domingo, 13 de dezembro de 2015

PF realiza Operação Varredura III contra segurança privada clandestina

São Paulo/SP – A Polícia Federal terminou hoje (11/12) a Operação Varredura III, em São Paulo. Durante esta semana, a PF fiscalizou a regularidade de empresas de segurança privada na cidade de São Paulo, no âmbito da Campanha Nacional Contra a Segurança Clandestina.
Além das fiscalizações, também foram realizadas ações internas na PF, visando a capacitação de servidores policiais, a troca de experiências com os segmentos privados envolvidos na atividade e a conscientização e esclarecimento dos cidadãos sobre a importância da contratação do serviço regular de segurança privada.
Após treinamento teórico de policiais envolvidos no trabalho de fiscalização da segurança privada de todo o Estado, foram realizadas ações de campo com a verificação da situação da segurança privada em estabelecimentos comerciais na cidade de São Paulo, como hospitais, condomínios, casas noturnas, sedes de empresas, postos de vigilância, etc. Nas diligencias  foram vistoriados 27 locais, 9 dos quais encontrados com serviços totalmente clandestinos. Outros 6 estabelecimentos tinham irregularidades administrativas. Empresas foram fechadas e autuadas.
A contratação de segurança clandestina expõe o cidadão à riscos pois somente a regularidade garantem vigilantes preparados e treinados nos padrões estabelecidos pela PF e com suas fichas criminais verificadas.
A Campanha Nacional Contra a Segurança Clandestina acontece em parceria com a Fundação Brasileira de Ciências Policiais (FBCP), a Federação Nacional de Empresas de Segurança e Transportes de Valores (FENAVIST) e o Sindicato das Empresas de Segurança Privada, Segurança Eletrônica e Cursos de Formação do Estado de São Paulo (SESVESP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário