terça-feira, 17 de novembro de 2015

Patrulha Escolar Comunitária é assunto de reunião na 1ª CRE


O Major Eduardo Ramos, do 20º Batalhão da Polícia Militar, esteve em audiência com a coordenadora da 1ª CRE, Sônia D´Ávila, na última segunda-feira, 9, para apresentar o projeto Patrulha Escolar Comunitária (PEC), que é desenvolvido em parceria com as Secretarias de Estado e demais órgãos públicos.
A iniciativa propõe a implantação de medidas de prevenção visando à redução dos índices de violência nas escolas. O trabalho irá abranger 45 instituições estaduais da zona norte da Capital, 16 municipais e 12 particulares. O objetivo é que as atividades ocorram em paralelo com as CIPAVEs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar). A gerente estadual do projeto, Luciane Manfro, afirma que atualmente estão constituídas em 1,3 mil comissões em escolas da rede pública estadual.
Conforme o Major Ramos, os principais objetivos da PEC é identificar os problemas de cada comunidade escolar, apontar as medidas para soluções e traçar um plano de segurança. “A execução do trabalho inclui a participação do Conselho Tutelar, Ministério Público, Guarda Municipal, EPTC, SMED, além de diversos órgãos de segurança”, salientou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário