terça-feira, 7 de julho de 2015

Casan anuncia Plano de Ação por Caçador

Líderes comunitários, empresariais e políticos conheceram nesta segunda-feira, 6, o Plano de Ação por Caçador, levado pela Casan à cidade. O Plano é um conjunto de ações que serão iniciadas imediatamente após a assinatura do novo Contrato de Programa entre a prefeitura e a empresa.

Em reunião na Câmara de Vereadores, no início da tarde, e na Associação Empresarial (ACIC), no final da tarde, o presidente da Casan, Valter Gallina, mostrou os investimentos previstos para o município de forma imediata, a curto, a médio e a longo prazos.
Tão logo seja assinado o Contrato de Programa, a Casan inicia a substituição de mais de mil hidrômetros antigos. Outros quatro mil hidrômetros deverão ser substituídos assim que for licitada uma empresa para gerir a operação de substituição. Também está em fase final de negociação a instalação de macromedidores na cidade, o que deve ser realizado por uma empresa da região que já deu sinal positivo para assinar contrato.

Num prazo não superior a 90 dias serão licitadas a conclusão da ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) e da nova captação de água bruta, obras requisitadas há anos pelo município. "Estamos aqui para anunciar investimentos imediatos", disse o Presidente Gallina nas duas reuniões. "Reconhecemos o passivo da Empresa para com a cidade e por isso também estamos correndo contra o tempo. Não queremos fazer promessas, mas anunciar início de obras e lançamentos de licitação."

O Plano de Ação prevê ainda o repasse imediato de R$ 5 milhões à prefeitura para repavimentação de ruas danificadas em função de consertos ou obras de saneamento. Ainda em julho deverá ser licitada a obra para o Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade, num valor de R$ 40 milhões para a primeira etapa.

Gallina esteve na cidade acompanhado do deputado estadual Valdir Cobalchini, morador de Caçador. "Empenho o meu prestígio político nesse Plano", disse o parlamentar, pedindo à vice-prefeita Luciane Pereira, aos vereadores e aos líderes empresariais e comunitários um voto de confiança. "A Casan quer a oportunidade de poder fazer todos estes investimentos na cidade, que começam desde já com um aporte de R$ 60 milhões em água e esgoto".

A vice-prefeita, que representou o prefeito Beto Comazzetto na reunião na Câmara, se disse surpresa favoravelmente com o detalhamento do Plano apresentado, que faz projeções até o ano 2050 inclusive mas sem deixar de fazer um cronograma a curto prazo. Ela cumprimentou o corpo técnico da Casan e se mostrou favorável à assinatura do Contrato de Programa diante das condições propostas. O presidente da Câmara, vereador Flavio Henrique dos santos, disse sair dos dois encontros de forma mais consistente, pois a presença da Diretoria da Casan na cidade "serviu para os cidadãos, enfim, conhecerem o que está em debate de maneira detalhada."

O presidente da Associação Empresarial, Henrique Luis Basso, também pediu que a cidade aposte no plano de investimento que ele conheceu nesta segunda na sede de sua entidade. "Vamos ter a oportunidade, até porque está estabelecido em contrato, de cobrar o que está contido no documento e, se for o caso, rever esta parceria", sugeriu o anfitrião do segundo encontro do dia. "Os números mostram investimentos expressivos, cuja oportunidade a economia de Caçador não tem o direito de querer desperdiçar."

O Plano de Ação por Caçador pode ser acessado pelo site www.casan.com.br/plano

Nenhum comentário:

Postar um comentário