terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Sistema eletrônico de emissão de passaportes traz pesquisa de satisfação


Brasília/DF - O Sistema Nacional de Passaportes (Sinpa), ferramenta da Polícia Federal utilizada para a solicitação do passaporte, conta com mais uma novidade desde a última quinta-feira, 17. Os usuários têm à disposição uma pesquisa de satisfação, que serve como indicador de efetividade do serviço prestado ao cidadão.
A pesquisa deverá ser preenchida após a retirada do passaporte no posto de expedição do documento. Quando o posto receber o passaporte dos Correios, o solicitante será avisado, por e-mail, da chegada do documento. No ato da retirada, o indivíduo será convidado, também por meio eletrônico, a preencher o formulário da pesquisa dentro da página do Sinpa.
De acordo com o chefe da Divisão de Passaportes da Polícia Federal, delegado Juner Caldeira Barbosa, o preenchimento da pesquisa de satisfação é fundamental, uma vez que a ferramenta será utilizada para a melhoria contínua do serviço de emissão de passaportes prestado pela instituição.
“Esse novo Sinpa representa um grande avanço em termos de segurança do processo de expedição de passaporte. Além disso, a pesquisa permitirá aos gestores, em todos os níveis, melhorar a qualidade do atendimento oferecido ao cidadão, já que conhecerão a opinião das pessoas quanto à qualidade atual dos serviços prestados nos postos de expedição”, destacou.
Mudanças
Além da pesquisa de satisfação, o Sinpa foi adequado para que o cidadão informe o nome e sobrenome no momento da solicitação do passaporte. Com isso, a Polícia Federal e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) esperam agilizar o atendimento e diminuir a ocorrência de erros de ofício, especialmente nos casos que envolvem pessoas com nomes compostos.
A segurança da plataforma também foi alvo de transformações, com a inclusão de algumas funcionalidades, como a gravação dos IP’s dos usuários e registro do endereço da estação de trabalho.
Já no início do mês o Sinpa havia passado por importantes adaptações para pessoas com deficiência visual. Recursos como alto contraste, navegação por teclado e atalhos para o topo e fim de página estão disponíveis desde o dia 4 de dezembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário