sábado, 10 de outubro de 2015

Último mês para as inscrições do Prêmio Fatma de Jornalismo

As inscrições para a 8ª edição do Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental terminam em 30 dias. Serão premiadas as melhores reportagens que trataram do tema meio ambiente entre 31 de outubro de 2014 a 31 de outubro de 2015. Haverá vencedores e menções honrosas nas categorias Mídia impressa (jornal/revista), Mídia eletrônica (rádio/televisão) e Internet com R$ 5 mil e R$ 2 mil, respectivamente. As inscrições podem ser feitas regionalmente nas 14 coordenadorias da Fatma ou em na sede, em Florianópolis.
Podem participar da premiação jornalistas profissionais autores de reportagens, individual ou coletivamente, sobre meio ambiente publicadas em programas de televisão e rádio, em site de notícias ou em jornal e revista. Os trabalhos premiados farão parte do acervo da biblioteca da Fatma.
Para o presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Alexandre Waltrick, o prêmio confirma o compromisso da Fundação em estimular a preservação do meio ambiente. “Chegamos à 8ª edição do Prêmio Fatma de Jornalismo porque sempre acreditamos na força da comunicação para divulgar, em todo o Estado, bons projetos de preservação ambiental e sustentabilidade”, afirma.
O diretor administrativo da Tractebel Júlio César Lunardi, patrocinador do prêmio, ressalta a importância do prêmio para incentivar as práticas sustentáveis. “É muito gratificante para a Tractebel fazer parte desse prêmio. As reportagens veiculam exemplos de cases que melhoraram o meio ambiente com de ações de desenvolvimento sustentável e estimulam as pessoas a adotar medidas de educação ambiental”, sustenta Lunardi.
O Prêmio conta com apoio da Associação Catarinense de Imprensa (ACI), Associação dos Diários do Interior (ADI), Associação dos Jornais do Interior (Adjori), Associação Catarinense das Emissoras de Rádio e TV (Acaert) e Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina. Mais informações sobre o regulamento e inscrições podem ser obtidas no site da Fatma: www.fatma.sc.gov.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário