domingo, 7 de agosto de 2016

Seleção Masculina de Handebol abre disputa da Rio 2016 contra a Polônia neste domingo (7)
Às 16h40, na Arena do Futuro, a equipe busca a primeira vitória contra os atuais medalhistas de bronze no Mundial
Rio de Janeiro (RJ) - O handebol feminino do Brasil já começou os Jogos Olímpicos com o pé direto, após uma grande vitória sobre a Noruega, bicampeã olímpica neste sábado (6). O masculino, com estreia marcada para amanhã (7), às 16h40, quer seguir no mesmo embalo. Assim como as meninas, os homens também têm um adversário bem complicado logo de cara: a Polônia, medalha de bronze no último Mundial. Mas, com plena confiança de que pode fazer bonito, a equipe também espera contar com a ajuda da torcida na Arena do Futuro para dar o primeiro passo. 

Com uma preparação intensa e diversificada, e resultados cada vez mais expressivos, o grupo entra na competição confiante, porém, ciente do longo e árduo caminho a percorrer. Segundo o técnico Jordi Ribera, sempre é importante pensar em um jogo de cada vez. Para a primeira missão, ele destacou alguns pontos que são importantes para neutralizar os poloneses. 

"A equipe está muito concentrada. Hoje à tarde fizemos um treino muito bom. Os jogadores estão prontos e ansiosos para começar a competição. A Polônia vai nos trazer um bom desafio. Temos que defender muito bem e atacar com a cabeça. Precisamos ter um bom retorno para a defesa porque ele têm um contra-ataque bastante forte", apontou o treinador. 

O Brasil está no grupo B, que conta também com Eslovênia, Suécia, Alemanha e Egito. Todos adversários bastante fortes. Antes de chegar ao Rio de Janeiro (RJ), os brasileiros fizeram uma fase de treinamento na Dinamarca, onde enfrentaram duas vezes a Seleção da casa. Antes disso, passaram por treinos no Brasil e, inclusive por uma fase multidisciplinar com atividades inusitadas como canoagem, rafting, ioga e artes marciais. 

Seleção Masculina

Domingo (7)
16h40 - Brasil x Polônia

Terça-feira (9)
16h40 - Brasil x Eslovênia

Quinta-feira (11)
16h40 - Brasil x Alemanha

Sábado (13)
16h40 - Brasil x Egito

Segunda-feira (15)
16h40 - Brasil x Suécia

Seleção Masculina 

Goleiros: César Almeida "Bombom" (Fraikin BM. Granollers-Espanha) e Maik Santos (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 

Armadores: Haniel Langaro (Naturhouse La Rioja-Espanha), José Guilherme de Toledo "Zé" (Wisla Plock-Polônia), Leonardo Santos "Léo" (Ademar Leon-Espanha), Oswaldo Guimarães (Villa de Aranda-Espanha) e Thiagus Petrus dos Santos (Mol-Pick Szeged-Hungria).

Centrais: Diogo Hubner (São Caetano-SP), Henrique Teixeira (Fraikin BM. Granollers-Espanha) e João Pedro da Silva (Chambéry Savoie-França). 

Pontas: André Martins Soares "Alemão" (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Fábio Chiuffa (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara-Espanha) e Lucas Cândido (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 

Pivôs: Alexandro Pozzer "Tchê" (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha) e Vinícius Teixeira "Vini" (reserva) (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 

Comissão técnica 

Técnico: Jordi Ribera 
Auxiliar técnico: Washington Nunes 
Treinador de goleiros: Diogo Castro 
Preparador físico: Luiz Antônio Luisi Turisco "Luigi" 
Médico: Gustavo Rocha 
Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa 
Massoterapeuta: João Batista Mariano 
Psicóloga: Anahy Couto 
Nutricionista: Larissa Aguiar 
Supervisor: Cássio Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário