domingo, 28 de junho de 2015

Núcleo de Aconselhamento Religioso atende a população

Unidade já oferecia orientação para policiais civis e suas famílias

O Núcleo de Aconselhamento Religioso, da Polícia Civil, agora está aberto à população. Criado em 2010 para acompanhar e monitorar as investigações de crimes religiosos junto às delegacias, a unidade também oferece aconselhamento e orientação religiosa aos policiais e suas famílias.

Formado por representantes de diversas religiões que se revezam no atendimento aos policiais e ao público, o núcleo funciona às terças, quartas e sextas-feiras, das 9h às 18h, na Cidade da Polícia.

Ampliação do serviço

Segundo o chefe de Polícia Civil, delegado Fernando Veloso, o atendimento pode ser ampliado.

- A Central de Atendimento ao Cidadão vai funcionar como um S.O.S para qualquer pessoa - disse Veloso.

Ao procurar o Núcleo de Aconselhamento Religioso, o interessado pode conversar com o sacerdote que estiver no atendimento na hora ou marcar uma data para falar com o representante da sua religião.

- Fazemos um trabalho de humanização da Polícia Civil. Tentamos auxiliar o policial e o cidadão que sofreu com a intolerância religiosa - explicou o babalorixá Renato de Ogunjá.

Para o presidente da União Wicca do Brasil, sacerdote Og Sperle, o aconselhamento religioso perpassa questões psicológicas.

É importante que os policiais saibam diferenciar os delitos religiosos de outros crimes. A vítima deve se sentir amparada - disse o sacerdote.

Já o reverendo Carlos Borel, da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, ressaltou que o encontro dos líderes religiosos em um espaço da Polícia Civil é um exemplo.

A partir do diálogo inter-religioso entre os líderes e a polícia, levamos para as nossas comunidades o legado de respeito e amor ao próximo - afirmou Borel.

Em casos de denúncias sobre intolerância religiosa, a população pode acionar a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) pelos telefones (21) 2334-8823 ou 2334-8835, pelo chat https://cacpcerj.pcivil.rj.gov.br/, pela página do Facebook CAC PCERJ (Oficial) e pelo Whatsapp (21) 98197-2424.

Nenhum comentário:

Postar um comentário