sexta-feira, 30 de outubro de 2015

PF prende mais uma pessoa na Operação Policial Nenhures em Minas Gerais


Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal realizou, nesta manhã, 28/10, a prisão de mais um indivíduo, em razão da continuidade das investigações realizadas no âmbito da Operação Policial Nenhures, sob a responsabilidade da Força Tarefa Previdenciária/MG, integrada por servidores da Policia Federal e da Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos do Ministério da Previdência Social. Trata-se de trabalho destinado a desbaratar quadrilha dedicada à pratica de fraudes contra o INSS, em Minas Gerais.
Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva em Teófilo Otoni/MG e três mandados de busca e apreensão em Almenara/MG e naquela cidade.
Após a identificação da forma de atuação do grupo criminoso, que envolve a falsificação de certidões de nascimento de menores de idade com o fito de obter benefícios de pensão por morte, iniciou-se o monitoramento de processos de concessão de tais benefícios.
Na fase inicial da operação – deflagrada em agosto/2015 –, foram realizadas ações que possibilitaram a prisão em flagrante de cinco pessoas nas cidades de Mariana/MG e Viçosa/MG, trabalho esse que impediu a realização de saques que somariam cerca de R$ 70 mil, relativos às primeiras parcelas dos benefícios previdenciários.
Com as ações da Força Tarefa, até o presente momento, evitou-se um prejuízo de mais de R$ 2 milhões aos cofres da Previdência Social (cálculo feito considerando-se o tempo pelo qual perdurariam as pensões investigadas e a expectativa de vida do beneficiário, segundo dados da tabela do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE).
O preso na ação de hoje foi autuado pela prática de estelionato qualificado e formação de quadrilha, podendo cumprir até nove anos e 8 meses de reclusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário