quarta-feira, 20 de abril de 2016

Gerente e ex-funcionário de padaria são indiciados por agressão a menor

A Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) informa que ainda não há prazo para conclusão do inquérito policial referente a agressão de uma criança de 11 anos, ocorrida no dia 08 de março de 2016, na padaria Viena, em Cuiabá. Investigações ainda estão sendo realizadas para identificação dos fatos.
Na tarde de segunda-feira (18), o delegado Paulo Alberto Araújo, que está respondendo pela Deddica, indiciou o segundo envolvido no caso, o gerente da padaria Eduardo dos Santos, de 35 anos. Ele é acusado de facilitação pessoal à fuga e ainda discriminação de acordo com a Lei 7.716, artigos 5° e 8°. Em depoimento na terça-feira (19), o gerente da padaria negou qualquer participação.
O agressor José Soares, de 21 anos, já havia sido indiciado por discriminação e lesão corporal. Ele foi ouvido pelos policiais da Deddica, em Juara, no último sábado, 16 de abril.
Foram ouvidos até o momento clientes e funcionários do estabelecimento, familiares dos indiciados e também parentes das três crianças que vendiam doces nas proximidades do local.
“Além dos indiciamentos, agora estamos saneando as investigações dando atenção a alguns pontos levantados pelas testemunhas, detalhes importantes citados por elas que estão sendo investigados e que serão divulgados em momento oportuno. Estamos também encaminhando alguns ofícios, no sentido de informar e pedir diligências a outros órgãos, por exemplo, a Secretaria de Assistência Social do município de Cuiabá para ver o que pode ser feito à família dessas crianças e também à Polícia Militar, que primeiro atendeu o caso", esclareceu o delegado Paulo Alberto Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário