quarta-feira, 20 de abril de 2016

Enem 2016 vai adotar identificação biométrica

Pela primeira vez, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), contará com o recurso da identificação biométrica para reconhecimento individual dos candidatos. Antes, o procedimento era feito somente por meio da análise do documento de identidade do participante. Com a nova medida, as fraudes deverão ser reduzidas.
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – entidade responsável pela organização do certame, este ano o candidato terá de fornecer a impressão digital num selo autoadesivo, que acompanha a sua ficha de identificação.
O procedimento já é adotado em outros concursos públicos. “A ideia é evitar que candidatos façam provas usando identificações falsas, assegurando a lisura do concurso”, explica Nayra Colombo, coordenadora de Ensino Médio da Secretaria de Educação e Esporte do Acre.
A ferramenta complementa as usadas em anos anteriores, que são o envelope com lacre para guardar os objetos eletrônicos dos inscritos e o detector de metais.
As provas da edição do Enem serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro. As inscrições abrem às 8 horas (horário do Acre) do dia 9 de maio e vão até 21h59 do dia 20 do mesmo mês.
A taxa de inscrição é de R$ 68 e poderá ser paga até o dia 25 de maio em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Estão isentos os estudantes que estão terminando o ensino médio este ano, em escolas da rede pública. Mas, para isso, deverão declarar essa situação na ficha de inscrição.

Justificativa

Ainda segundo o edital, o candidato que conseguiu a isenção em 2015, mas não foi fazer as provas, deve justificar a ausência no ano anterior, se quiser obter a gratuidade este ano. A condição, no entanto, não garante que ele alcance o benefício. Mais informações, incluindo o edital completo, podem ser encontradas no portal Hora do Enem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário