terça-feira, 6 de outubro de 2015

Líder do PMDB afirma que sessão do Congresso será retomada amanhã

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani, afirmou que não considera o cancelamento da sessão do Congresso um fracasso para a presidente da República.
A sessão estava marcada para hoje para apreciar vetos presidenciais e foi cancelada por falta de quórum. Segundo Picciani, a falta de presença de deputados e senadores foi uma mera questão de logística. Ele afirmou que vários parlamentares não conseguiram chegar por causa de problemas com horários de vôos.
De acordo com o deputado, a determinação do PMDB foi que os seus deputados estivessem presentes. Ele acrescentou que os que não compareceram foi porque estavam em trânsito. “A orientação do partido foi de dar presença”, reafirmou.
O líder do PMDB acredita que amanhã a sessão será realizada, e reforçou que a orientação do PMDB é manter os vetos presidenciais.
Leonardo Picciani afirmou ainda que alguns partidos estão orientando seus membros a obstruírem a sessão devido ao impasse na votação da PEC 182/07, que permite a doação de empresas a partidos políticos, e que está em votação no Senado.

Reportagem - Luiz Gustavo Xavier
Edição - Mônica Thaty

Nenhum comentário:

Postar um comentário