quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Eleição da juíza brasileira Martha Halfeld ao Tribunal de Apelações das Nações Unidas
A brasileira Martha Halfeld Furtado de Mendonça Schmidt foi eleita, em 18 de novembro, para o cargo de juíza do Tribunal de Apelações das Nações Unidas (UNAT, na sigla em inglês), para o mandato de 2016 a 2022. Foram eleitos para as três vagas restantes o Juiz John Murphy (África do Sul), a Juíza Sabine Knierim (Alemanha) e o Juiz Dimitrios Raikos (Grécia). A Dra. Halfeld, que é Juíza Titular da 3ª Vara do Trabalho de Juiz de Fora e atua como juíza convocada do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, foi a candidata mais votada pela Assembleia Geral da ONU, tendo recebido 148 votos.
O Tribunal de Apelações das Nações Unidas é integrado por sete magistrados eleitos para cumprir mandatos de sete anos. O órgão tem por atribuição julgar, em segunda instância, causas trabalhistas e administrativas envolvendo funcionários e colaboradores da Organização. Foi criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 2009, como resultado de reforma realizada para tornar mais transparente, independente e profissional o sistema de administração de justiça das Nações Unidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário