quinta-feira, 28 de janeiro de 2016


***Gabriela Mateos



Esta lista contém 4 coisas relativamente simples que tocam no dia a dia de cada um de nós – desde que você não trabalhe em uma ilha deserta. Parece fácil, mas é difícil e chegou o belo dia de aprender.
E colocar em prática.  
 01. Fale mais, escreva menos e economize tempo
O Gtalk, Whatsapp, Skype, Messeger, Slack, etc, são ótimos em alguns momentos, mas todo mundo sabe que quando o assunto é sério, eles deixam a desejar. Você fala uma coisa, a pessoa entende outra. E nisso gastamos um tempão com um mal entendido que poderia ter sido resolvido de maneira rápida (e indolor) com um telefonema, ou uma simples levantada da cadeira.
Em tempos de crise, o melhor que a gente tem a fazer é economizar tempo, parar de errar sempre nas mesmas coisas e evitar o trágico Oops, I did it again.

 

02. Transforme problemas em soluções

Quando trabalhamos em equipe, a verdade é mais clara que água do mar do caribe: estamos todos no mesmo barco.  Isso significa que se alguém tem um problema, todos temos um problema. Então, ao invés de simplesmente apontá-los e tirar o corpo fora, vamos encontrar problemas, sim. Mas transformá-los em soluções, juntos. We are better together.

 

03.Achou legal? Fale

Críticas construtivas são sempre bem-vindas para aparar arestas de processos e fazer tudo o que fazemos sempre melhor. Mas, não podemos nos esquecer de elogiar. O bom trabalho, quando encorajado, fica melhor ainda.  Então viu alguém fazendo alguma coisa legal? Fale, twist and shout!

04. Entenda um “não” como uma oportunidade de propor novas ideias

s vezes bate na trave, às vezes a verba do cliente não comporta, outras vezes o timing is a bitch. Por uma série de motivos, algumas de nossas ideias podem acabar com um “não” como resposta. Ou com um “talvez”. Ou com um “quem sabe em outro momento”. Seja qual for o caso, entenda estas respostas como uma oportunidade para tentar mais e se superar.Afinal... You can’t Always get what you want. But if you try sometimes, you just might find what you need!

***Gabriela Mateos é coordenadora de criação da Polvo Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário