terça-feira, 7 de julho de 2015

Polícia Civil obtém sequestro de R$ 1,3 milhão de investigados por lavagem de dinheiro

A Polícia Civil, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), obteve através de representação por Medidas Assecuratórias de Bens, Direitos e Valores na 1ª Vara Criminal de Itajaí, o sequestro de três imóveis localizados na cidade de Itajaí, além de quatro veículos e diversos equipamentos de áudio e iluminação profissionais de uma sociedade empresarial, um valor total de R$ 1,3 milhão.

Os envolvidos serão indiciados por crime de lavagem de dinheiro. O trabalho investigativo, desenvolvido pela equipe do Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro (LAB-LD/DEIC), constatou que esses bens foram adquiridos como proveito do crime de tráfico de drogas. Segundo as investigações, os bens, em sua grande maioria, estão em nome de “laranjas".

Após análise das quebras de sigilo bancário e fiscal das pessoas físicas e jurídicas envolvidas, será representado ao Poder Judiciário pelo perdimento em favor do Estado de todos os bens, móveis e imóveis, que sejam produtos dos crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Foi cumprido mandado de busca e apreensão na última sexta-feira, 3, de todos os equipamentos da sociedade empresária, os quais, em razão do sequestro deferido judicialmente, estão impossibilitados de serem comercializados. A diligência de busca e apreensão contou o apoio da Divisão de Furtos e Roubos de Veículos da DEIC, Divisão de Roubos e Antissequestro (DRAS) da DEIC e Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí. Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181.

Nenhum comentário:

Postar um comentário