terça-feira, 9 de agosto de 2016

Prefeitura reforça orientações para a saída dos eventos esportivos após a meia-noite

Foto: Renato Sette Câmara

A operação de transporte montada na cidade para o primeiro dia útil dos Jogos Olímpicos Rio 2016 foi considerada bem sucedida por não ter apresentado transtornos ao dia a dia da população. Para melhorar as informações sobre qual transporte pegar quando deixarem as competições após a meia-noite, a partir desta segunda-feira (08/08), avisos sonoros nas instalações e os telões das arenas irão avisar sobre a melhor forma de retorno para casa depois deste horário.

- O objetivo é melhorar as ações a cada dia para que o público possa transitar pela cidade sem transtornos - disse o secretário executivo de Governo, Rafael Picciani, em entrevista coletiva no Rio Media Center, nesta segunda-feira (08/08).

Ao chegar ao Terminal Centro Olímpico, na saída do Parque Olímpico da Barra, após meia-noite e meia, por exemplo, o espectador já deve saber que não terá tempo hábil para acessar a Linha 4 do metrô, que encerra suas atividades à 1h na Estação Jardim Oceânico. Por isso, ao chegar na estação ele deve utilizar o serviço de BRT Expresso, que liga a região ao centro da cidade, com 8 paradas ao longo da Zona Sul.

As únicas exceções para o horário de funcionamento da Linha 4 do metrô ocorrerão nos dias 12, 13 e 21 de agosto, quando haverá um grande número de competições noturnas no Parque Olímpico da Barra. Nestas datas, assim como ocorreu no sábado passado (06/08), será possível embarcar na Estação Jardim Oceânico até às 2h.

O secretário estadual de Transportes, Rodrigo Vieira, explicou, no entanto, que devido ao tempo necessário para manutenção dos trens e das vias, não seria possível manter este horário prolongado durante os 17 dias de competições.

Na saída do Maracanãzinho depois da meia-noite, como a Linha 2 do metrô encerra as atividades neste mesmo horário, a orientação para quem vai para a Zona Norte é dar preferência ao uso de trens da Supervia, nas estações São Cristóvão e Maracanã. Haverá também reforço na operação dos ônibus nesta direção. Para quem vai para a Zona Sul, a melhor opção é utilizar o metrô, saindo da Estação São Francisco Xavier, já que a Linha 1 terá seu horário de funcionamento estendido até 1h30, durante os Jogos.

Já quem sai da Arena de Copacabana em direção à Zona Oeste, após a meia-noite, deve optar pelo uso de ônibus.

O secretário Picciani voltou a agradecer a colaboração do carioca que tem deixado o carro em casa, e reforçou o uso do transporte público como melhor forma de circular pela cidade no período dos Jogos.

Nos primeiros três dias de competições, o Metrô Rio registrou 530 mil usuários a mais do que em dias comuns. Só a Linha 4 transportou cerca de 112 mil pessoas no domingo (07/08). Já na SuperVia, o número de passageiros extras chega a 247 mil no mesmo período.

Durante o fim de semana, os serviços especiais criados para os Jogos registraram o fluxo de 328 mil pessoas. O Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), que circula pelo Centro, transportou 79 mil passageiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário