sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Seleção Masculina embarca para a disputa da Supercopa de Handebol na Alemanha



Brasil ficará hospedado em Kiel, cidade em que o pivô Rogério Moraes vive e atua pela equipe local
Santo André (SP) - A Seleção Masculina de Handebol embarca para a Alemanha neste sábado (31) para a disputa da Supercopa da modalidade, de 6 a 8 de novembro. O tradicional torneio amistoso, que é realizado desde 1979 em solo alemão, terá como sedes as cidades de Hamburgo, Kiel e Flensburg, e contará este ano com as participações de Brasil, Alemanha, Sérvia e Eslovênia.

Os brasileiros ficarão hospedados em Kiel, uma das maiores cidades ao norte da Alemanha, local em que o pivô Rogério Moraes se transferiu nessa temporada para jogar pelo THW Kiel, um dos clubes mais importantes do Mundo. "Gostei muito quando soube que a Seleção iria ficar em Kiel. Já me sinto em casa e gosto muito daqui. As pessoas são boas e tranquilas. Além disso, a cidade respira handebol", afirmou.

Desde agosto morando na Alemanha, Rogério diz já ter percebido a importância do torneio para os anfitriões. "A Supercopa é uma competição de grande tradição aqui na Alemanha. Eles estão falando e comentando sobre o torneio há alguns meses. A minha expectativa, como a de todos da Seleção, é a melhor possível. Estamos em uma grande crescente nos últimos anos e participar desse tipo de competição é fundamental para continuarmos evoluindo, já pensando nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro", apontou.

Ainda se adaptando ao handebol alemão, o jovem pivô de 21 anos prevê um nível técnico de competição muito alto. "Já joguei contra alguns dos jogadores da Alemanha. A grande maioria deles atua por equipes do campeonato local, que é uma das melhores Ligas do Mundo, se não a melhor. Só na minha equipe, são quatro atletas que estarão jogando contra nós: Rune Dahmke, Christian Dissinger e Steffen Weinhold, da Alemanha, e Marko Vujin, da Sérvia. Com certeza não teremos moleza na competição. São todos muito bons", avaliou.

Já acostumado a jogar na Sparkassen Arena Kiel pelo clube da casa, Rogério espera agora entrar em quadra vestindo a camisa verde e amarela. "Os alemães adoram o handebol e têm um carinho enorme pelo Brasil. Em Kiel, jogaremos contra a Sérvia e tenho certeza que vamos ter o apoio dos torcedores, que sempre lotam o ginásio e fazem uma grande festa", concluiu.

O Brasil estreia na Supercopa na sexta-feira (6), às 14h45 (horário de Brasília), contra a Alemanha, na Flens Arena, em Flensburg. No sábado (7), os brasileiros encaram a Eslovênia, no mesmo horário, na Barclaycard Arena, em Hamburgo. Já no domingo (8), a Seleção encerra a participação no torneio diante dos sérvios, às 9h30, na Sparkassen Arena Kiel, em Kiel.

Programação - Supercopa
Horário de Brasília

Sexta-feira (6) - Flensburg
14h45 - Brasil x Alemanha
17h - Sérvia x Eslovênia

Sábado (7) - Hamburgo
12h30 - Alemanha x Sérvia
14h45 - Brasil x Eslovênia

Domingo (8) - Kiel
9h30 - Brasil x Sérvia
11h45 - Alemanha x Eslovênia

Seleção Brasileira Masculina

Goleiros: César Augusto de Almeida "Bombom" (BM Granollers - Espanha), Maik Santos (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP) e Rangel da Rosa (Vila de Aranda - Espanha).

Pontas: André Martins Soares "Alemão" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP), Fábio Chiuffa (BM Guadalajara - Espanha), Felipe Borges (Montpellier Handball Aglomeration - França) e Lucas Candido (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP).

Armadores: Fernando Pacheco "Zeba" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP), Haniel Langaro (Esporte Clube Pinheiros - SP), José Guilherme de Toledo "Zé" (BM Granollers - Espanha), Leonardo Santos "Léo" (Ademar León - Espanha) e Thiagus Petrus Santos (MOL Pick Szeged - Hungria).

Centrais: Henrique Teixeira (BM Granollers - Espanha) e João Pedro da Silva (Chambery Savoier - França).

Pivôs: Alexandro Pozzer "Tchê" (Puerto Sagunto - Espanha), Rogério Moraes (THW Kiel - Alemanha) e Vinicius Teixeira "Vini" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP).

Comissão técnica

Treinador: Jordi Ribera
Assistente técnico: Washington Nunes
Treinador de goleiros: Diogo Castro
Preparador físico: Luiz Antônio Luisi Turisco
Médico: Gustavo Rocha Santos
Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa
Massoterapeuta: João Batista da Silva
Nutricionista: Larissa Aguiar
Psicóloga: Anahy Couto
Supervisor: Cássio Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário