domingo, 15 de novembro de 2015

1ª Turma autoriza extradição de dinamarquês acusado de crime de fraude 


A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu pedido de Extradição (EXT) 1339 solicitado pelo governo da Dinamarca para que o nacional John Ramsing Joergensen, preso preventivamente desde 13 de junho de 2014, responda a processo criminal pelo crime de fraude. A decisão foi unânime.
De acordo com o relator, ministro Marco Aurélio, a documentação atende ao estabelecido em lei sobre o assunto. Ele ressaltou que há uma ordem de prisão implementada na Dinamarca, além de haver correspondência do crime no Brasil. Segundo o ministro, existe promessa de reciprocidade entre os dois países e, no caso, não incide a prescrição.
Dessa forma, o colegiado acompanhou o voto do relator que concluiu pela possibilidade de entrega do extraditando ao governo dinamarquês, devendo ser respeitado o máximo de 30 anos de prisão, previsto na legislação brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário