sábado, 10 de outubro de 2015

Santa Catarina ganha reforço de mais 19 antenas para telefonia celular

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) emitiu nesta segunda-feira, 5, mais 19 licenças para antenas de telefonia móvel no Estado. Dessas, 16 liberam a operação e as demais permitem a implantação. A Fundação tem agilizado os processos para ampliar a cobertura de telefonia e internet.
Desde o início do ano, a Fatma emitiu mais de 350 licenças para telefonia móvel. A instalação de novas torres em Santa Catarina faz parte de termo de compromisso firmado pelas empresas junto à CPI da telefonia da Assembleia Legislativa realizada em 2014. “Estamos fazendo a nossa parte em agilizar as licenças, sempre com responsabilidade. Nossa meta é chegar até o final do ano com a emissão de 400 documentos, mas neste ritmo de trabalho devemos superar esse número”, afirma o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick.
As torres são para diversas operadoras e a Fatma é responsável apenas pela análise dos processos ambientais e pela liberação ou não das licenças. A localização das antenas também cabe às operadoras.
Confira a lista das licenças emitidas:
LAO - Licença Ambiental de Operação: permite o início do funcionamento das torres
Guaramirim – Rua Valdir Prusse – Vila Amizade
Joinville – Santa Catarina
São João Batista – Rod. SC 410, Rio do Braço
Itajaí – Limoeiro
Rio Negrinho – Rua Alfredo Girardi, Vila Nova
Campo Erê – Fazenda Viganó
Biguaçu – Estrada Geral Sorocaba de Fora
Zórtea – Estrada Zórtea a Pouso Alto – Fazenda do Agudo,  Distrito de Tupitinga
Santa Rosa de Lima – Estrada Geral, Nova Esperança
Grão Pará – Estrada Geral Rio Walter
Pomerode – Estrada Geral Alto da Serra
Ouro – Linha Pinheiro Alto
Fraiburgo –Liberata
Laurentino – Centro
Irineópolis – Centro
Trombudo Central – Wolfang Rollof
LAP - Licença Ambiental Prévia: permite a implantação das torres
Joinville – Otto Albano Ganzemuller, Vila Nova
Balneário Gaivota – Av. Interpraias, Fernão Capelo
São João Batista – Sítio Rio do Braço

Nenhum comentário:

Postar um comentário