quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Atletas da Seleção Masculina de Handebol esperam jogos de alto nível na Supercopa



Brasil vai enfrentar Alemanha, Eslovênia e Sérvia no tradicional torneio europeu, de 6 a 8 de novembro
Kiel (ALE) - Concentrados desde o dia 1º de novembro em Kiel, na Alemanha, a Seleção Masculina de Handebol já está na expectativa para a estreia da Supercopa, tradicional torneio que é realizado na Alemanha desde 1979. O Brasil faz o primeiro jogo na competição contra os donos da casa, na sexta-feira (6), às 14h45 (horário de Brasília), em Flensburg. No sábado (7), a equipe encara a Eslovênia, às 14h45, em Hamburgo. O último adversário será a Sérvia, no domingo (8), às 9h30, em Kiel.

Para o armador direito e capitão da Seleção, Fernando Pacheco, o Zeba, é fundamental para a equipe participar de torneios tão fortes, principalmente por estar em preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. "É essencial enfrentarmos equipes fortes. Quanto mais atuarmos em alto nível, mais iremos evoluir. Temos potencial para crescermos ainda mais", afirmou.

Mesmo sabendo da dificuldade, Zeba espera uma grande atuação do Brasil. "A expectativa é a melhor possível. Fizemos ótimas campanhas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e no torneio da Polônia neste ano. Esperamos desempenhar o mesmo papel aqui na Alemanha", declarou o capitão brasileiro, lembrando dos títulos conquistados nas duas competições.

Para o goleiro Maik Santos, atleta mais experiente do grupo, com 35 anos, o convite para participar da Supercopa mostra o nível que o handebol brasileiro tem atingido internacionalmente. "Temos recebido convites para disputar torneios tradicionais, pois estão vendo a evolução do Brasil. A Seleção está fazendo por merecer e queremos continuar evoluindo. A expectativa é jogar bem", disse.

Programação - Supercopa
Horário de Brasília

Sexta-feira (6) - Flensburg
14h45 - Brasil x Alemanha
17h - Sérvia x Eslovênia

Sábado (7) - Hamburgo
12h30 - Alemanha x Sérvia
14h45 - Brasil x Eslovênia

Domingo (8) - Kiel
9h30 - Brasil x Sérvia
11h45 - Alemanha x Eslovênia

Seleção Brasileira Masculina

Goleiros: César Augusto de Almeida "Bombom" (BM Granollers - Espanha), Maik Santos (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP) e Rangel da Rosa (Vila de Aranda - Espanha).

Pontas: André Martins Soares "Alemão" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP), Fábio Chiuffa (BM Guadalajara - Espanha), Felipe Borges (Montpellier Handball Aglomeration - França) e Lucas Candido (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP).

Armadores: Arthur Patrianova (RK Celje - Eslovênia), Fernando Pacheco "Zeba" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP), Haniel Langaro (Esporte Clube Pinheiros - SP), José Guilherme de Toledo "Zé" (BM Granollers - Espanha) e Leonardo Santos "Léo" (Ademar León - Espanha).

Centrais: Henrique Teixeira (BM Granollers - Espanha) e João Pedro da Silva (Chambery Savoier - França).

Pivôs: Alexandro Pozzer "Tchê" (Puerto Sagunto - Espanha), Rogério Moraes (THW Kiel - Alemanha) e Vinicius Teixeira "Vini" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté - SP).

Comissão técnica

Treinador: Jordi Ribera
Assistente técnico: Washington Nunes
Treinador de goleiros: Diogo Castro
Preparador físico: Luiz Antônio Luisi Turisco
Médico: Gustavo Rocha Santos
Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa
Massoterapeuta: João Batista da Silva
Nutricionista: Larissa Aguiar
Psicóloga: Anahy Couto
Supervisor: Cássio Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário