Comissão debate tratamento da Psoríase no Brasil Da Redação


A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) realiza, nesta quarta-feira (3), audiência pública com o tema “O cenário da Psoríase no Brasil- uma revisão necessária”.
A psoríase é uma doença crônica e inflamatória que atinge mais de 125 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 5 milhões no Brasil. Provoca muita coceira e vermelhidão. As vítimas da doença têm mais risco de desenvolver depressão, ansiedade e suicídio.
A senadora Ana Amélia (PP-RS), autora do requerimento para a realização da audiência, subiu à tribuna na última quarta-feira (28), para destacar a aprovação de resolução sobre a psoríase na Assembleia Mundial da Saúde realizada, promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) neste mês.
Conforme informou Ana Amélia, A 67ª Assembleia Mundial da Saúde reconheceu a psoríase como uma enfermidade crônica, grave, não transmissível, dolorosa, desfigurante e para a qual ainda não existe cura. A resolução aprovada na ocasião também aumenta a consciência sobre a carga psicossocial da doença, pois as pessoas com psoríase sofrem com a falta de conscientização e acesso ao tratamento.
No dia 8 de maio, após conversar com lideranças da Associação Nacional de Portadores de Psoríase (Psorisul), Ana Amélia encaminhou documento ao representante do governo federal pedindo atenção do Ministério da Saúde na Assembleia.
Foram convidados para a audiência no Senado o presidente da Associação Nacional de Psoríase no Brasil, Gladis Lima; o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Gabriel Gontijo; Professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Ricardo Romiti, representante do Ministério da Saúde e representante da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do SUS (CONITEC).
Agência Senado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governador destaca investimento de R$ 120 mi em Ponta Grossa

Prefeitura começa a instalar lâmpadas de LED em ruas escolhidas pela população