quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Marcha das Mulheres Negras 2015: Contra o racismo, a violência e pelo bem viver!





A maior visibilidade em relação a essa situação de opressão secular contra as mulheres negras é urgente, bem como a promoção da igualdade de gênero e étnico-racial.
Imagem do post
Milhares de mulheres negras de todo o país se reúnem hoje (18) em Brasília, na Marcha Nacional das Mulheres Negras. A expectativa da organização é que sejam cerca de 20 mil mulheres marchando contra o racismo, a violência e pelo bem viver.
Historicamente, as mulheres negras são aquelas que maissofrem e são submetidas a diversas situações de vulnerabilidade e exclusão social. Devido ao machismo e racismo ainda presentes em nossa sociedade, são essas as mulheres que acabam por serem mais prejudicadas nos âmbitos econômicos, políticos, culturais e sociais diariamente no nosso país, apesar de representarem um quarto da população brasileira, segundo o Censo de 2010.
Segundo o Mapa da Violência 2015: Homicídios de Mulheres no Brasil, de 2003 a 2013 o feminicídio de mulheres negras cresceu 54,2%. No mesmo período, este número cai 9,8% em relação ao feminicídio de mulheres brancas.
Por isso, como forma de iniciativa que busca articular as mulheres negras de todo o país, bem como organizações do movimento feminista e movimento negro, para a garantia do protagonismo dessas mulheres e oportunidades e políticas públicas efetivas para o combate a desigualdade social.
A maior visibilidade em relação a essa situação de opressão secular contra as mulheres negras é urgente, bem como a promoção da igualdade de gênero e étnico-racial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário