quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Cancelada audiência pública na CMA porausência de presidente da Eletrobras

   
Da Redação | 
senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) cancelou a audiência pública que estava agendada para a manhã desta quinta-feira (19), na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), sobre a instalação de linha de transmissão de energia elétrica da subestação Carajás, em Goiânia. O cancelamento ocorreu por causa da decisão do presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, de se fazer representar no debate pelo diretor de Transmissão da empresa Centrais Elétricas de Goiás (Celg), Humberto Correa.
Conforme Caiado, houve quebra de acordo. Ele diz que o convite a Carvalho foi fruto de entendimento na comissão, para evitar a convocação do ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga.
— Vou cobrar o cumprimento do acordo na terça-feira, na reunião da CMA — avisou o senador.
Compareceram à audiência pública nesta quinta-feira, além de Humberto Correa, José Moisés Machado da Silva, superintendente de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e os integrantes do movimento "Diga não à rede de alta tensão" Marcelo Heleno Coelho de Souza, Maria Lúcia Cassiano e Flávio Corrêa.
De acordo com Caiado, a população teme que a proximidade de áreas urbanizadas com linhas de transmissão aumente a incidência de câncer.
senador afirma que a obra da subestação foi interrompida no ano passado, mas foi retomada este ano, após a assinatura de termo de ajuste de conduta entre o Ministério Público de Goiás e a Celg Distribuição. Caiado questiona o acordo e cobra esclarecimentos da Eletrobras.
Agência Senad

Nenhum comentário:

Postar um comentário