quinta-feira, 8 de março de 2018

Em reunião com Temer, Greca propõe criação de muralha digital



A criação de uma muralha digital, por meio do videomonitoramento em pontos-chave da cidade, foi um dos temas centrais apresentados pelo prefeito Rafael Greca ao presidente da República, Michel Temer, em Brasília, nesta quarta-feira (7/3). 
A iniciativa integra o conceito de cidade inteligente (smart city) e pode ser implementada com recursos do governo federal, que sinalizou aos prefeitos reunidos em Brasília a possibilidade de uma linha de financiamento, via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para aquisição de itens de segurança: serão R$ 42 bilhões para a área da segurança pública até 2022, dos quais cerca de R$ 10 bilhões para os municípios.
“Isso é bom se nos permitir criar uma muralha digital nas cidades brasileiras", disse Greca. "Por exemplo, proteger Curitiba com a instalação de câmeras de segurança que tenham sistema de reconhecimento de placa e de face nos terminais e nas entradas da cidade”, explicou. A intenção é integrar, ainda, câmeras do setor privado com radares e lombadas eletrônicas (também dotados de reconhecimento de placas – OCR).
Além disso, o prefeito disse que Curitiba tem interesse em utilizar drones para a área da segurança, de forma similar a São Paulo, para levantamento de informações. Greca falou ainda sobre a necessidade de reforço no patrulhamento das polícias Federal e Rodoviária Federal nas estradas e fronteiras e a implantação do mapa do crime online, compartilhado com os municípios.
No encontro com Temer, o prefeito destacou a importância da preparação de operações conjuntas e da integração com instituições policiais do Estado e União, uma visão de gestão defendida por Curitiba. Nos últimos meses, ações em praças, na região central da cidade e de prevenção a crimes no transporte coletivo foram deflagradas em parceria com as polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal.
A necessidade de análise de alteração de legislação específica para que as Guardas Municipais possam receber armas de calibre restrito, doadas por órgãos de segurança pública, foi outro ponto levantado por Greca. “E, para criar vínculo maior entre estado e município, sugerimos a participação do Poder Judiciário, Ministério Público e Tribunais de Contas, por meio de gabinetes de gestão integrada (câmaras temáticas)”, acrescentou Greca.
Defesa Social
O secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, também está em Brasília, participando de reuniões em busca de recursos e parcerias com órgãos federais. Na Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Rangel conversou com o titular da pasta, general Carlos Alberto Santos Cruz, sobre a alteração do armamento utilizado atualmente pelo efetivo da Guarda.
“É de grande interesse da Guarda Municipal de Curitiba abandonar o calibre 380 e adotar o de calibre 40, o mesmo utilizado pelas polícias civis e militares de vários estados, o que depende de alteração de um decreto presidencial”, explicou ele.
Rangel discutiu novas ações e parcerias na Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad) e a implantação de um centro de comando e controle para a Defesa Civil na Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.
No dia 21, o secretário Rangel vai participar de nova reunião com o ministro da Segurança Pública.

Reciclagem do lixo em Curitiba é destaque em simpósio da Unesco




Os programas municipais de reciclagem do lixo Câmbio Verde e Ecocidadão receberam elogios de especialistas internacionais em educação ambiental. Um grupo - formado por 20 representantes de universidades e instituições de todo o mundo - visitou núcleos dos programas na CIC, nesta quarta-feira (7/3). A passagem por Curitiba faz parte da programação de um simpósio da Unesco em Curitiba, com duração de três dias.
A longa história da cidade em termos de desenvolvimento sustentável motivou a vinda, segundo o chefe da Seção de Educação para Desenvolvimento Sustentável da Unesco, Alexander Leicht. “Poder público e população já fizeram vários esforços neste sentido, então procuramos conhecer algumas destas experiências”, explicou Leicht, natural da Alemanha.
As visitas técnicas têm o objetivo de entender como iniciativas para sustentabilidade impactam a vida das comunidades beneficiárias. “Os projetos funcionam muito bem e é interessante ver como estão organizados, assim como o apoio da Prefeitura para seu funcionamento”, comentou.
No barracão do Ecocidadão, os visitantes visualizaram todo o processo do tratamento do lixo, desde a separação até a prensa, e tiraram dúvidas sobre o formato de comercialização. O trabalho com a reciclagem é uma forma de educar as pessoas sobre problemas ambientais, afirmou Leicht. “É interessante ver como essas iniciativas podem ter um impacto na mentalidade das pessoas."
O Câmbio Verde chamou atenção do francês Louis Albert De Broglie, especialista em educação ambiental, ciências naturais e planejamento urbano. “É um programa fantástico”, comentou. “A combinação de trabalho com o lixo e a troca por alimento traz muito mais respeito à comida”, analisou De Broglie, representante da instituição Deyrolle, de Paris.
As visitas foram conduzidas pela gerente de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Leila Maria Zem, que fez uma apresentação sobre os detalhes técnicos e históricos dos programas.
“Podemos passar um pouco da experiência do que estamos desenvolvendo em Curitiba”, disse. Leila destacou que a passagem de profissionais de grande conhecimento ajuda a alinhar programas locais à agenda de organismo internacionais. “Suas perguntas foram muito pertinentes e de alto nível técnico, foi muito produtivo”, avaliou.
Câmbio Verde
Além de incentivar a separação de resíduos e a destinação correta dos recicláveis, o Câmbio Verde tem como objetivo melhorar a qualidade da alimentação dos curitibanos beneficiados. Cada quatro quilos de lixo vale um quilo de frutas e verduras. Óleos vegetal e animal também podem ser trocados: cada dois litros de óleo vale um quilo de alimento.
Em setembro do ano passado, mais 250 pessoas passaram a ser atendidas pelo programa, com a inclusão de um ponto na Vila Portelinha. Ao todo, são atendidas, em média, 7 mil pessoas por mês e coletadas 350 toneladas de recicláveis. A quantidade de alimentos chega a 100 toneladas por mês.
Ecocidadão
Lançado em 2007, o programa Ecocidadão visa a melhoria da qualidade de vida dos catadores de material reciclável da cidade e fortalecer a rede de coleta e separação de materiais recicláveis e reutilizáveis.
Cada associação participante recebe remuneração conforme a quantidade de material recebido, valor que é utilizado para suprir as despesas. O lucro vem da venda dos materiais separados nos barracões

Nova linha do ligeirão terá oito paradas entre o Santa Cândida e Água Verde


No trecho de aproximadamente 11 quilômetros entre o Terminal Santa Cândida e a Estação Bento Viana, na divisa dos bairros Água Verde e Batel, a nova linha do Ligeirão Norte-Sul terá oito pontos de embarque e desembarque. A linha entrará em funcionamento em 28 de março, quando começam a circular os novos biarticulados.
Vindo do norte em direção à Praça do Japão, o ligeirão terá como pontos de parada os terminais Santa Cândida, Boa Vista e Cabral e as estações Passeio Público, Central (Praça Santos Andrade), Eufrásio Correia, Oswaldo Cruz e Bento Viana.
Com o funcionamento do novo ligeirão, a estimativa é de que as viagens no percurso entre o Terminal Santa Cândida e a Estação Bento Viana, e vice-versa, levem entre 20 e 25 minutos. É quase a metade do tempo gasto pelos biarticulados que atualmente fazem o percurso e que param em 16 estações.
A nova linha atenderá a cerca de 36 mil passageiros por dia. “O ganho de tempo ocorre porque o Ligeirão terá metade dos pontos de paradas da linha convencional Santa Cândida-Capão Raso”, explica o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.
O ligeirão Norte-Sul, nesta primeira etapa, também dará uso à infraestrutura de ultrapassagem que está pronta há quatro anos, ao longo de 11 quilômetros de canaletas com obras de pavimentação, reforma das estações e semaforização e na qual foram investidos R$ 16 milhões em recursos públicos.
Segunda etapa
O prefeito Rafael Greca determinou a extensão da linha até o Capão Raso. Para a execução da segunda etapa, o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Ippuc) conseguiu aprovar com a Caixa Econômica Federal cinco projetos, no total de R$ 15 milhões, para as obras de ultrapassagem nas estações Silva Jardim, Dom Pedro I, Morretes, Carlos Dietzsch (Igreja do Portão) e Itajubá. A Prefeitura aguarda a liberação do recurso para começar licitar as obras.
A partir da execução das obras que permitam a ultrapassagem pela canaleta no eixos da Avenidas República Argentina e, posteriormente, Winston Churchill, os ônibus deixarão de contornar a Praça do Japão, seguindo aos Terminais do Portão, Capão Raso e Pinheirinho, este último completando a ligação Norte-Sul.

Curitiba é convidada para mobilização nacional a favor da segurança pública



A capital paranaense pode ganhar um reforço nacional na segurança pública. O assunto foi tema da reunião que o prefeito Rafael Greca participou, nesta quarta-feira (7/3), em Brasília. O presidente Michel Temer recebeu prefeitos das 26 capitais brasileiras para falar sobre o assunto. A intenção é criar uma mobilização nacional em favor da segurança pública.
O governo federal pretende abrir uma linha de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES), com juros de 0,9% ao ano, para que as cidades comprem equipamentos e reforcem a segurança. “A reunião foi proveitosa, porque o governo federal pela primeira vez abre a discussão sobre a segurança pública para as cidades”, disse Greca.
Os recursos, segundo o prefeito, poderiam ser usados para criar uma “muralha digital” nas cidades, com o uso de câmeras, redes sociais e outras tecnologias. Seria possível fazer o reconhecimento de placas de veículos e de faces de criminosos nos terminais, nas entradas das cidades.
O secretário da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, e o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, acompanharam o prefeito na reunião em Brasília. Agora será criado um grupo para estudar como a Prefeitura poderá aderir ao plano do governo federal e quando isto será feito.
“Eu saio satisfeito da reunião. Ninguém mora em Brasília apenas, ou só no governo federal, todo mundo mora nas cidades. Quando a União olha para as cidades começa a olhar para o Brasil”, definiu 

Mulheres são quase metade dos microempreendedores individuais de Curitiba



Rosicler Deresch, 50 anos, é referência na Fazendinha quando o assunto é beleza. Há 20 anos, ela vem conquistando uma clientela fiel em busca dos seus cortes, escovas e colorações. A cabeleireira, que comanda um salão na Rua Pablo Picasso, em frente à UPA e à Rua da Cidadania do bairro, é um exemplo do avanço das mulheres no empreendedorismo de Curitiba. Hoje, elas representam 49% dos 78 mil microempreendedores individuais (MEIs) da capital.
“A cidade conta, atualmente, com 38,2 mil microempreendedoras individuais. Em alguns setores, elas são maioria, representando 78% na atividade de cabeleireiro, 79,5% na de pequeno varejo de vestuário e acessório e até 96,3% em outros segmentos de tratamento de beleza, como manicure e depilação”, conta Letícia Justus, coordenadora dos Espaços Empreendedor, unidades da Prefeitura que oferecem serviços gratuitos para os MEIs. Outras áreas com grande atuação de mulheres MEI são treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial (52,8%) e atividades de ensino (55,8%).
De acordo com Letícia, o avanço das mulheres no empreendedorismo local tem sido importante. “Boa parte delas tem o próprio negócio como objetivo, mas há também uma parcela significativa de mulheres que buscam se tornar MEI por necessidade e acabam ‘se encontrando’ como empreendedoras”, salienta a coordenadora dos espaços vinculados à Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.
Letícia reforça que, nas oito unidades da Prefeitura (www.agencia.curitiba.pr.gov.br/espaco-empreendedor), todos os serviços de apoio aos MEIs são gratuitos, como a formalização ou encerramento da empresa, a emissão de alvará e a realização da declaração anual. Além disso, a pessoa pode obter informações contábeis do negócio, como débitos em aberto e formas de quitação.
Uma cooperação técnica entre a Agência Curitiba e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Paraná (Sebrae/PR) também garante aos MEIs a oferta de consultorias de profissionais em gestão do negócio. “Essas consultorias oferecidas aos MEIs formalizados são customizadas, pois levam em conta as peculiaridades do negócio de cada microempreendedor individual, inclusive, se é uma mulher, que muitas vezes trabalha em casa e tem tripla jornada de trabalho”, explica Letícia.
Vários papéis 
Mãe, esposa e MEI. Para cumprir todos estes papeis, é preciso ter muita disciplina. “Além de trabalhar no salão, ainda sou artista plástica e cuido da casa, do meu marido e dos meus dois filhos”, conta Rosicler Deresch, dona do Salão Toke Mágico, na Fazendinha.
De acordo com ela, a rotina, muitas vezes é estressante, mas vale a pena. “As mulheres têm que ir pra cima mesmo, encarar os desafios e conquistar espaço. Só é preciso mesmo ter muito cuidado com os horários”, aconselha a microempreendedora individual. Ela acorda às 5h30 da manhã para preparar o café para a filha ir à escola e só vai dormir por volta da meia noite, após cuidar dos afazeres da casa e de relaxar criando algumas peças em seu pequeno ateliê.
A diarista Elena Maria Barbosa, 44 anos, procurou há seis meses um dos Espaços Empreendedor para se formalizar como MEI, sistema simplificado de criação de empresa em que é possível ter CNPJ e benefícios como aposentadoria e auxílios doença e maternidade.
Mais tranquila agora com a formalização e as garantias previdênciárias, ela se desdobra para atender os clientes e ainda cuidar da casa e dos filhos Valdir, 22 anos, e Pedro, 4 anos. “A gente tenta fazer tudo com perfeição e ser muito correta com os horários. Mas é preciso aprender a dividir algumas tarefas”, observa Elena, que em meio ao trabalho, das 8h às 17h, corre para buscar o filho mais novo no CMEI Marechal Rondon, na CIC, e ainda precisa arrumar a casa e cuidar das refeições da família à noite. “É muito trabalho todo dia, mas eu estou lutando para oferecer um futuro para os meus meninos”, ressalta ela.

Dicas para microempreendedoras:
Trabalhar como MEI em casa ajuda a reduzir custos com a empresa e, no caso das mulheres, facilita o dia a dia, por conta dos afazeres domésticos e com os filhos. Essa escolha, no entanto, pode causar alguns riscos. A seguir, cinco dicas de Letícia Justus, coordenadora dos Espaços Empreendedor, da Prefeitura, para evitar problemas:  
1 - Não é folga: avise aos familiares que é trabalho, mesmo sendo na residência. Não dá para ficar interrompendo ou ajudando nos afazeres domésticos.
2 - Estabeleça uma rotina: tenha hora para começar o expediente e para as pausas ao longo do dia. Também marque horário para encerrá-lo.
3 - Tenha um espaço para trabalhar: monte seu mini escritório longe dos lugares por onde os outros moradores circulam.
4 - Upgrade nos serviços: contrate uma linha de telefone ou internet mais veloz.
5 - Programe reuniões fora de casa para que você possa se relacionar com outros profissionais e sair da rotina. 

Mulheres pioneiras são homenageadas na visita guiada deste sábado




Com o tema Mulheres Pioneiras a pesquisadora Clarissa Grassi vai conduzir, na manhã deste sábado (10/3), visita guiada no Cemitério Municipal, no São Francisco. A ação celebra o Dia Internacional da Mulher e o roteiro vai apresentar a trajetória de mulheres que desempenharam papeis relevantes na história de Curitiba. 
De acordo com Clarissa, os visitantes serão apresentados às biografias de precursoras de diferentes áreas. Entre as homenageadas estão a primeira engenheira negra do Brasil, Enedina Alves Marques, a fotógrafa Fany Wolk, a professora Maria Nicolas, a feminista Marianna Coelho, a médica Maria Falce, a poetisa Helena Kolody, e Didi Caillet, que foi uma das primeiras mulheres a dirigir um automóvel pelas ruas da cidade.
Os interessados em participar da visita guiada deste sábado devem enviar e-mail para visitaguiada@smma.curitiba.pr.gov.br informando nome completo e número de RG. A atividade é gratuita e o número de vagas é limitado.
Programação em março
Durante este mês serão realizadas ainda mais quatro visitas guiadas ao Cemitério Municipal. Com o início das inscrições em 19/3, no dia 24 haverá Visita Guiada Padrão e, em homenagem ao aniversário de Curitiba, celebrado no dia 29, serão realizadas três visitas noturnas com o tema Ícones de Curitiba, nos dias 29 (quinta-feira), 30 (sexta-feira) e 31 (sábado) respectivamente.
A visita guiada noturna vai apresentar a trajetória pessoal de personalidades como o empresário e herói Barão do Serro Azul, a milagreira Maria Bueno, os empresários como Hugo Cini e Agostinho Ermelino de Leão Junior, o artista Alfredo Andersen, o poeta Emiliano Pernetta, os músicos Nhô Belarmino e Nhá Gabriela e o historiador Romário Martins. "Será um roteiro de imersão ao passado de nossa cidade”, afirma Clarissa Grassi.
As inscrições para a Visita Guiada Noturna abrem a partir das 0h do dia 26/3 também via e-mail.

Serviço - visita guiada ao Cemitério Municipal São Francisco de Paula – tema Mulheres Pioneiras
Local: Cemitério Municipal São Francisco de Paula (Praça Padre João Sotto Maior, s/nº, São Francisco)
Data: sábado (10/3), das 9h às 12h
Inscrições: interessados devem enviar nome completo e número de RG para o e-mail: visitaguiada@smma.curitiba.pr.gov.br.  Gratuito, vagas limitadas

Calendário das visitas guiadas deste mês:
24 de março - Visita Guiada Padrão – inscrições a partir de 19/3
29, 30 e 31 de março - Visita Guiada Noturna Ícones de Curitiba – inscrições a partir de 26/3

Prefeitura reúne doações pelo serviço Disque Solidariedade



A Prefeitura de Curitiba agradece a iniciativa de realização de dois festivais de rock e de samba e hip-hopque acontecerão nesta semana em Curitiba para arrecadar doações para as famílias vítimas dos alagamentos registrados no último sábado (3/3). No entanto, informa que não possui nenhum vínculo com a organização dos eventos.
A Prefeitura ressalta ainda que todas as doações para famílias atendidas pela Fundação de Ação Social (FAS) devem ser feitas pelo Disque Solidariedade. Este serviço permanente da Prefeitura faz a coleta e distribuição de roupas, calçados, móveis, eletrodomésticos doados pela população e que são destinados a pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social. O Disque Solidariedade também atende em casos de emergências e calamidades, como aconteceu no fim de semana.
No Disque Solidariedade, as doações estão sendo separadas de acordo com as demandas encaminhadas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), unidades da Fundação de Ação Social (FAS), que estão responsáveis pelo cadastramento das famílias atingidas pelas chuvas.
Entre os materiais necessários para atendimento às famílias estão colchões, cobertores, alimentos não-perecíveis, materiais de limpeza e água potável. Não são aceitas doações em dinheiro.
A entrega dos donativos deve ser feita diretamente no Disque Solidariedade, na sede da FAS, na Rua Eduardo Sprada, 4520, Campo Comprido, ou ainda nas unidades da Fundação localizadas nas Ruas da Cidadania. Além disso, a Prefeitura mantém o atendimento pela Central 156.
Desde domingo, a Prefeitura cadastrou mais de 900 famílias e encaminhou aos Cras 1.650 colchões, 1.000 cestas básicas, 1.880 cobertores, além de roupas, calçados e água potável.

Estragada pela chuva, Rua Dr. Luiz Losso é recuperada pela Prefeitura



A Rua Dr. Luiz Losso Filho, no bairro Novo Mundo, foi recuperada pelos serviços da Prefeitura após os estragos causados pelo forte temporal do último sábado (3). O córrego Vila Formosa transbordou, danificando grande parte da ponte e moradias próximas.
Cerca de 30 metros de comprimento por 7 metros de largura de pavimento foram danificados. Houve um descolamento entre a capa asfáltica e a galeria celular de concreto, que serve como tubulação e mantém a estrutura do sistema. “A vazão foi muito superior ao que a galeria comporta”, explica Adauto José Miranda de Lima, engenheiro supervisor do Distrito de Manutenção Urbana (DMU) da Regional Pinheirinho.
A equipe coordenada por Adauto concluiu o trabalho ainda na terça-feira (6/3). Para a execução do serviço de limpeza e restauração, com remoção de entulho e lodo, foram utilizadas duas retroescavadeiras e quatro caminhões basculantes. Cerca de 40 toneladas de asfalto novo, com 7 centímetros de espessura, foram usados para recuperar o pavimento.
Na segunda-feira (5), os grupos de limpeza pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente se encarregaram de recolher móveis e pertences destruídos pela chuva que foram abandonados pelas famílias da comunidade. Segundo boletim da Defesa Civil, 1500 pessoas foram afetadas e 200 acabaram desalojadas em toda a cidade.
De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), Curitiba registrou 42 milímetros de chuva em uma só noite. Durante todo o mês de março do ano passado, para efeito de comparação, foram contabilizados 44 milímetros.

Núcleos Regionais promovem eventos em comemoração ao Dia da Mulher




Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira (8/3), os Núcleos Regionais da Fundação de Ação Social (FAS) organizaram um cronograma de eventos para o público feminino que acontecerão durante todo o mês de março. A data também será comemorada com outras atividades na cidade. Veja aqui a programação.
As ações da FAS são voltadas a mulheres de todas as idades com o objetivo de informá-las sobre empoderamento feminino, violência doméstica, autoestima, discussões de gênero, contribuições da mulher na história e própria comunidade, entre outros temas relevantes.
Além de palestras, os Núcleos Regionais da FAS oferecerão oficinas, sorteios, dia da beleza, roda de conversa, lanche coletivo, ações socioeducativas, debates, bazar, roda de leitura e blitz educativas.
Os locais dos eventos foram definidos pelas regionais, mas a maioria está concentrada nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e Ruas da Cidadania.

Serviço
Núcleo Regional Bairro Novo
Evento: Explicação sobre “Violência contra a mulher”: informações, orientações, canais de denúncia e Sistema de Garantia de Direitos, por parte da FAS, e método contraceptivo do dispositivo intrauterino (DIU);
Data: 8 de março, às 14h;
Local: Unidade de Saúde Salvador Allende - Rua Celeste Tortato Gabardo, s/nº.

Evento: Blitz educativa em frente à Rua da Cidadania;
Data: 9 de março, das 9h às 12h;
Local: Redutor de velocidade em frente à Rua da Cidadania.

Evento: Explicação sobre “Violência contra a Mulher”: informações, orientações, canais de denúncia e Sistema de Garantia de Direitos, com a FAS e com a Patrulha Maria da Penha;
Data: 16 de março, às 14h;
Local: Centro de Desenvolvimento Profissional (CDP) - Rua Ourizona, 1406 - Sítio Cercado.

Núcleo Regional Boa Vista
Evento: Ação socioeducativa em homenagem ao Dia da Mulher;
Data: 7 de março - manhã e tarde;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Atuba - Rua João Batista Scucatto,120.

Evento: Roda de conversa sobre violência contra a mulher;
Data: 7 de março - manhã;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Atuba - Rua João Batista Scucatto,120.

Evento: Roda de conversa com adolescentes sobre empoderamento da mulher;
Data: 6 a 8 de março;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Bairro Alto - Rua Jornalista Alceu Chichorro, 323.

Evento: Distribuição de convites para participar de roda de conversa que será realizada no dia 29 de março;
Data: 8 a 28 de março;
Local: Cras Cachoeira - Rua Rolando Salin Zappa Mansur, 354.

Evento: Roda de conversa e confecção de cartazes sobre o Dia Internacional da Mulher;
Data: 12 de março - manhã e tarde;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Atuba - Rua João Batista Scucatto,120.

Evento: Dinâmica com o tema: A contribuição feminina na sociedade;
Data: 12 de março - tarde;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Atuba - Rua João Batista Scucatto,120.

Evento: Discussão sobre a Lei Maria da Penha e reflexão da música “Maria Maria”, de Nilton Nascimento;
Data: 13 e 14 de março - manhã;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Atuba - Rua João Batista Scucatto,120.

Evento: Palestra Expositiva;
Data: 16 de março, às 8h30;
Local: Auditório da Rua da Cidadania Boa Vista.

Evento: Dia da beleza com idosas do grupo Nossa Senhora de Fátima;
Data: 20 de março;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Bairro Alto - Rua Jornalista Alceu Chichorro, 323.

Evento: Confecção de laços e pulseiras na cor lilás, que serão distribuídos aos usuários do Cras em referência ao Março Lilás;
Data: 27 e 28 de março - manhã;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Atuba - Rua João Batista Scucatto,120.

Evento: Dia da beleza com famílias do Serviço de Proteção e Atenção Integral às Famílias (Paif);
Data: 27 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Bairro Alto - Rua Jornalista Alceu Chichorro, 323.

Evento: Roda de Conversa no Parque das Nascentes;
Data: 29 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Cachoeira - Rua Rolando Salin Zappa Mansur, 354.

Evento: Roda de conversa com as idosas dos grupos Ana Rosa e Mulheres do Bairro Alto sobre autoestima da mulher;
Data: a definir;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Bairro Alto - Rua Jornalista Alceu Chichorro, 323.

Evento: Roda de conversa com as idosas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) sobre o papel da mulher idosa na sociedade atual;
Data: a definir;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Boa Vista - Rua Luiza Lélia Gulin Geronasso, 313.

Núcleo Regional Boqueirão
Evento: Apresentação do Coral das Idosas do Centro de Atividades Pessoa Idosa (Cati) em alusão ao Março Lilás;
Data: 7 de março, às 14h;
Local: Rua da Cidadania do Carmo - Regional Boqueirão - Rua Marechal Floriano Peixoto, 8430.

Evento: Entrega de panfletos sobre Prevenção à Violência Contra a Mulher;
Data: 7 de março, das 11h às 12h;
Local: Rua da Cidadania do Carmo - Regional Boqueirão - Rua Marechal Floriano Peixoto, 8.430.

Evento: Passeio com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) dos idosos e as mulheres do Programa Família Paranaense no Parque Tanguá, junto com uma roda de conversa sobre o papel da mulher da sociedade;
Data: 8 de março, às 14h;
Local: Parque Tanguá.

Evento: Café da manhã;
Data: 8 de março, às 9h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila São Pedro - Rua Primeiro de Maio, 1214.

Evento: Profissionais voluntários da Escola de Beleza Expert para a ação “Tarde da Beleza”;
Data: 12 de março, às 14h;
Local: Centro Dia Amigo Curitibano - Rua Wilson Daucheux, s/nº.

Evento: Explanação sobre Março Lilás;
Data: 12 de março, às 9h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Iguape Cidadania - Rua Maestro Carlos Frank, 777.

Evento: Explanação sobre Março Lilás;
Data: 19 de março, às 9h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Iguape Cidadania - Rua Maestro Carlos Frank, 777.

Evento: As diversas formas de manifestação da violência, com foco na violência contra a mulher;
Data: 20 de março, às 10h;
Local: Centro POP Boqueirão - Rua Anne Frank, 3272.

Evento: Distribuição de material gráfico sobre o Março Lilás;
Data: 21 de março;
Local: Rua da Cidadania do Carmo - Regional Boqueirão - Rua Marechal Floriano Peixoto, 8430.

Evento: Reflexão sobre o papel da mulher na sociedade;
Data: 28 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Alto Boqueirão - Rua Wilson Dacheux Pereira, s/nº.

Evento: Apresentação do documentário "O silêncio das Inocentes", sobre a aplicação da Lei Maria da Penha no Brasil e, depois, roda de conversa;
Data: a definir;
Local: Centro de Atividades Pessoa Idosa (Cati), no Terminal do Boqueirão.


Núcleo Regional Cajuru
Evento: Mulheres do Programa Família Paranaense e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Idosos;
Data: 8 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Acrópole - Rua Antonio Moreira Lopes, s/nº - Cajuru, junto ao Parque Peladeiro.

Evento: Entrega de cartões para usuárias do Centro de Referência da Assistência Social (Cras), confeccionados nos grupos de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) para crianças e adolescentes;
Data: 8 de março, das 8h às 17h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Uberaba - Rua Augusto David de Moraes, 160.

Evento: Entrega de cartões e lembrancinhas para usuárias do Centro de Referência da Assistência Social (Cras);
Data: 8 de março, das 8h às 17h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) União Ferroviária – Rua Antonio Tortato, 100.

Evento: Roda de Conversa Grupo Sinase;
Data: 21 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Cajuru - Rua Clávio Molinari, 1523.

Evento: Café Lilás com música e poesia;
Data: 23 de março, às 14h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Iguaçu - Rua Ivan Jorge Cury, 195.

Evento: Palestra informativa sobre câncer de mama e assuntos relativos à vida da mulher;
Data: 27 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Cajuru – Rua Pedro Violani, 314.

Evento: Roda de Conversa com adolescentes em situação de acolhimento institucional na Associação Encontro com Deus;
Data: 28 de março, às 14h;
Local: Associação Beneficente Encontro com Deus - Rua Luiz França, 897.

Núcleo Regional CIC
Evento: Palestra de sensibilização da Violência contra Mulher;
Data: 7 de março, das 14h às 16h;
Local: Núcleo Regional - auditório - Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2460.

Evento: Roda das Mulheres Empoderadas;
Data: 8 de março, às 9h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Nossa Senhora Da Luz - Rua Davi Xavier da Silva, 451.

Evento: Roda de conversar e coffee break com o grupo de mulheres e o grupo de idosas;
Data: 8 de março, das 9h às 11h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila Verde - Rua Ney Pacheco, 465.

Evento: Roda de conversa e gravação de videoclipe com o tema - Jovem FAS;
Data: 8 de março, das 8h30 às 11h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila Verde - Rua Ney Pacheco, 465.

Evento: Roda de Conversa e gravação de videoclipe com o tema - Geração Z;
Data: 8 de março, das 13h30 às 16h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila Verde - Rua Ney Pacheco, 465.

Evento: Direitos femininos - atendimento coletivo o papel da mulher na sociedade e relações sexistas existentes;
Data: 23 de março, às 10h;
Local: Unidade de Atendimento Corbélia - Rua Professora Cecília Iritani, 510.

Evento: Roda de conversa;
Data: 23 de março, das 13h30 às16h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila Sandra - Rua Maria Homan Wisniewski, 717.

Evento: Blitz educativa com material informativo referente ao tema;
Data: 24 de março, das 13h às 18h;
Local: Parque dos Tropeiros - Rua Raul Pompéia, s/nº.

Evento: Filme com o tema: Valorização, Lutas e Conquistas das Mulheres. Logo após será realizada uma roda de conversa e reflexão sobre o empoderamento e a igualdade de direitos;
Data: 28 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Barigui - Rua Senador Accioly Filho, 3300.

Núcleo Regional Matriz
Evento: Homenagem ao Dia Internacional da Mulher;
Data: 7 de março, das 9h às 11h30;
Local: Centro de Atividade Pessoa Idosa (Cati) Ouvidor Pardinho - Rua 24 de Maio, s/nº (Praça Ouvidor Pardinho).

Evento: Dia especial para as mulheres;
Data: 8 de março, às 08h - Café da manhã / 15h às 17h - Dia da Beleza;
Local: Casa de Passagem Indígena - Rua Engenheiro Rebouças, 875.

Evento: Sensibilização "Saúde da mulher, o papel da mulher na sociedade atual e a cultura da mulher indígena";
Data: 9 de março, às 20h;
Local: Casa de Passagem Indígena - Rua Engenheiro Rebouças, 875.

Núcleo Regional Pinheirinho
Evento: "As mulheres que foram importantes em minha história de vida";
Data: 9 de março, às 14h;
Local: Formando Cidadão – 13º Batalhão da Polícia Militar - Rua Sebastião Malucelli, 54.

Evento: Roda de conversa “Os direitos das mulheres”, com foco na população LGBT;
Data: 8 de março, às 9h30;
Local: Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Pinheirinho - Rua Dr. Manoel Linhares de Lacerda, 432.

Evento: O que é ser mulher?
Data: 14 de março, às 8h;
Local: Rua da Cidadania Pinheirinho - Av. Winston Churchill, 2033.

Evento: A mulher de ontem e a mulher de hoje - um olhar para a construção histórica da mulher;
Data: 21 de março, às 8h;
Local: Rua da Cidadania Pinheirinho - Av. Winston Churchill, 2033.

Evento: Autoestima, beleza e padrões sociais;
Data: 28 de março, às 8h;
Local: Rua da Cidadania Pinheirinho - Av. Winston Churchill, 2033.

Núcleo Regional Portão
Evento: Valorização da mulher, com vistas ao empoderamento e o protagonismo;
Data: 14 de março, das 14h às 16h;
Local: Portão Cultural - ao lado do Terminal Portão (saguão e auditório Antônio Carlos Kraide).

Núcleo Regional Santa Felicidade
Evento: Palestra “Valorização da Mulher, Autoestima e Empoderamento”, com Zeila Plath Silva, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Campo Largo; Serviços da área de beleza; Bazar Fashion; Sorteio Kit de beleza e higiene pessoal e lanche coletivo.
Data: 12 de março, às 14h;
Local: Rua da Cidadania Santa Felicidade – Auditório 1 - Rua Santa Bertila Boscardin, 213.

Núcleo Regional Tatuquara
Evento: Homenagem ao grupo Viver Bem com roda de conversa sobre os avanços e desafios nos direitos das mulheres;
Data: 7 de março, às 13h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Caximba - Estrada Delegado Bruno de Almeida, 8280.

Evento: Dia Internacional da Mulher no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV);
Data: 8 de março, das 8h30 às 13h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Laguna - Rua Jovenilson Américo de Oliveira, 1510.

Evento: Entrega de flor de época às mulheres;
Data: 8 de março (dia todo);
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Dom Bosco - Rua Julio Pereira Sobrinho, 102.

Evento: Roda de conversa com idosas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) sobre o dia das mulheres e suas conquistas ao longo dos anos;
Data: 9 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Rio Bonito - Rua Marcos Bertoldi, 422.

Evento: Roda de conversa com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de Idosos - Ser Mulher;
Data: 9 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Dom Bosco - Rua Julio Pereira Sobrinho, 102.

Evento: Roda de conversa sobre prevenção da violência contra a mulher;
Data: 12 de março - tarde;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Santa Rita - R: Carlos Munhoz da Rocha, 629.

Evento: Palestra sobre empoderamento feminino e violência contra a mulher;
Datas: 13, 20 e 27 de março, das 10h às 14h;
Local: Rua da Cidadania Tatuquara - Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/nº.

Evento: Homenagem às mulheres participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e do Programa Família Paranaense;
Data: 14 de março, às 12h30;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Caximba - Estrada Delegado Bruno de Almeida, 8280.

Evento: Palestra sobre empoderamento feminino e violência contra a mulher - grupo de idosas;
Data: 16 de março, às 13h30;
Local: Rua da Cidadania (Sala Liceu de Ofício) - Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/nº.
Evento: Roda de conversa sobre a importância do autoexame no combate ao câncer de mama;
Data: 16 de março, às 14h;
Local: Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Dom Bosco - Rua Julio Pereira Sobrinho, 102.

Evento: Baile Lilás;
Data: 23 de março, das 14h às 16h;
Local: Rua da Cidadania Tatuquara - Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/nº.

Evento: Palestra sobre empoderamento feminino e violência contra a mulher - grupo Família Paranaense;
Data: 28 de março, às 10h;
Local: Rua da Cidadania (Sala Revistaria) - Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/nº.

Evento: Lançamento do “Projeto: Cidadania e Saúde” e distribuição de material com o tema "Violência contra a Mulher - Lei Maria da Penha";
Data: 29 de março, das 9h às 13h;
Local: Ceasa - Rodovia Régis Bittencourt, Km 111, 22.881.