quarta-feira, 23 de setembro de 2015

5
Uberaba (MG) e São Caetano (SP) fazem duelo de estreantes pela Liga Nacional Masculina de Handebol



Competição feminina segue com duas partidas entre líderes e últimas colocadas já no segundo turno
Santo André (SP) - Um jogo sem previsões. Assim é possível resumir a partida das 19h30 desta quinta-feira (24) entre Funel/Uberaba (MG) e São Caetano (SP) pela Liga Nacional Masculina de Handebol. Estreantes na competição, os clubes não se conhecem muito bem e prometem jogo movimentado no Centro Olímpico de Uberaba (MG), palco que recebeu o Mundial Júnior Masculino, em julho deste ano.

O técnico do São Caetano (SP), Washington Nunes, falou com cautela do adversário de amanhã (24). "O time de Uberaba é totalmente desconhecido para nós. Não temos informações e nem filmagens. Acredito que seja um time jovem que corre bastante, mas ainda é uma incógnita. Temos que tomar cuidado. Assim como nós éramos uma incógnita para o Vasco/FAB e vencemos (por 32 a 29, na primeira rodada), eles podem nos surpreender também", disse.

Por não ter conhecimento do adversário, Washington treinou a equipe para enfrentar diversos tipos de táticas. "Trabalhamos bem e evoluímos em relação ao último jogo. Esperamos fazer uma boa partida, mas sempre com desconfiança do time deles. Não sabemos o que esperar. Treinamos dois sistemas defensivos e melhoramos nossa transição, além de preparar o ataque para superar vários esquemas de marcação", explicou.

Já o técnico da Funel/Uberaba (MG), Karel Avelar, está confiante com o potencial da equipe. "Temos um grupo com média de idade e 22 anos, mas com atletas rodados que jogaram no interior de São Paulo. Para esse nível de competição, vamos ver como o nosso psicológico funciona, porque tenho confiança que temos capacidade técnica e física para jogar a Liga Nacional. Temos um grupo de 25 jogadores e posso fazer trocas com a certeza que o nível do time não vai cair", afirmou.

Para a partida de estreia, Karel pregou respeito ao adversário e exaltou o treinador do time paulista. "Assistimos alguns jogos do São Caetano no Super Paulistão. O ponto mais forte deles é o técnico. O time é muito aplicado taticamente, porque os jogadores fazem exatamente o que o Washington pede. Além disso, o grupo tem atletas experientes como o Bruno Santana e o Japa, que ainda não pode jogar, mas é um grande jogador", finalizou.

Liga Nacional Feminina - A Liga Nacional Feminina terá duas partidas nesta quinta-feira (24) que abrem o segundo turno da competição. A Metodista/São Bernardo (SP), líder da competição, joga contra a Apahand/UCS/Prefeitura de Caxias do Sul (RS), última colocada, às 20h, no Ginásio de Handebol Vitório Zanon, o Baetão, em São Bernardo do Campo (SP). Um pouco mais tarde, às 20h30, o Pinheiros (SP), que está em quinto lugar e luta para subir na tabela, enfrenta a vice-líder UNC/Concórdia (SC) no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP).

Tabela desta quinta-feira (24)

Liga Nacional Masculina

19h30 - Funel/Uberaba (MG) x São Caetano (SP)
Local: Centro Olímpico de Uberaba - Avenida Doutor Randolfo Borges Júnior, 2401 - Bairro Univerdecidade - Uberaba (MG)

Liga Nacional Feminina

20h - Metodista/São Bernardo (SP) x Apahand/UCS/Prefeitura de Caxias do Sul (RS)
Local: Ginásio de Handebol Vitório Zanon, o Baetão - Rua Armando Ítalo Setti, s/nº - Baeta Neves - São Bernardo do Campo (SP)

20h30 - Pinheiros (SP) x UNC/Concórdia (SC)
Local: Ginásio Henrique Villaboim - Rua Hans Nobiling, s/nº - Vila Europa - São Paulo (SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário