sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

PF deflagra ação de combate ao trabalho escravo no Mato Grosso do Sul


Corumbá/MS - A Polícia Federal, contando com a cooperação de Auditores Fiscais do Trabalho, realizou, na data de hoje (28) – Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo –, uma operação para apurar denúncia de trabalho em condições análogas às de escravo, envolvendo estrangeiros em Corumbá/MS.
Nesse contexto, promoveu-se a fiscalização em um pequeno imóvel, localizado na região central deste município, que servia como alojamento para 05 imigrantes sírios, acomodados em espaço inadequado e desprovido das condições de salubridade. Entrevistados, os estrangeiros afirmaram ter ingressado no país, no ano de 2015, pelo Município de São Paulo/SP, onde receberam o convite para trabalhar no ramo da construção civil em Corumbá/MS.
Segundo os auditores fiscais do trabalho, a empresa será autuada em razão de ter deixado de observar os direitos trabalhistas dos nacionais sírios, a exemplo da não anotação da CTPS, não recolhimento de FGTS e das irregularidades constatadas no alojamento. A empresa será notificada, ainda, para regularizar a situação dos trabalhadores e do alojamento.
Os estrangeiros foram encaminhados à sede da Delegacia de Polícia Federal em Corumbá, onde Policiais Federais e Auditores Fiscais do Trabalho prestaram orientações sobre os direitos trabalhistas e regularização da situação migratória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário