terça-feira, 17 de novembro de 2015

Umuarama pode passar a receber linhas aéreas comerciais em 2016


  •  Umuarama está perto de passar a oferecer voos comerciais no Aeroporto Orlando de Carvalho. Empenhado pessoalmente há dois anos, o prefeito Moacir Silva, comemora os passos dados para a consolidação desse anseioque pode se tornar realidade ainda no primeiro semestre de 2016.
    Selecionada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC), para ser uma das 270 cidades que receberão investimentos para ampliação aeroportuária no Brasil, Umuarama já dá indícios de que está no caminho certo. Após 10 estudos elaborados para a restruturação do aeroporto, a SAC aprovou o 10º projeto e já o encaminhou para a concepção definitiva. “Nos empenhamos de maneira muito comprometida para tornar nosso aeroporto viável dentro do programa do Governo Federal. Contratamos uma empresa específica que nos auxiliou neste processo burocrático, e conseguimos fazer com que nosso 10º projeto fosse aprovado após várias avaliações técnicas da SAC. Esta aprovação dá a certeza de que Umuarama receberá este investimento”, explica o prefeito.
    O projeto aprovado detalha com precisão como será o futuro Aeroporto Orlando de Carvalho, que continuará a ser operado no local atual, mas sofrerá inúmeras mudanças. A pista de pouso, por exemplo, será ampliada e passará a medir 1.510 metros de extensão. A estrutura ainda contará com um pátio com quatro posições para aviões comerciais, possibilitando receber aeronaves do modelo Airbus 319.
    O terminal de passageiros também sofrerá grandes alterações. Na realidade, o projeto prevê a construção de um novo TPS em um local completamente diferente do atual. A estrutura medirá 1.210 m² e terá um estacionamento com capacidade para 120 veículos. “Nosso projeto está orçado em aproximadamente R$ 50 milhões. Não há uma data para a liberação do recurso, porém Umuarama já tem a certeza de que receberá o investimento. E é por isso já que estamos tomando várias providências que agilizarão o projeto quando liberado, como por exemplo, decretando como uso público algumas áreas próximas ao aeroporto que entrarão na extensão do mesmo”, ressalta Moacir.
    APOIO ESTADUAL
    O Governo Estadual também sinalizou apoio ao Município no processo de estruturação aeroportuária. O prefeito esteve recentemente em reunião com representantes da Secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná, para tratar sobre o assunto. Esteve com ele o coordenador de planejamento, Thiago Gomes, a chefe da coordenação de planos e programas, Rejane Karam e o modal aeroviário, Gino Schlesinger.
    Na ocasião, o Estado demonstrou sua preocupação em tornar o aeroporto de Umuarama uma rota real de voos, uma vez, que um estudo detalhado realizado pelo Governo do Paraná, apontou que Umuarama é uma das 12 cidades com potencial e necessidade de fazer parte da Rede Estadual de Aeroportos. “Na reunião eles demonstraram seu interesse em estruturar o aeroporto de Umuarama, em especial, pelo seu potencial, localização e demanda, que influenciam de maneira direta o desenvolvimento do Estado”, conta o prefeito.
    VOOS
    Porém, mesmo sem a liberação do recurso, Umuarama pode passar a oferecer voos comerciais em breve. Isto porque, o Município foi beneficiado pela da Secretaria de Aviação Civil (SAC) com um veículo especial do Corpo de Bombeiros para uso exclusivo do Aeroporto Orlando de Carvalho. O caminhão orçado em mais de R$ 1,5 milhão é um dos mais modernos para este tipo de trabalho e oferece toda a tecnologia vista em grandes aeroportos.
    O veículo foi entregue ao prefeito Moacir Silva na tarde desta quarta-feira (11). Na ocasião, o prefeito comemorou mais esta conquista. “Estamos lutando há anos para trazer linhas comerciais para Umuarama e a vinda deste veículo é mais uma prova da consolidação desse objetivo. Traçamos várias estratégias para receber aporte do Governo Federal e com base em nossos esforços, fomos beneficiados com este veículo que é um complemento estrutural para garantir que empresas de voos comerciais se instalem no município”, destaca.
    Além do veículo, Umuarama também foi contemplada pela SAC, com o treinamento técnico para a equipe que será responsável por operacionalizar o aeródromo. Ao todo, 16 funcionários de carreira da Prefeitura foram selecionados para passar pelo curso que acontecerá em uma base área de Minas Gerais.
    Formado em sua maior parte por guardas municipais, o grupo de funcionários ficará na Base Aérea de Lagoa Santa (38 quilômetros de Belo Horizonte), por 25 dias. Esta equipe já realizou o treinamento teórico à distância por uma plataforma digital durante 30 dias. Neste mês, no dia 23 de novembro, embarcarão para Minas Gerais para complementar o curso que dará conhecimentos sobre manutenção, operacionalização e infraestrutura do aeródromo, combate e prevenção de incêndio, legislação, entre outros conteúdos. A ideia é formar profissionais capazes de identificar pontos de possíveis riscos e atuar de maneira atenta a todo funcionamento de segurança do aeroporto. Paralelo a isso, três profissionais do Corpo de Bombeiros, foram treinados nesta semana para conhecer o sistema de funcionamento da nova viatura.
    A presença destas equipes capacitadas é uma exigência da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para que os voos comerciais possam acontecer.
    E com base nisso, o prefeito sinalizou que já está se empenhando para viabilizar a vinda de empresas aéreas antes do início das obras definitivas. “Com mais alguns reparos básicos, como recapeamento e sinalização da pista, novos equipamentos e outros ajustes, conseguiremos atrair linhas comerciais ainda no início de 2016. Com o apoio do Governo Estadual, é possível implantarmos estas melhorias e buscarmos a vinda da Azul, que já demonstrou interesse por Umuarama”, destaca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário