terça-feira, 7 de julho de 2015

Em Brasília, governador Colombo busca parceria para construção de viaduto em Araquari, no Norte do Estado

O governador Raimundo Colombo participou na manhã desta terça-feira, 7, em Brasília, de audiência com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, para tratar do projeto de construção de um viaduto em Araquari, no Norte do Estado, e do acompanhamento das ações do programa de concessões de rodovias do governo federal.

Foto: Jaqueline Noceti/Secom
>>> Mais imagens na galeria de fotos
O viaduto de Araquari beneficiaria a região industrial do Norte do Estado, cortada pela BR-101, em trecho administrado pelo Autopista Litoral Sul. O projeto foi apresentado pela BMW, uma das companhias com sede na cidade. O valor previsto para a obra é de R$ 14 milhões, além das indenizações para as desapropriações necessárias. O governador Colombo explicou que a obra beneficiaria uma série de empresas locais, que têm planos de expansão, e garantiria mais segurança para a população. A diretoria da ANTT sinalizou positivamente com a liberação dos recursos, incluindo a obra no atual pacote de concessões.
"O projeto está pronto e aprovado e a ANTT concorda com a execução da obra. Agora, nós temos apenas que fazer uma documentação para a parte burocrática, com a comprovação do conjunto de empresas e de pessoas atendidas. Acredito que até o final do ano essa obra já poderá estar em curso. É uma importante conquista para a região. Muitas fábricas se instalaram ali, aumentando o fluxo de veículos. O novo viaduto vai garantir segurança para toda a comunidade", destacou Colombo.
Representantes da diretoria da BMW também acompanharam a reunião na ANTT. Desde a inauguração oficial, em outubro de 2014, a unidade de Araquari já produziu 8,5 mil carros. Hoje, está com uma produção média de 60 carros por dia. Conta com 600 funcionários, sendo 450 deles na área de produção. Até o final deste ano, outros 200 devem ser contratados e treinados para novos setores da fábrica.
Resultado de investimentos de R$ 600 milhões, a fábrica de automóveis da BMW em Santa Catarina é a única do grupo na América Latina e a 29ª unidade fabril da empresa no mundo. Com uma área construída de aproximadamente 500 mil metros quadrados, a unidade produtiva contempla as atividades de montagem, soldagem, sistemas de pintura e logística, além de prédios administrativos e auxiliares. Da fábrica catarinense, poderão sair até 32 mil carros por ano, quantidade que pode ser aumentada no futuro, conforme a evolução do mercado.

Programa de concessões

No encontro desta terça, a equipe técnica da ANTT informou que será realizada nas próximas semanas a audiência pública sobre a concessão do trecho conhecido como Rodovia do Frango, que deverá ser o primeiro leiloado dentro do programa federal de concessões anunciado em junho deste ano.

O trecho abrange quase 500 quilômetros entre Santa Catarina e Paraná, ligando as rodovias BR-476/153/282/480. O projeto de duplicação vai desde o município de Lapa (PR) até divisa de SC com o RS, passando também por Chapecó, no Oeste Catarinense. Trata-se de uma importante via de escoamento para os portos da produção de carne da agroindústria do Sul do país. O investimento previsto é da ordem de R$ 4,5 bilhões.
Também acompanharam a audiência o secretário-executivo de Articulação Nacional, Acélio Casagrande; e a secretária-adjunta Lourdes Martini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário