sábado, 26 de setembro de 2015

Recital gratuito de alunos da Escola da Ospa ocorre na Biblioteca Pública

Recita da Escola da Ospa
Terceira peça do programa fica a cargo do estudante de trompete Isaías Nowinski - Foto: Gustavo Gargioni/Arquivo Palácio Piratini
Em meio a um cenário de pintura dourada, luminárias em estilo gótico e bustos com nomes como Camões, Shakespeare, Dante e Homero do Salão Mourisco da Biblioteca Pública do Estado do RS, os alunos da Escola de Música da Orquestra Sinfônica de Porto Alegrese apresentam o terceiro recital da série 'Recitais na Biblioteca 2015'. O histórico espaço decorado por Ferdinand Schlatter recebe a música de seis estudantes avançados do Conservatório Pablo Komlós na próxima quarta-feira (30), às 19h. Aberta ao público, o concerto tem entrada franca e é promovido por uma parceria entre a Escola e a Biblioteca. O pianista da Ospa André Carrara faz o acompanhamento das interpretações.

A apresentação tem início com 'Meditação', parte da ópera Thaïs de Jules Massenet (1842-1912), executada pela aluna de violino Marcella Santiago Nunes. Em seguida, o violino segue em destaque com a apresentação de Paula Haro, que toca o Primeiro Movimento (Allegro) do Concerto n.2 em Mi Maior de Johann Sebastian Bach (1685-1750). A terceira peça do programa fica a cargo do estudante de trompete Isaías Nowinski: Zweites konzertstück, op. 12, de Willy Brandt (1913- 1992). Depois, Dhouglas Umabel (violino) e João Viriato (clarinete) entram em cena com a Suíte para violino, clarinete e piano op. 157, de Darius Milhaud (1892-1974). Por fim, para fechar a noite, o aluno de clarinete Filipe Barcellos toca Fantasiestücke, op. 73, de Robert Schumann (1810-1856).

Promovida anualmente, a série Recitais na Biblioteca pretende abrir espaço para que alunos e professores da Escola da Ospa apresentem seu trabalho ao público. A Biblioteca Pública fica na Rua Riachuelo, 1190, no centro de Porto Alegre. Mais informações pelo site www.ospa.org.br.

A Escola de Música da Ospa
Fundada em 1972, a Escola de Música da Ospa - Conservatório Pablo Komlós cumpre função fundamental para o fomento cultural no Rio Grande do Sul. Promove formação musical gratuita, voltada para músicos de orquestra, oferecendo oportunidade de profissionalização na área. Grande parte dos instrumentistas que hoje integram a Ospa estudaram na instituição, bem como muitos músicos que atuam em outras orquestras ou nas mais diferentes áreas da música, no Brasil e no exterior. Hoje a escola atende em torno de 200 alunos. Além disso, o conservatório conta com grupos orquestrais, regidos pelo maestro e violinista Arthur Barbosa, e com um coral, dirigido pelo regente e violista Cosmas Grieneisen.


Texto: Mariana Sirena/ Ospa
Edição: Léa Aragón/Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário