domingo, 7 de agosto de 2016

Fomento ao ecoturismo é tema de debate no Avistar Acre



Com objetivo de debater o fomento do ecoturismo no estado, foi realizada neste sábado, 6, a palestra “Atividade de observação de aves como potencial de desenvolvimento local”. O momento fez parte do evento Avistar Acre, que está sendo promovido no Parque Zoobotânico da Universidade Federal do Acre (Ufac).
A mesa, mediada pelo presidente do Clube de Observadores do Vale Europeu, Maicon Mohr, foi composta pela secretária de Turismo e Lazer, Rachel Moreira, a coordenadora do Departamento de Áreas Protegidas e Biodiversidade da Secretaria de Meio Ambiente, Cristina Lacerda, o agenciador de turismo, Cassiano Marques e a turismóloga Tereza Nundria.
Na oportunidade, foram pontuadas as possibilidades do Acre se tornar rota para observação de pássaros, e como o estado pode se adaptar para que possa receber pessoas que fazem parte desta prática.
“O Acre tem um potencial muito grande, e esse é o primeiro item necessário para os observadores de aves. Agora, é necessário que se crie um roteiro turístico adequado, envolvendo comunidade e o trade turístico”, destaca Mohr.
De acordo com Rachel, o Avistar é um evento importante para o segmento turístico, pois ele coloca o Acre no mapa da observação de pássaros.
“Quando fomos procurados pela organização, percebemos que esse segmento já viria a se consolidar no estado. Aqui, temos mais de 80% de áreas com cobertura originária e quase 50% de áreas protegidas, o que torna um ambiente propício para que as aves continuem a se reproduzir”, diz.
O Avistar Acre será realizado até domingo, 7, com diversas palestras, mesas-redondas e atividades de observação de pássaros. O evento é uma parceria do governo do Estado, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), Turismo e Lazer (Setul) e Meio Ambiente (Sema), Ufac, Instituto Chico Mendes (ICMBio), gabinete do deputado Raimundo Angelim e Grupo Irmãos Pinheiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário