domingo, 13 de dezembro de 2015

PF combate fraude de R$ 3 milhões em empréstimos consignados da CEF

Rio de Janeiro/RJ – A Polícia Federal, com apoio da gerência de segurança da Caixa Econômica Federal (CEF), deflagrou na manhã de hoje (08/12) a operação Mare Clausum* para desarticular uma associação criminosa responsável pela fraude em empréstimos consignados obtidos junto à empresa pública federal, tendo gerado um prejuízo estimado em mais de R$ 3 milhões.
Foram cumpridos pela PF quatro mandados de busca e apreensão. Também foi decretado pela Justiça o bloqueio de contas bancárias e a vedação de deixar o país para quatro dos investigados.
A investigação, iniciada há cerca de 6 meses, identificou a fraude em pelo menos 90 contratos de empréstimos que tinham como titulares militares reformados e pensionistas da Marinha do Brasil.
A associação criminosa acessava o portal de consignações da Marinha e cooptava os devedores com a promessa de quitação dos seus empréstimos junto à CEF para que pudessem obter novos empréstimos em outros bancos, o que efetivamente ocorria. Todavia, os empréstimos não eram verdadeiramente pagos, mas apenas zerados no sistema bancário, contando, para isso, com a participação de empregados da Caixa.
Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de associação criminosa, inserção de dados falsos em sistema de informações, estelionato e peculato.

* Mare Clausum é um termo legal utilizado no direito internacional significando um mar fechado, sujeito à navegação exclusiva de um país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário