domingo, 7 de agosto de 2016

Seleção Feminina de Handebol encara a Romênia na segunda rodada da Rio 2016
Mesmo com uma vitória impressionante contra a Noruega, equipe deixa claro que precisa seguir em frente e que o campeonato está apenas no começo
Rio de Janeiro (RJ) - O primeiro passo foi dado, mas a caminhada da Seleção Feminina de Handebol nos Jogos Olímpicos do Rio é longa e esta segunda-feira (8) será mais um dia importante. A equipe, que estreou com vitória sobre a Noruega ontem, terá mais um duro embate, desta vez contra a Romênia. A Seleção do Leste Europeu também não traz boas recordações ao Brasil. Foi ela que eliminou precocemente o time de Morten Soubak do Mundial de 2015. Mas, com um forte trabalho mental, para as brasileiras isso tudo já é passado e amanhã pretendem escrever uma nova história. 

As romenas foram surpreendidas pelas angolanas na primeira rodada, porém, sempre fazem um jogo muito forte, lideradas por Cristina Neagu, eleita a melhor jogadora do Mundo em 2015, posto que já foi ocupado por duas brasileiras, Alexandra Nascimento em 2012 e Eduarda Amorim em 2014. 

A vitória de ontem deu um grande ânimo à equipe, mas o clima nem de longe é de 'já ganhou'. "O ambiente foi maravilhoso. Conseguimos fazer o que planejamos dentro de quadra, mas foi uma estreia, só o primeiro jogo. O resultado não definiu nada. Ficamos felizes porque nos dá confiança, mas todo o time está com os pés no chão e a cabeça no lugar", frisou a capitã Fabiana Diniz, a Dara. 

A pivô exalta a qualidade da Romênia e também dos próximos adversários dessa primeira fase. "Sabemos que o caminho é muito longo e muito difícil. Essa competição vai ser muito complicada. O próximo jogo vai ser difícil, até porque a Romênia nos eliminou no último Mundial. Mas, aprendemos mais com os erros do que quando se ganha. Aprendemos muito com isso e viemos focadas taticamente e mentalmente. Mesmo sabendo que tivemos uma grande estreia, temos consciência que será cada vez mais difícil daqui pra frente", acrescentou. 

Após a primeira rodada, as brasileiras ocupam a terceira colocação da chave, empatadas com dois pontos com Espanha e Angola, no entanto, o saldo de gols das adversárias é maior, seis para a Espanha, quatro para Angola e três para o Brasil. 

No grupo B, a liderança é da Suécia, seguida por Rússia, França, Holanda, Coreia do Sul e Argentina. 

Seleção Feminina

Tabela e resultado do grupo A

Sábado (6)
Brasil 31 x 28 Noruega
Montenegro 19 x 25 Espanha 
Romênia 19 x 23 Angola 

Segunda-feira (8)
14h40 - Espanha x Noruega 
16h40 - Brasil x Romênia
21h50 - Angola x Montenegro 

Quarta-feira (10)
9h30 - Brasil x Espanha
11h30 - Romênia x Montenegro 
16h40 - Noruega x Angola 

Sexta-feira (12)
9h30 - Brasil x Angola
14h40 - Romênia x Espanha 
16h40 - Montenegro x Noruega 

Domingo (14)
9h30 - Brasil x Montenegro
16h40 - Noruega x Romênia 
19h50 - Espanha x Angola

Nenhum comentário:

Postar um comentário