quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Alternativas para o turismo no Estado são debatidas em seminário na Assembleia Legislativa


Representando o governador José Ivo Sartori no seminário Entraves para o Desenvolvimento do Turismo no Rio Grande do Sul, nesta segunda–feira (27), na Assembleia Legislativa, o secretário de Turismo, Esporte e Lazer, Juvir Costella, destacou a importância econômica do setor, que movimenta cerca de 52 atividades paralelas. "Os números mostram o turismo como propulsor do desenvolvimento, garantindo manutenção e criação de emprego, renda e abrindo portas para o primeiro trabalho de muitos jovens brasileiros", afirmou. Costella falou também sobre o trabalho de segmentação adotado pela Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer (Setel) e ressaltou que a Pasta vai executar ações em parceria com todas as regiões turísticas do Estado para potencializar cada uma a partir de suas características. O seminário foi coordenado pelo presidente da Comissão de Turismo (Ctur) da Câmara Federal, deputado Alex Manente. Está sendo promovido em diferentes regiões do país, em busca de informações para embasar projetos e a legislação do setor de turismo, em construção em Brasília. Secretários de turismo de vários municípios gaúchos e profissionais da área lotaram o Plenarinho da Assembleia Legislativa para apresentar problemas e indicar soluções. Manente se mostrou otimista quanto à aprovação de uma legislação federal que fortaleça o setor através de incentivos fiscais e da criação das zonas de turismo. Disse acreditar também que os debates que a Ctur vem realizando nos estados poderão trazer bons resultados. "Até o final de setembro, devemos aprovar uma legislação para fomentar o setor, como uma alternativa forte para superar as dificuldades que o Brasil enfrenta, conforme outros países já nos demonstraram", disse o parlamentar. Ele afirmou ainda que o turismo é pouco aproveitado e que a iniciativa privada é uma parceira fundamental. O secretário de Turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Moraes, apontou o Centro de Feiras e Convenções da Capital como passo importante para o crescimento do turismo de negócios no Estado. O equipamento aguarda liberação de verba federal para ser construído. Finalizando as manifestações na mesa de abertura, o presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Ronaldo Santini, afirmou que o Rio Grande do Sul precisa ganhar maior visibilidade como destino turístico. Os debates enfocaram também práticas de sucesso aplicadas no país e no Estado, com exposição de números que sinalizam os pontos fortes e onde é preciso investir em melhorias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário