domingo, 28 de junho de 2015

UPP inicia projeto de artes marciais na Vila Kennedy

Iniciativa conta com apoio de centro comunitário e beneficia crianças e jovens entre 6 e 17 anos


O projeto socioeducativo realizado pelas UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) que apresenta melhores resultados chegou à Vila Kennedy. Crianças e jovens da comunidade da Zona Oeste agora contam com aulas de artes marciais ministradas por policiais.

A iniciativa foi viabilizada por meio de uma parceria com o Centro Comunitário Irmãos Kennedy, que atende ao território. A instituição educacional cede o espaço às terças e quintas-feiras para a realização das aulas. O projeto atende a um público com idade entre 6 e 17 anos.

Um grupo de 20 crianças participou da aula inaugural de jiu-jítsu, coordenada pelo sargento Hermes Silveira, da UPP Vila Kennedy. Praticante da modalidade há 8 anos, o policial dava aulas nos projetos sociais da Igreja Metodista.

- Sempre tive vontade de montar uma turma aqui na comunidade e, com o apoio do comando, finalmente foi possível - afirmou Silveira.

Para as aulas, o sargento tem a colaboração de três colegas, também professores de jiu-jítsu, que participam do projeto como voluntários.

A presidente do Centro Comunitário Irmãos Kennedy, Verônica Gomes Martins da Silva, está otimista com a iniciativa.

- Essa parceria demonstra um avanço nas oportunidades sociais desenvolvidas com a UPP - disse Verônica.

O centro comunitário ajudou na divulgação das aulas de artes marciais no próprio espaço. Policiais também distribuíram livros aos alunos matriculados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário