terça-feira, 30 de setembro de 2014

Udesc Lages oferece curso com professores da Itália

O Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Lages, está com inscrições abertas para o minicurso "Interações solo e planta envolvidas na nutrição mineral", que acontece em 1º e 2 de outubro, no Anfiteatro Caverna.
Podem participar estudantes de graduação, pós-graduação, professores e pesquisadores da área de ciência agrária e afins. O curso será ministrado pelos professores Stefano Cesco e Tanja Mimmo, ambos da Universidade Livre de Bolzano, na Itália.
Serão abordados temas como a disponibilidade de nutrientes na rizosfera, mecanismos de aquisição de nutrientes pelas plantas e métodos de estudos na rizosfera.
As inscrições são gratuitas e as vagas são limitadas. Os interessados devem enviar e-mail, informando nome completo, para luciano.gatiboni@udesc.com.br ou se inscrever pessoalmente na secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo ou ainda pelo telefone (49)2101-9241, das 13h às 17h.
Nesta quarta-feira, 1º, o curso ocorrerá das 8h30min às 12h e das 14h às 18h. Na quinta-feira, 2, a programação iniciará às 8h30min e encerrará às 12h.

Biblioteca Barreiros Filho terá Bienal de Cultura


Evento ocorre de 7 a 9 de outubro e está com agendamento aberto para escolas

foto/divulgação: Aline Rebequi/SMC

Bienal irá ocorrer na Biblioteca Barreiros Filho, no Estreito

Pela primeira vez em 58 anos, a Biblioteca Pública Barreiros Filho, no Estreito, será palco de uma Bienal de Arte e Cultura. O evento, que irá reunir simultaneamente diversas formas de cultura, irá ocorrer de 7 a 9 de outubro, das 9h às 16 horas.

O convite é aberto a todos: comunidade, visitantes, estudantes e professores, tanto da rede particular como da pública. Segundo a coordenadora da biblioteca, Fabi Celestino, a limitação do espaço torna necessário que todos agendem sua participação.

“Estamos agendando conforme o número de crianças que irão participar, bem como o dia escolhido”, disse.

Quem tiver interesse em levar sua turma pode entrar em contato pelo telefone (48) 3348-1068 ou pelo e-mail biblioteca.continente@gmail.com.

Programação para todos os gostos

Nestes três dias, a biblioteca irá oferecer atividades das mais variadas, como exposições, curtas-metragem, apresentação teatral, oficinas de arte e muito mais. Participe.
A biblioteca fica na rua João Evangelista da Costa, nº 1160, no Estreito.


Confira a programação

Dia 7 de outubro - terça-feira
Auditório
9h às 16h - Curtas variados - Literatura infantil (Parceria Sintracine)
Sala de dança
09h às 10h e das 14h às 15h – Vovó Chica e oficina infantil (Dilaine)
10h às 11h e das 15h às 16h – Oficina com reciclado
Tenda cultural
09h às 11h e das 14h às 16h – Apresentação Cultural e Aulinha
Sala 03
09h às 11h e das 14h às 16h – Teatro Pequeno Príncipe

Dia 8 de outubro - quarta-feira
Auditório
9h às 16h - Curtas variados - Literatura infantil (Parceria Sintracine)
Sala de dança
9h às 10h e das 15h às 16h: Festa na floresta com origami
10h às 11h e das 14h às 15h: Vovó Chica e oficina infantil
Tenda cultural
9h às 10h e das 15h às 16h: contação de histórias infantis
10h às 11h e das 14h às 15h - oficina de origami
Sala 03
09h às 11h - Vó Gi (estudo das cores com público infantil)
14h às 16h – Grupo Gratta – Brincadeira Perigosa

Dia 9 de outubro - quinta-feira
Auditório
9h às 16h - Curtas variados - Literatura infantil (Parceria Sintracine)
Sala de dança
9h às 11h - vovó chica e oficina infantil
14h às 16h - aulas de axí infantil
Tenda cultural
09h às 11h - oficina de artes
14h às 15h - grafitagem
15h às 16h - violinos da Associação Novo Alvorecer
Sala 03
09h às 11h e das 15h às 16h - teatro Pequeno Príncipe
14h às 15h - Grupo de Poetas Livres

Secretário confirma reforço de policiamento nas ruas e escolta a ônibus na Grande Florianópolis

 O secretário de Estado da Segurança Pública, Cesar Augusto Grubba, disse que as polícias Civil e Militar vão intensificar a atuação em pontos críticos e manter a escolta nos ônibus que circulam pela Grande Florianópolis. A decisão foi anunciada logo após uma reunião na tarde desta segunda-feira, 29, entre os integrantes da cúpula da segurança Pública do Estado e do governador em exercício, Nelson Schaefer.
A medida visa coibir a série de ataques a ônibus e a bases policiais registradas nas últimas horas na região da Grande Florianópolis. “A polícia está preparada e vai dar uma resposta rápida e efetiva para evitar novos ataques”, disse Grubba.
O secretário informou que há uma investigação em andamento mas que informações preliminares indicam que os ataques podem ser em função das ações policiais na repressão e combate ao tráfico de drogas, principalmente na Capital.
O balanço até o momento foi de quatro ônibus incendiados, 11 ataques, sendo o último na Base da Polícia Militar do Bairro Parque São Jorge, em Florianópolis.

Mau tempo adia Caminhada dos Idosos nesta terça


A atividade foi transferida para o dia 30 de outubro como encerramento da programação da terceira idade

foto/divulgação: Vanessa Silveira

Caminhada dos idosos será no dia 30 de outubro

Em virtude do mau tempo, a “Caminhada Pelos Direitos da Pessoa Idosa”, que aconteceria nesta terça-feira (30), no Largo da Catedral, foi adiada. A atividade foi transferida para o dia 30 de outubro, encerrando o Mês do Idoso.

As demais ações continuam confirmadas. Na próxima quarta-feira (01/10) será realizado o evento Idoso em Foco: Artes da Experiência, em que os participantes farão apresentações culturais de música, dança e teatro.

A programação está sendo desenvolvida pela Secretaria Municipal de Assistência Social juntamente com o SESC, confira:


1º e 2/10
Idoso em Foco: Artes da Experiência
Salão Principal do Lira Tênis Clube – Centro
14h
13/10
Encontro Cultural: Musical da Primavera
Sesc Florianópolis – Prainha
14h30
21/10
IX Festival de Ginástica e VII Festival de Dança para Idosos
Ginário do CEFID/UDESC Coqueiros
14h
21/10
Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa (inscrições limitadas)
Auditório da Secretaria do Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação – Centro
14h
23/10
Viver a Cidade, Envelhecer na Cidade – Palestrante: Prof. Dra. Andrea Holz Pfutzenreuter
Centro de Cultura e Eventos UFSC – Trindade
14h30
30/10
Caminhada Pelos Direitos da Pessoa Idosa
Largo da Catedral – Centro
9h30

Concluída parte da limpeza do rio Itacorubi


Trecho que vai do Canal Buriti até Avenida das Saudades retirou toneladas de material

foto/divulgação: Equipe SMO

Largura da margem do Rio Itacorubi passou para 17 metros

A Secretaria Municipal de Obras concluiu a primeira parte do desassoreamento do rio Itacorubi. O trecho inicial, que vai do canal Buriti até a avenida das Saudades, abrange uma área de aproximadamente 650 metros. A próxima fase do desassoreamento conclui o rio Itacorubi - indo até a rua João Pio Duarte - no Córrego Grande.

Toneladas de material foram retiradas e os resultados ficaram evidentes nas últimas chuvas.  A vazão das águas ficou constatada, tendo em vista que a largura das margens passou para 17 metros de extensão.

O secretário de Obras, Domingos Zancanaro, avaliou positivamente este primeiro momento do desassoreamento: “É um novo momento para toda a Bacia do Itacorubi, com melhor fluxo das águas, retirada de sedimentos e até recuperação de algumas espécies da fauna. Vamos concluir o rio Itacorubi para em seguida iniciarmos o rio Sertão, o que complementará o desassoreamento e trará benefícios para a comunidade da região”.

O investimento total no desassoreamento será de R$ 1,5 milhão, recursos do Governo Federal repassados pelo Ministério das Cidades. A estimativa é retirar na totalidade 75 mil metros cúbicos de detritos dos dois rios, trabalho que deve ainda se estender por oito meses e que está condicionado às licenças ambientais.

Terça-feira com nebulosidade e condições de chuvas em todo o Estado

A nebulosidade persiste em Santa Catarina nesta terça-feira, 30, com condições de chuva com raios e trovoadas desde cedo do Oeste ao Litoral Sul e nas demais regiões no decorrer do dia. Risco de chuva moderada a forte e temporal isolado com granizo, especialmente nas áreas mais próximas ao Rio Grande do Sul. Durante o dia, a previsão é de temperaturas em pequena elevação na maioria das regiões e registro de vento sudeste/nordeste, de fraco a moderado com rajadas.
REGIÃO: LITORAL NORTE  25ºC
 17ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu com muitas nuvens
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: PLANALTO NORTE  23ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Céu encoberto
Manhã: Céu encoberto
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  24ºC
 17ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Céu com muitas nuvens
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  24ºC
 17ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com muitas nuvens
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  25ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência SE/NW 10 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu encoberto
Manhã: Céu encoberto
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: LITORAL SUL  25ºC
 18ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Encoberto com chuva
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: PLANALTO SUL  19ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 15 Km/h 55 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Encoberto com chuva
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: MEIO OESTE  23ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Encoberto com chuva
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Encoberto com chuva
REGIÃO: OESTE  25ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Encoberto com chuva
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Nebulosidade variável e chuva isolada
REGIÃO: EXTREMO OESTE  24ºC
 18ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica SE/NW 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Encoberto com chuva
Tarde: Encoberto com chuva
Noite: Nebulosidade variável e chuva isolada

Radar Meteorológico de Lontras começa a abastecer Defesa Civil com imagens em tempo real

O Radar Meteorológico do Estado começou oficialmente nesta terça-feira, 30, a abastecer os sites da Defesa Civil e da Epagri/Ciram com imagens em tempo real. O novo serviço permitirá que a população também tenha acesso aos modelos produzidos pelo equipamento.

Foto: James Tavares/Secom

O lançamento da ferramenta foi realizado em ato da sede da Defesa Civil, em Florianópolis, na manhã desta terça-feira, com a presença do governador do Estado em exercício, desembargador Nelson Schaefer Martins; do secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Mortatelli; e do presidente da Epagri, Luiz Hessmann; entre outras autoridades.
O desembargador Schaefer apontou o início da transmissão das imagens como uma grande conquista para a proteção da população e das empresas de Santa Catarina na área de Defesa Civil. “Com este novo radar, teremos a previsão dos fenômenos climáticos para mais de 70% do território catarinense. Santa Catarina é um dos estados mais assolados pelas alterações climáticas na América Latina, temos enchentes, vendavais, granizos e outras situações que causam prejuízos à economia e, principalmente, à vida das pessoas. Com as imagens do radar, poderemos prever com tempo suficiente as situações mais relevantes, e as populações, as empresas e o Estado serão avisados em tempo para garantir a segurança de todos”, destacou o governador em exercício.
O secretário Moratelli lembrou que o radar soma-se a uma rede de informações já existente de previsão e gerenciamento de eventos adversos em Santa Catarina. “Com o novo radar, vamos ter muito mais segurança na informação para gerenciar nossas ações, como, por exemplo, retirar famílias de áreas de risco em caso de previsão de enchente”, explica.
O Radar Meteorológico
O equipamento, adquirido nos Estados Unidos e instalado na cidade de Lontras, no Vale do Itajaí, é resultado de R$ 10 milhões em investimentos do Governo do Estado, com recursos do Fundo Estadual da Defesa Civil (Fundec).
A cobertura do equipamento é de 77% do território catarinense. São 191 municípios monitorados pelo radar. Apenas parte do Sul e do Oeste ficaram sem cobertura, mas serão atendidos, nesse primeiro momento, por outros equipamentos de Estados vizinhos, por meio de uma parceria já existente.
Para o trabalho de monitoramento, a Defesa Civil de Santa Catarina conta com técnicos que passaram por uma formação junto aos profissionais que vieram dos Estados Unidos. Os meteorologistas da Epagri/Ciram também vão operar com as imagens. Elas são geradas automaticamente de Lontras para Florianópolis de forma remota, sem a necessidade de ter profissionais na torre do radar. O equipamento poderá prever, por exemplo, o volume de chuva, o risco de queda de granizo e outras ações do tempo.
O radar está instalado em um prédio de 25 metros (oito andares). A montagem do equipamento começou no primeiro semestre de 2014 e foi concluída em junho. Em julho, foram realizados os testes de envio das imagens.

Centro Histórico terá cabeamento subterrâneo


Melhorias da pavimentação e do mobiliário urbano também serão executadas

foto/divulgação: Petra Mafalda/PMF

Projeto preliminar foi apresentado ao prefeito

Técnicos do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf) apresentaram nesta segunda-feira à tarde ao prefeito Cesar Souza Junior o projeto preliminar de revitalização da região leste da praça XV de Novembro. Os estudos envolvem o embutimento da fiação elétrica e a melhoria da pavimentação e do mobiliário urbano do Centro Histórico da cidade.

A implantação de rede subterrânea de energia elétrica, cujo convênio entre a Prefeitura e a Celesc Distribuição já foi autorizado pelo governador Raimundo Colombo, abrange as ruas Antônio Luz, Tiradentes, João Pinto, Victor Meirelles, Fernando Machado, Saldanha Marinho, Nunes Machado e Travessa Ratcliff, num total de 1.670 metros.

As obras foram orçadas em R$ 8.754.817,17, sendo que os recursos serão provenientes do governo do Estado. A Celesc será a empresa responsável por executar os serviços de infraestrutura, tais como cabeamento e tubulação.

Já a melhoria da pavimentação do Centro Histórico implica na instalação de canaletas de drenagem e piso tátil, e na implantação de vias preferenciais para veículos, pedestres, ciclofaixas e calçadões. Enquanto as benfeitorias no mobiliário urbano correspondem à troca de sinalizações e luminárias.

Segundo o secretário do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Dalmo Vieira, as obras de revitalização fazem parte do conceito de humanização da cidade, partindo do pressuposto de que o Centro é a principal área de convivência do conjunto urbano.

O prefeito chama a atenção sobre o fato de que a implementação do cabeamento subterrâneo é importante para complementar a grande intervenção que a administração municipal está fazendo no Centro Histórico. Segundo ele, “muito mais do que as melhorias estéticas, irá propiciar maior segurança e confiabilidade ao suprimento de energia à Capital”.

Projeto técnico

A Secretaria de Obras, por sua vez, está finalizando o projeto técnico complementar ao projeto urbanístico do Ipuf.

Da reunião de apresentação do projeto preliminar de revitalização, ocorrido no gabinete do prefeito, além de Cesar Junior e de Dalmo, participaram o superintendente do IPUF, Dácio Medeiros, e representantes da Celesc, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Florianópolis e da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF). 

Casa de Câmara e Cadeia   

Vale lembrar que no último dia 18 o prefeito assinou a ordem de serviço para início da restauração integral do prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia de Florianópolis, além da construção de uma unidade de extensão e apoio. Tratam-se de obras de adequação da edificação datada de 1771, com vistas à implantação do Museu de História da Cidade.

O prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia, tombado pelo patrimônio histórico municipal, tem área total construída de 865,90 metros quadrados e é uma das três obras mais antigas e significativas da cidade.

Para a Prefeitura, a conclusão do restauro deste monumento histórico e a sua revitalização funcional, com a implantação do Museu de História da Cidade e sua ambientação no contexto do centro histórico de Florianópolis, favorecerá a dinâmica sociocultural e econômica da área central. Além disso, proporcionará a valorização e o fortalecimento da identidade histórica cultural da cidade.

Saúde tem programação voltada ao Outubro Rosa


Secretaria de Saúde realizará diversas atividades ao longo do mês para conscientizar a população

foto/divulgação: Divulgação

Outubro Rosa

Nesta quarta-feira, 1º de outubro, por volta das 19 horas, será dada a largada no Largo da Alfândega a mais um Outubro Rosa. O lançamento da campanha contará com apresentações de corais e a presença de diversas autoridades. Com o tema “Faça valer a lei dos 60 dias”, o movimento quer dar visibilidade à luta contra o câncer, destacando a importância do diagnóstico precoce.

Neste ano, a Secretária Municipal de Saúde (SMS), através do Programa Saúde da Mulher, assume parceria com a Associação Brasileira de Portadores de Câncer (AMUCC), para conscientizar e orientar a população sobre a importância da prevenção.

Ainda durante o mês de outubro, os Centros de Saúde (CS) da cidade irão distribuir materiais informativos sobre diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo de útero. Além disso, as agendas médicas estarão abertas para marcação de exames clínicos da mama, preventivo e mamografias.

Segundo a enfermeira Tatiana Fraga, coordenadora da Saúde da Mulher da SMS, a mamografia deve ser realizada como exame de rotina a cada dois anos, entre mulheres de 50 e 70 anos, mesmo que não sintam nada. "Já mulheres com mãe, irmã ou filha que tiveram ou têm câncer de mama, é necessário fazer o exame mais cedo, entre os 40 anos", explica.

Para alinhar a linguagem utilizada à população nesta campanha, foi realizada no último dia 22 a 3ª Capacitação de Agentes Comunitários de Saúde. No encontro, estiveram presentes 170 agentes, voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Florianópolis e membros da AMUCC.

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa tem como marca principal a iluminação de monumentos históricos com a cor rosa. Em Florianópolis, as luzes irão iluminar várias construções famosas a partir do dia 1º de outubro.

Cineclube da Udesc exibe melhores curtas da Mostra Infantil de Florianópolis nesta terça

Nesta terça-feira, 30, às 17h, o Cineclube Presença, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), exibirá os curtas-metragens catarinenses "O sumiço da coroa ", "Campeonato de pescaria" e "O mistério do boi de mamão", dirigidos ou produzidos por Luiza Lins.
Após a exibição, haverá um debate com a diretora sobre as obras. Ao longo de outubro, serão exibidos outros curtas do acervo da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que completou 13 anos em 2014.

As exibições do Cineclube da Udesc ocorrem sempre nas terças-feiras, no Estúdio Multimídia do Centro de Educação a Distância (Cead), da Udesc, em Florianópolis, com entrada gratuita.

Confira a sinopse dos filmes

Em "O sumiço da coroa" (de Chico Faganello e Marco Martins, ficção, SC, 2013, 13 min), a coroa, o principal símbolo da festa do Divino Espírito Santo, desaparece da Igreja da Lagoa da Conceição, em Florianópolis. Clara e Pedro começam a investigação para tentar recuperá-la, sob risco de a festa poder não acontecer.

Já "Campeonato de pescaria" (de Luiza Lins e Marco Martins, ficção, SC, 2009, 14 min) exibe uma aventura no litoral catarinense. A comunidade organiza um campeonato durante as férias para as crianças se divertirem, resgatando a emoção da pesca para os pequenos.

E, em "O mistério do boi de mamão" (de Luiza Lins, ficção, SC, 2006, 14min), uma aventura envolve um grupo de crianças, futebol e a brincadeira do boi de mamão na Lagoa da Conceição.
Sobre Luiza Lins

A catarinense Luiza Lins é diretora-geral da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, evento pioneiro de cinema exclusivo para crianças, e tem um extenso currículo na área da produção audiovisual.

Trabalhou como atriz no programa infantil Revistinha, da TV Cultura de São Paulo, e como produtora-executiva de vários documentários, entre eles "O Capitão Imaginário", premiado como o melhor filme ecológico do Brasil de 2002.

Lins foi produtora do programa A Escola TV, do Governo de Santa Catarina, e recebeu a Medalha de Mérito Cultural Cruz e Souza do Conselho de Cultura de SC em 2008 pelo trabalho feito na Mostra de Cinema Infantil, que já levou mais de 500 mil crianças de Florianópolis e do Estado ao cinema.

Em 2011, ganhou o Prêmio Pontinho de Cultura do Ministério da Cultura (Minc) pelo trabalho de divulgação e circulação de filmes infantis brasileiros por todo o País.

Atualmente, faz parte do grupo de trabalho do Minc para o desenvolvimento da cultura para a infância no País e é a produtora local da Mostra de Cinema e Direitos Humanos.

Sobre o projeto da Udesc

O Cineclube Presença iniciou suas atividades em 2012 e hoje faz parte do projeto Ciclo de Eventos e Publicações, que está ligado ao programa de extensão Formação Arte e Inclusão, do Centro de Educação a Distância (Cead) e do Centro de Artes (Ceart), da Udesc.

O projeto busca ampliar o repertório crítico e estético dos alunos de graduação, debater aspectos estéticos do cinema e possibilitar um encontro da comunidade com a universidade.

Da mesma forma, espera propiciar um ambiente para discussões relacionadas à cultura, à sociedade e à educação.

Serviço:

O QUÊ: Exibição dos filmes "O sumiço da coroa ", "Campeonato de pescaria" e "O mistério do boi de mamão", com a presença da realizadora Luiza Lins.
QUANDO: Terça-feira, 2, às 17h.
ONDE: Estúdio Multimidia da Udesc Cead, Avenida Madre Benvenuta, nº 1.907, Bairro Itacorubi, Florianópolis.
QUANTO: Evento gratuito

Florianópolis recebe projeto de cinema solar


Em circulação pelo Brasil, projeto Cinesolar promove duas sessões de cinema gratuitas utilizando energia captada do sol

foto/divulgação: Cinesolar

Veículo adaptado leva cinema sobre rodas

Um projeto cultural adota energia limpa e renovável para exibir filmes e divulgar arte pelo Brasil. Depois de passar por várias cidades, o Cinesolar, primeiro cinema móvel do país que funciona com energia captada do sol, chega a Florianópolis para realizar duas sessões gratuitas do longa-metragem ‘Colegas’, de Marcelo Galvão.

As atividades ao ar livre acontecem nesta quinta-feira (2), às 19 horas, na escadaria do Rosário, no Centro, e na sexta-feira (3), no mesmo horário, no Conselho Comunitário da Tapera, com entrada franca.

Patrocinado pela Genzyme, empresa farmacêutica do grupo Sanofi, o projeto já viabilizou a realização de sessões de cinema em Goiás Velho (GO), Brasília (DF) e alguns locais de São Paulo. Ainda estão na agenda passagens pelo Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, além do Festival Curta Brasília, que acontece na capital federal.

Em Florianópolis, a iniciativa conta com apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Fundação Franklin Cascaes e Universidade Federal de Santa Catarina.

Equipado com placas solares e um sistema conversor que transforma a energia solar em elétrica, o Cinesolar possui uma estrutura autossustentável. Além do telão para exibição de filmes, o veículo tem sistema de som, projeção, cabine para DJ e ainda carrega cadeiras para acomodar o público.

Desde o início das atividades, em maio, o cinema móvel foi visto por mais de 13 mil pessoas. Nas 90 sessões já realizadas, o projeto gerou uma economia de 220 mil watts, o equivalente a cerca de 400 horas de funcionamento ininterrupto de uma geladeira.

De acordo com Cynthia Alario, diretora da empresa Brazucah Produções e coordenadora do projeto, o Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis que podem beneficiar diversos segmentos, inclusive no campo do entretenimento, das artes e da cultura.

“Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, explica.

Serviço:
O quê: Sessão gratuita de cinema com o Cinesolar
Quando: quinta-feira, dia 2 de outubro, às 19 horas
 Onde: Escadaria do Rosário – Centro
          OBS: Em caso de chuva, a sessão será realizada na E.E.B Lauro Müller,
          na rua Marechal Guilherme, 134 – Centro
 Quanto: gratuito


O quê: Sessão gratuita de cinema com o Cinesolar
Quando: sexta-feira, dia 3 de outubro, às 19 horas
Onde: Conselho Comunitário da Tapera (anexo ao posto policial)
        OBS:  Em caso de chuva, a sessão será realizada no Salão Comunitário
         da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na rua Bernardino João
         Damásio nº 118, Tapera
Quanto: gratuito

Sinopse: Colegas (Direção de Marcelo Galvão)


Colegas é uma divertida comédia que aborda de forma inocente e poética coisas simples da vida através do olhar de três jovens com síndrome de Down apaixonados por cinema. Um dia, inspirados pelo filme Thelma & Louise, eles resolvem fugir no Karmann-Ghia do jardineiro (Lima Duarte) em busca de seus sonhos: Stalone quer ver o mar, Marcio quer voar e Aninha busca um marido pra se casar. Eles partem do interior de São Paulo rumo à Buenos Aires. Nessa viagem, enquanto experimentam o sabor da liberdade, envolvem-se em inúmeras aventuras e confusões como se a vida não passasse de uma eterna brincadeira.

Direção e roteiro: Marcelo Galvão
Elenco: Alex Sander, Alexandre Tigano, Amélia Bittencourt, Anna Ludmilla, Ariel Goldenberg, Breno Viola, Carlos Miola, Christiano Cochrane, Daniele Valente, Deto Montenegro, Elder Torres, Giulia de Souza Merigo, Juliana Didone, Leonardo Miggiorin, Lima Duarte, MarceloGalvão, Marco Luque, Maytê Piragibe, Monaliza Marchi, Nill Marcondes, Oswaldo Lot, Pedro Urizzi, Rita Pokk, Roberto Birindelli, Rui Unas, Simone Teider, Theo Werneck
Gênero: Comédia
Duração: 94 min
Classificação: Livre

Informações: www.cinesolar.com.br
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Kf07YeqMOtg

FAO lança o 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo em Florianópolis

Para incentivar e divulgar a colaboração da agricultura familiar no desenvolvimento econômico e social das comunidades, a Unidade de Coordenação de Projetos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (ONU/FAO) lança o 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo. Em Santa Catarina, o evento será realizado nesta quinta-feira, 2 , às 14h30min, no auditório da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, em Florianópolis.
O Prêmio irá distribuir R$ 54 mil em prêmios para as melhores reportagens sobre agricultura familiar publicadas em veículos de comunicação dos três estados do Sul – mídia impressa, digital e radiofônica. O regulamento do prêmio e as inscrições estão disponíveis no site www.premioagriculturafamiliar.jor.br.
Podem concorrer jornalistas com matérias publicadas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2014. Os trabalhos vencedores são escolhidos por uma comissão julgadora composta por jornalistas, técnicos e dirigentes indicados pela FAO. A premiação será em março de 2015, durante cerimônia em Curitiba (PR).
Em SC, a Unidade de Coordenação de Projetos da ONU/FAO conta com o apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina; Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca;Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri); Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc); Cooperhaf; Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (Fetaesc) e do Sindicato dos Engenheiros Agrônomos (Seagro-SC).

Dia do Turismo celebrado com city tour na Capital


Cerca de 70 pessoas participaram do evento gratuito promovido pela Secretaria de Turismo de Florianópolis e pelo Sebrae/SC

foto/divulgação: Floripa Pró-Turismo

City Tour por Florianópolis foi realizado pela manhã e tarde no dia 28.

Apesar da chuva que cobriu a cidade no último domingo (28), o city tour realizado para celebrar o Dia Mundial do Turismo foi um sucesso. A iniciativa faz parte do projeto Floripa Pró-Turismo e foi realizada pela parceria entre a Prefeitura Municipal de Florianópolis e o Sebrae/SC, com o apoio do Floripa by Bus, que fez o transporte dos participantes.

Os moradores da Capital puderam aproveitar o dia como turistas em sua própria cidade, conhecendo um pouco mais da história de pontos turísticos como o Mercado Público, a Alfândega, Praça XV de Novembro, Palácio Cruz e Souza e praias da Armação e Matadeiro, entre outros.

Histórias como a colonização açoriana na Capital e a extração do óleo das baleias, usado nas construções antigas, foram contadas aos participantes.

Cerca de 70 pessoas participaram do passeio e ficaram satisfeitas com a proposta, como conta Andreia Alberti “Show de passeio! Faça chuva ou faça sol, Floripa é sempre linda!”

A turismóloga Rafaella Cassaro Costa Biazin também aproveitou o dia como turista: “Muito bom poder comemorar o Título de Turismóloga e curtir a oportunidade que o Sebrae/SC e a Prefeitura proporcionaram junto ao Floripa by Bus Turismo, porque turismo não se faz só em dia de sol. Parabéns aos amigos desta profissão tão gratificante.”

Governo assina Ordem de Serviço para construção da Policlínica de Araranguá

O governador em exercício, Nelson Schaefer Martins, e o secretário adjunto da Saúde, Acélio Casagrande, assinam nesta quarta-feira, 1º de outubro, em Araranguá, a Ordem de Serviço para as obras da primeira das oito policlínicas que serão construídas em Santa Catarina. A solenidade está agendada para as 10h, no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Araranguá.  

Com 2,5 mil metros quadrados e atendimento em regime ambulatorial eletivo (adulto e infantil), a nova policlínica será construída nas proximidades do Hospital Regional de Araranguá. A obra, no valor de R$ 8,2 milhões, beneficiará a população do Extremo-Sul do estado com oferta de consultas e exames especializados. “Teremos médicos especialistas em neurologia, cardiologia, urologia, dermatologia, oftalmologia e otorrinolaringologista”, explica a gerente Regional de Saúde, Graziela Minatto de Souza.
O projeto prevê ainda salas de endoscopia, colonoscopia, raios-X, mamografia, teste ergométrico, ecocardiograma, ultrassom, farmácia, salas de exames, sala infantil, refeitórios e consultórios médicos.
 Agilidade
A Policlínica terá alta resolução em diagnóstico e métodos terapêuticos para diferentes especialidades médicas. Com isso, pacientes não precisarão mais se deslocar a outros municípios como Criciúma, Tubarão e Florianópolis em busca de atendimento médico e tratamentos.

“Araranguá será a primeira cidade do Estado a receber as instalações de uma policlínica com essa estrutura, o que trará agilidade nos atendimentos, pois no local o paciente realizará a consulta e sairá diagnosticado”, destaca o secretário de Desenvolvimento Regional de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt.
“As policlínicas terão papel fundamental no atendimento em Saúde, em todo o Estado. Os pacientes não precisarão mais se deslocar para outras cidades”, acrescenta o secretário Acélio Casagrande.
Investimentos
O investimento para a construção das oito policlínicas é de R$ 88 milhões. Cada uma custará R$ 11 milhões, incluindo as obras e os equipamentos. O processo de construção e aquisição de equipamentos para as policlínicas regionais está em fase de contratação.
As unidades de Araranguá, São Miguel do Oeste, Itapema e Mafra foram licitadas em abril. Em Mafra e Itapema as licitações foram desertas, por isso os processos estão sendo retomados. Em São Miguel do Oeste ainda não há contrato com as empresas vencedoras, e os processos das licitações das policlínicas de Tubarão, Caçador, Içara e Joinville encontram-se em fase de construção.

Comae irá participar de reunião de diretores


O Conselho Municipal de Alimentação Escolar irá destacar as funções e atividades do órgão

foto/divulgação: Divulgação

Conselho se reuniu com o secretário de Educação Rodolfo Joaquim Pinto da Luz.

Para auxiliar na fiscalização da qualidade dos produtos, a Secretaria de Educação conta com o Conselho Municipal de Alimentação Escolar, Comae. Membros do Conselho estarão presentes, no dia 23 de outubro, na reunião de diretores de unidades escolares para falarem sobre as atividades e funções do Comae. A presidente é Cléia Maria Inácio e a vice-presidente Lializ Curcio Muzzi.

O setor acompanha a trajetória dos gêneros alimentícios, desde a aquisição até a distribuição nas unidades educativas. É sua atribuição também incentivar a realização de campanhas educativas a respeito da higiene dos produtos. O COMAE avalia ainda a aplicação de recursos vindos do Fundo Nacional de Alimentação Escolar (FNDE).

São também integrantes do Conselho: Graciela Fernández, Michele de Castro, Ana Cláudia Soares, Mara Andréa Pedrozo, Giordâne Gabriel Kormer, José Roberto Tillman e Neuseli Maria Sardanha.

Saúde participa do Movimento Outubro Rosa com bons índices e ações de prevenção

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) adere ao Movimento Outubro Rosa este ano com dados positivos de diminuição do tempo de espera para realização de mamografia em mulheres com idade a partir dos 40 anos. Além disso, o Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon) tem o menor tempo comparado com o restante do país para o início do tratamento com radioterapia. O paciente leva, em média, dez dias para começar o tratamento. A média nacional é de 100 dias.
Com o slogan “Outubro Rosa, um mês para ser lembrado o ano inteiro”, a SES, em parceria com os municípios, realiza ações voltadas ao diagnóstico precoce do câncer de mama e a prevenção do câncer do colo do útero. No dia 1º de outubro, a secretária de Estado da Saúde, Tânia Eberhardt, entregará bottons da campanha aos funcionários da SES, dando início à programação em todo o Estado. A madrinha do Outubro Rosa deste ano, a jornalista Luiza Gutierrez, e as representantes da Associação da Mulher Catarinense portadora de Câncer também entregarão broches aos servidores da Saúde, nessa quarta, 1º.
A secretária explica que o Estado ampliará ainda mais o diagnóstico precoce e o tratamento para as mulheres com neoplasia de mama e colo uterino dentro da rede pública de saúde. “Estamos trabalhando em conjunto com os municípios para garantir maior acesso do público feminino ao diagnóstico e prevenção desses tumores não só no mês de outubro, mas no ano inteiro”, ressalta a secretária.
SC realiza mamografias em mulheres com idade entre 40 e 69 anos, diferente do que recomenda o Ministério da Saúde (a partir dos 50 anos), contribuindo para uma maior resolutividade no diagnóstico precoce do câncer de mama. Em 2011, foram realizadas quase 210 mil mamografias. Em 2012, esse número cresceu para 227,6 mil. E em 2013, foram feitos 238 mil exames.
O aumento no número de mamografias contribuiu para a diminuição do tempo de espera. Em todo o Estado, as mulheres aguardam menos de um mês para fazer o exame. Apenas na região de Blumenau há pacientes que esperam pouco mais de um mês pela mamografia.
Radioterapia é referência no país
O Cepon também está fazendo a sua parte com procedimentos de cirurgia, radioterapia, hormonioterapia e quimioterapia. Com a implantação do terceiro turno para os tratamentos com radioterapia, em fevereiro deste ano, a instituição reduziu o número de pacientes na fila de espera e também o prazo para o início desse tipo de procedimento, que passou de 70 para 10 dias, superando a média nacional, que é de 100 dias.
Câncer de Mama
Neste ano, em Santa Catarina, estima-se que sejam diagnosticados 6.730 novos casos novos de câncer em mulheres, excluídos os de pele não melanoma. A taxa de incidência é de 208,6 casos para cada 100 mil mulheres. Em 1º lugar está o câncer de mama, com 57,4 casos para cada 100 mil mulheres, segundo os dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) de 2014.
Em 2012, o câncer de mama foi o tumor com maior taxa de mortalidade, com 15,3 óbitos por 100 mil mulheres, entre os tipos de tumores que atingiram as mulheres catarinenses, de acordo com a pesquisa do DATASUS de 2014.
As ações de diagnóstico precoce do câncer de mama incluem exame clínico das mamas anualmente, a partir dos 40 anos, e também a realização de mamografias por rastreamento, que é o exame solicitado para mulheres da população-alvo (com idade entre 50 e 69 anos) sem sinais e sintomas de câncer de mama, como orienta o Ministério da Saúde. Em SC, a mamografia para rastreamento é feita a partir dos 40 anos. Para as mulheres de grupos populacionais considerados de risco elevado para câncer de mama (com história familiar de câncer de mama em parentes de primeiro grau), recomenda-se o exame clínico da mama e a mamografia, anualmente, a partir de 35 anos.
Sinais de Alerta
De maneira resumida, cinco alterações devem chamar a atenção da mulher:
• Nódulo ou espessamento que pareçam diferentes do tecido das mamas;
• Mudança no contorno das mamas (retração, abaulamento);
• Desconforto ou dor em uma única mama que seja persistente;
• Mudanças no mamilo (retração e desvio);
• Secreção espontânea pelo mamilo, principalmente se for unilateral.
Câncer do Colo Uterino
Até o final de 2014, no Brasil, são esperados 15.590 casos novos de câncer do colo do útero. No país, é o terceiro tipo de câncer em incidência, e o quinto  mais freqüente na Região no Sul, com 16 casos para cada 100 mil mulheres.
O exame do colo do útero (Papanicolau) é, até o momento, o mais efetivo para o diagnóstico das lesões precursoras, sendo utilizado internacionalmente no rastreamento deste câncer. De acordo com a estratégia do MS, ele é oferecido às mulheres de 25 a 64 anos de idade que já iniciaram a vida sexual.  No Estado, existem 1.724.935 mulheres pertencentes a esse grupo.
Neste ano, o MS implementou mais uma ação para a prevenção do câncer do colo do útero, a vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV).  Agora, toda menina de nove a 13 anos tem direito à vacina tetravalente, que protege contra dois principais tipos oncogênicos de HPV (16 e 18). Com exceção do câncer de pele, esse tumor é o que apresenta maior potencial de prevenção e cura, quando diagnosticado precocemente. 
Tratamentos do câncer de mama e do colo uterino no Cepon
O Cepon tem ampla cobertura no tratamento do câncer de mama. A unidade realiza cerca de 15 cirurgias por semana. Para complementar o tratamento cirúrgico, é utilizada a hormonioterapia (com tamoxifeno ou anastrozol) ou a quimioterapia.
De acordo com a diretora do Cepon, Maria Tereza Schoeler, há também experimentos de última geração para a radioterapia pós-operatória, indicada em alguns casos. Além disso, o Centro Oncológico realiza terapia-alvo com transtuzumabe em pacientes com HER2 positivo, forma agressiva de câncer de mama.
Em média, o tempo de duração do tratamento do câncer de mama é de quatro a seis meses. Mas há casos em que pode durar anos. “No Cepon, 70% das mulheres que receberam tratamento para o câncer de mama estão vivas, o que é um número excelente comparado com países desenvolvidos, como Inglaterra e Canadá”, explica Maria Tereza.
Em relação ao câncer de colo uterino, o Cepon trata com cirurgia, radioterapia e quimioterapia. As pacientes têm acesso à melhor tecnologia na radioterapia, por meio do planejamento conformado e da braquiterapia de alta taxa de dose. Isto possibilitou um tratamento mais eficaz e com menos toxicidade.
No entanto, a arma mais importante no combate ao câncer de colo uterino é a prevenção. O exame Papanicolau está disponível na rede básica de saúde e por meio da Rede Feminina de Combate ao Câncer.
Tratamento descentralizado
Outra unidade pública estadual que se destaca no atendimento das pessoas com câncer é o Hospital Tereza Ramos, em Lages.  A unidade é referência em radioterapia e quimioterapia para aproximadamente 800 mil habitantes das regiões do Meio-Oeste e Alto Vale catarinense. A Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) de Lages, que funciona no Tereza Ramos, é a porta de entrada para atendimentos oncológicos, realizando também triagem para consultas ambulatoriais. Além das cirurgias oncológicas, os medicamentos são desenvolvidos pelos próprios farmacêuticos do hospital.
Mutirão de Cirurgias Eletivas Femininas
Lançado em 8 de março desse ano, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Mutirão de Cirurgias Eletivas Femininas realizou 1.744 intervenções procedimentos. Esse número representa um aumento de 80% em relação ao mesmo período do ano passado, quando esses procedimentos faziam parte do pacote de cirurgias eletivas gerais. Para realizar as cirurgias já foi investido R$ 1,6 milhão.
O volume maior foi de cirurgias de útero, trompas e ovários, com 1.356 intervenções entre os meses de abril e julho deste ano. A meta da SES é realizar 4,5 mil cirurgias anuais. Até o momento, 41 unidades hospitalares em todo o Estado assinaram o termo de adesão ao programa para realizar 96 diferentes cirurgias. Os hospitais que participam do mutirão recebem um incentivo de R$ 500 por procedimento - R$ 100  a mais do que é pago no mutirão geral.