terça-feira, 17 de novembro de 2015

Mulher Cidadã encerra atendimentos a população de Feijó neste sábado

A população compareceu aos dois dias de atendimento do projeto (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)
A população compareceu aos dois dias de atendimento do projeto (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)
O projeto Mulher Cidadã esteve durante dois dias no município de Feijó. Neste sábado, 14, encerrou mais uma edição. Em 2015, o projeto foi realizado em outras sete cidades, incluindo as de difícil acesso.
Maria Lenilda agradeceu o trabalho desenvolvido pela equipe de saúde (Foto: Jane Vasconcelos)
Maria Lenilda agradeceu o trabalho desenvolvido pela equipe de saúde (Foto: Jane Vasconcelos)
Maria Lenilda da Silva, com 63 anos e cinco filhos, além de fazer a consulta com ginecologista, ainda levou a filha ao pediatra. Ela fez um agradecimento especial a coordenadora do Saúde Itinerante, Celene Maia, que mobiliza toda equipe médica. “Eu admiro essa mulher que trabalha com muito amor. Sempre atendendo com carinho, e isso é muito importante. Deus quer pessoas assim que tem amor pelas pessoas”, disse
O secretário de Estado de Saúde, Armando Melo, esteve no encerramento do projeto, que superou a expectativa de atendimento. “Uma demanda que superou nossa expectativa, e dá a dimensão de quanto o estado precisa estar mais junto dessas pessoas e do quanto é importante ações desse tipo. O Saúde Itinerante e o Mulher Cidadã realizam um trabalho lindo que traz dignidade, cidadania e inclusão social”, falou.
O secretario de Saúde, Armando Melo, garantiu outra edição do projeto no início de 2016 (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)
O secretario de Saúde, Armando Melo, garantiu outra edição do projeto no início de 2016 (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)

Mulher Cidadã

O projeto Mulher Cidadã tem como proponente o gabinete da vice-governadora Nazareth Araújo, sendo executado pelas secretarias de Estado de Saúde (Sesacre), de Políticas para as Mulheres (SEPMulheres), de Segurança Pública (Sesp), de Polícia Civil (SEPC), de Pequenos Negócios (SEPN), se Articulação Institucional (SAI), de Educação (SEE) e de Desenvolvimento Social (SEDS), e Assessoria Especial da Juventude.
Também são parceiros do projeto a Defensoria Pública Estadual, que oferece assistência jurídica em geral, o Tribunal de Justiça do Acre, por meio da Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas, e o Ministério Público Estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário