão mais protegidas pelo hormônio estrogênio e é associada a um estresse emocional forte, como um luto, em 80% dos casos.

Esta é a razão pela qual ela é frequentemente associada com um coração partido.

Danos no coração

Agora, um grupo de pesquisadores da Universidade Católica de Roma, coordenado por Filippo Crea, identificou o mecanismo subjacente a esta patologia peculiar.

O artigo acaba de ser publicado no European Heart Journal, da Sociedade Europeia de Cardiologia.

"Em 80% dos pacientes, os sintomas desaparecem espontaneamente após algumas semanas, não deixando nenhum vestígio," explica Crea, enquanto em outros casos o dano persiste.

"O fato é que os danos causados por esta síndrome estão no coração e não nas coronárias. O que estamos tentando explicar é o mecanismo que leva ao aparecimento desses sintomas," afirmam os cientistas em seu artigo.

Mecanismos da síndrome do coração partido

Durante a pesquisa, o grupo liderado pelo Crea estudou quinze mulheres com idade média de 68 anos, todas com os sintomas da síndrome do coração partido, durante um mês. Graças a este estudo, eles foram capazes de identificar, pela primeira vez, o mecanismo fisiopatológico da doença.

"Nós nos concentramos na região apical do coração," explica Leda Galiuto, coautora do artigo, "porque essa é a área onde está localizada a disfunção. Devido a isso, o coração assume a forma característica de um balão de ar ou, como os japoneses observaram, a armadilha de um polvo local. O termo Tako-Tsubo é na verdade o nome dessa armadilha em japonês."

A hipótese que os pesquisadores desenvolveram é que o mecanismo que influencia a disfunção reside no espasmo dos pequenos vasos coronários, na chamada microcirculação coronariana.

Ultrassonografia de contraste do miocárdio

"Para comprovar nossa hipótese nós utilizamos a ultrassonografia de contraste do miocárdio, um método que inventamos e que nos permite estudar a microcirculação coronariana de forma seletiva, segura e barata na cabeceira do paciente," explica a pesquisadora.

"A microcirculação desempenha um papel importante nas doenças cardíacas," acrescenta Crea, "e a vasoconstrição intensa desses pequenos vasos normalmente não pode ser percebida em uma coronariografia."

Os pesquisadores foram também capazes de demonstrar que este espasmo microvascular é reversível e, uma vez passada a fase aguda, a disfunção microvascular que causa os sintomas também desaparece.

"Normalmente os pacientes não ficam com qualquer dano porque a redução da entrada de sangue é suficientemente grave para impedir que o coração se contraia corretamente, criando o formato de balão, mas não o suficiente para determinar a morte de células do sangue, que é o que normalmente acontece em um infarto," conclui Crea.

Calêndula para a pele

Testes realizados na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP), da USP, revelaram que o extrato da calêndula (Calendula officinalis), planta originária da região mediterrânea entre Europa, África e Ásia, é eficaz para proteger a pele contra os efeitos da radiação ultravioleta emitida pelo Sol.

Experiências realizadas com animais mostraram que as formulações contendo o extrato de calêndula reduzem o estresse oxidativo causado pelos raios solares, promovendo efeito fotoprotetor e retardando o envelhecimento da pele.

Proteção contra radiação solar

A calêndula foi adaptada às condições climáticas do Brasil e, segundo a farmacêutica Yris Maria Fonseca, é usada popularmente como agente anti-inflamatório tópico contra queimaduras, especialmente as provocadas pelo Sol.

"O estudo verificou se o extrato de calêndula também seria eficaz contra os danos causados pela radiação solar, comprovando cientificamente um de seus usos populares", conta Yris, que é uma das responsáveis pelo estudo.

Os experimentos foram realizados com camundongos de laboratório geneticamente modificados, sem pelo, que tiveram lesões induzidas por luz ultravioleta. "Verificou-se o estresse oxidativo, alterações na morfologia do tecido e das células e a presença de inflamação da pele", aponta Yris. "As análises mostram que o extrato de calêndula, administrado por via oral ou tópica, foi eficaz para prevenir o estresse oxidativo causado pela radiação solar."

Na pesquisa, foi possível inibir totalmente o estresse oxidativo, deixando a pele dos ratos semelhante à de animais que não receberam radiação."O extrato também estimulou a síntese de colágeno, o que pode evitar o aparecimento de sinais característicos de pele envelhecida, como rugas e perda de elasticidade", acrescenta a farmacêutica.

Extrato de calêndula

De acordo com Yris, o extrato de calêndula apresenta uma grande quantidade de flavonoides e polifenóis, substâncias com reconhecido potencial antioxidante. "Acredita-se que a redução do estresse oxidativo aconteça não por causa de um composto isolado, mas devido ao efeito sinérgico entre as substâncias presentes no extrato de calêndula", explica.

No estudo, a calêndula foi testada em três formulações diferentes, sendo que uma formulação do tipo gel apresentou melhor desempenho para fotoquimioproteção. "Para que o produto seja disponibilizado comercialmente, serão necessários novos testes, relacionados à segurança e toxicidade, entre outros aspectos", observa a farmacêutica.

Calêndula contra o câncer

O extrato também passou por testes de citotoxicidade, realizados em duas linhagens de células tumorais e uma de células normais. "O maior efeito tóxico foi registrado nas linhagens tumorais, preservando a normal, o que demonstra o potencial para o tratamento de câncer", aponta Yris. "Entretanto, este é um resultado preliminar, que precisará ser confirmado em estudos específicos".

A pesquisa sobre os efeitos da calêndula em lesões agudas provocadas pela radiação solar faz parte da tese de doutorado de Yris, realizada no Laboratório de Controle de Qualidade de Medicamentos e Cosméticos da FCFRP.

O trabalho teve a orientação da professora Maria José Vieira Fonseca, da FCFRP. Em sua pesquisa de pós-doutoramento, a farmacêutica irá investigar o efeito fotoquimioprotetor da calêndula sob a radiação exposta cronicamente, em longo prazo.
Família como obstáculo

Quanto mais materialistas as pessoas forem, maior é a probabilidade de que elas vejam sua família como um obstáculo ao seu trabalho e ao seu desenvolvimento profissional.

Esta é a conclusão de um estudo publicado no site, e brevemente no exemplar impresso, da revista científica Journal of Occupational and Organizational Psychology.

Valores materialistas

Mark Promislo e seus colegas da Universidade Temple, nos Estados Unidos, realizaram o estudo para investigar até que ponto os valores materialistas de uma pessoa estavam ligados à sua experiência de conflitos trabalho-família.

"Necessidades associadas com valores materialistas têm muito mais probabilidade de serem atingidas através do trabalho, então é possível que as pessoas que atribuam um valor elevado à renda e às posses materiais sintam que as demandas da família representam um empecilho à sua dedicação ao trabalho," explica Promislo.

Conflito entre família e trabalho

Um total de 274 pessoas responderam a um questionário que avaliava em que medida as demandas do trabalho interferiam com suas responsabilidades familiares, e em que extensão as exigências da sua família interferiam com seu trabalho.

Os entrevistados também responderam a um questionário que avaliava o quanto eles eram materialistas.

Os resultados mostram que materialismo está significativamente associado com as medidas de interferência da família no trabalho e também à sensação de sobrecarga de trabalho - a percepção de ter coisas demais para fazer sem o tempo suficiente para fazê-las.

Materialismo versus bem-estar

"Pessoas altamente materialistas dirigem todos os seus esforços para o trabalho, já que isto produz recompensas materialistas tangíveis - dinheiro e posses," diz Promislo.

"Assim, elas veem qualquer obstáculo para o trabalho, incluindo sua família, como uma perturbação. Esta descoberta vem somar o 'conflito trabalho-família' à já longa lista dos efeitos negativos que os valores materialistas exercem sobre o bem-estar pessoal," conclui ele.

Tempo e espaço na mente

O espaço e o tempo estão entrelaçados em nossos pensamentos, assim como eles estão no mundo físico. Mas a relação entre eles é diferente na Física e na mente humana.

Durante séculos, os filósofos têm debatido exatamente como essas dimensões estão relacionadas em nossos pensamentos. E parece que essa relação é mais profunda e começa mais cedo do que se imaginava.

Mente das crianças

Para estudar exatamente como se dá essa relação, um grupo de cientistas resolveu estudá-la em crianças, quando ela ainda não foi afetada pelo aprendizado e pela cultura.

De acordo com o artigo publicado no exemplar de Abril da revista Cognitive Science, a capacidade das crianças em entender o tempo é inseparável do seu entendimento do espaço.

Para estudar a relação entre o espaço e o tempo nas mentes em desenvolvimento das crianças, os pesquisadores mostraram-lhes filmes de corrida de dois caracóis ao longo de caminhos paralelos. Cada corrida tinha diferentes distâncias ou durações diferentes.

Tempo é inseparável do espaço

As crianças tinham que julgar ora o aspecto espacial de cada corrida - dizendo qual animal percorreu uma distância maior - ora o aspecto temporal - apontando qual animal correu por mais tempo.

Ao julgarem a distância, as crianças não tiveram nenhum problema em ignorar o tempo. Mas, quando lhes foi pedido para julgar o tempo, elas mostraram dificuldade em ignorar a dimensão espacial do evento.

Os caracóis que se moveram por uma distância maior foram incorretamente apontados como tendo viajado por mais tempo.

Ou seja, as crianças utilizam a distância física para medir a passagem do tempo.

Tempo na linguagem e na mente

Na maioria dos idiomas ocidentais, é difícil falar sobre o tempo sem utilizar conceitos e palavras que se referem ao espaço. Todos entendem quando se fala sobre "reuniões curtas" ou "férias longas".

Será que a confusão das crianças é resultado do uso corrente de palavras que têm significados tanto espacial quanto temporal?

Para evitar essa confusão, os cientistas fizeram os experimentos com crianças gregas. Os gregos utilizam um tipo diferente de vocabulário espacial para o tempo, descrevendo o tempo como se ele se acumulasse em um espaço tridimensional, em vez de considerá-lo como se estendendo ao longo de um espaço linear.

Em grego, foi possível formular perguntas naturalmente, evitando palavras ambíguas, como "longo" ou "curto". Desta forma, as respostas das crianças não foram geradas por confusões superficiais no texto - elas refletem ligações conceituais profundas entre o espaço e o tempo.

Relatividade do tempo psicológico

Se o tempo é avaliado em relação ao espaço, será que nossa mente captura intuitivamente a mesma relação entre essas dimensões defendida pela física moderna?

"Einstein fez uma pergunta semelhante ao psicólogo infantil, Piaget", afirma Daniel Casasanto, do Instituto Max Planck de Psicolinguística, na Holanda, que fez a pesquisa juntamente com seus colegas das universidades Aristóteles de Tessalônica, na Grécia e Stanford, nos Estados Unidos.

"Mas é pouco provável que nossas intuições sobre o tempo sejam formadas por algo tão contraintuitivo quanto a relatividade de Einstein," afirma ele.

Ao contrário, esta pesquisa mostra uma relação diferente. Na física, o espaço e o tempo são teorizados como sendo mutuamente inseparáveis.

Na mente, no entanto, eles são separados de forma assimétrica. As crianças podem pensar sobre o espaço independentemente do tempo, mas parece que elas não podem conceituar tempo independentemente do espaço.