terça-feira, 7 de julho de 2015

José Agripino afirma que, em entrevista, Dilma apelou para 'vitimologia' Da Redação e Da Rádio Senado

O senador José Agripino (DEM-RN) comentou a entrevista concedida pela presidente Dilma Rousseff ao jornal Folha de S.Paulo, publicada nesta terça-feira (7). Em sua opinião, a presidente apela para a “vitimologia” em seu discurso e demonstra desrespeito às instituições ao classificar contestações ao governo como “golpistas”.
— A lei do prefeito, ou do governador, ou do deputado, é a mesma lei que deve reger o processo ao qual responda a presidente da República. Ela não pode se julgar acima das instituições. Ela não pode dizer ‘não vou sair’. Ninguém está falando que ela vai sair. O que ela não pode é deixar de responder aos inquéritos e às indagações que são feitas nas instituições, que são permanentes.
Agripino fez referência a processos em curso contra a presidente no Tribunal de Contas da União (TCU) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele disse acreditar Dilma classifica erroneamente essas instâncias como “luta política” e pediu à presidente que respeite as investigações.
Antes, em seu discurso, o senador também mencionou a seca no Nordeste que afeta principalmente a região do Seridó, no sul do Rio Grande do Norte. Agripino garantiu que a bancada federal do estado atuará junto aos órgãos federais competentes para cobrar atuação efetiva.
Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário