domingo, 7 de agosto de 2016

Rio 2016: Brasil estreia com vitória sobre as bicampeãs da Noruega no handebol feminino
Equipe abriu a competição neste sábado (6) em grande estilo e conquistou o público na Arena do Futuro
Rio de Janeiro (RJ) - Brilhante. Assim se define a estreia da Seleção Feminina de Handebol nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Contra as atuais campeãs da Noruega, a equipe deu show diante da torcida brasileira e venceu por 31 a 28 (17 a 16 no primeiro tempo). Uma estreia e tanto com um resultado realmente importante para que em casa a Seleção possa trilhar o caminho em busca de uma medalha inédita na competição. As duas equipes fazem parte do grupo A, que conta também com Romênia, Espanha, Angola e Montenegro. O handebol está se do disputado na Arena do Futuro, dentro do Parque Olímpico. 

Com um grande destaque para a defesa, o Brasil se impôs no jogo e, talvez, o ponto mais importante foi ter sabido manter a concentração em momentos difíceis quando as norueguesas estavam se aproximando. O placar chegou a ficar empatado, mas por pouco tempo. Quando o perigo se aproximava, logo a Seleção Nacional voltava a manter o ritmo para conseguir uma rápida recuperação. As goleiras, Babi e Mayssa foram grandes destaques, com defesas fundamentais em momentos cruciais. Além disso, a central Ana Paula dominou o ataque e colocou a bola na rede 12 vezes. 

A vitória sobre as bicampeãs olímpicas foi muito comemorada por toda a equipe, mas com os pés no chão de que esse foi só o primeiro passo. "É muito cedo para tirarmos alguma conclusão. Estamos contentes por ganhar, mas ainda tem muito jogo para frente. Temos que nos preparar para o próximo e buscar a classificação para as quartas de final. Estamos felizes também pelo jeito que conseguimos defender o jogo inteiro", elogiou o técnico Morten Soubak. 

O treinador reitera que essa vitória foi muito significativa, porém, esse é um campeonato muito forte e precisa ser disputado jogo a jogo,a final, todos os adversários têm muita qualidade. "Repito que esses serão os Jogos Olímpicos mais difíceis porque muitos times tem qualidade para vencer e jogam no mesmo alto nível. Claro que será difícil, mas temos o nosso jogo e vamos seguir assim lutando", declarou. 

A pivô Daniela Piedade, uma das mais experientes da equipe com quatro olimpíadas na carreira, mostrava uma alegria muito grande pelo resultado. "Estou muito feliz. Foi muito bom jogar com esse público especial. Eles nos empurraram de uma forma muito forte. Trabalhamos tanto para isso. Estudamos muito e a nossa união foi essencial. Estou muito feliz. Jogar em casa é muito bom, ainda mais ganhando da bicampeã olímpica. Mas, é um passo ainda. Claro que tiramos um peso porque estreia é muito complicada, mas foi sensacional", disse a atleta de 37 anos. 

Na segunda-feira (8), o Brasil enfrenta a Romênia, às 16h40, também na Arena do Futuro. Amanhã será a vez do time masculino fazer a estreia contra a Romênia, também às 16h40. 

Gols do Brasil: Ana Paula (12), Deinise (5), Duda (4), Daniela (3), Fernanda (3), Alexandra (2) e Jéssica (2). Gols da Noruega: Nora Mork (12), Heide Loke (6), Stine (3), Riegelhuth (2), Camilla (2), Emilie (1), Veronica (1) e Amanda (1). 

Seleção Feminina

Sábado (6)
Brasil 31 x 28 Noruega

Segunda-feira (8)
16h40 - Brasil x Romênia

Quarta-feira (10)
9h30 - Brasil x Espanha

Sexta-feira (12)
9h30 - Brasil x Angola

Domingo (14)
9h30 - Brasil x Montenegro

Nenhum comentário:

Postar um comentário