sábado, 10 de outubro de 2015

Projeto Piloto em Comunidades Rurais Digitais leva internet para o meio rural de 11 municípios catarinenses

A partir do próximo ano, o meio rural catarinense estará conectado. Em uma iniciativa pioneira o Governo do Estado, através do Programa SC Rural, terá um Projeto voltado para a instalação de antenas repetidoras de sinal de internet e de telefonia no meio rural de 11 municípios. Nesta terça-feira, 6, a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca reuniu representantes das prefeituras beneficiadas para tratar das questões técnicas e burocráticas do Projeto Piloto em Comunidades Rurais Digitais.
Durante a reunião, o corpo técnico das prefeituras conheceu o projeto básico e executivo para instalação das antenas, além dos cronogramas para a liberação de recursos, publicação dos editais de licitação e acompanhamento técnico e operacional para implantação da infraestrutura de telecomunicação e contratação de serviço de dados e telefonia.
O Projeto atenderá os municípios de Ipuaçu, Catanduvas, Bom Retiro, Major Vieira, Trombudo Central, Botuverá, Bocaina do Sul, Pedras Grandes, Tigrinhos, Pinheiro Preto e Anitápolis - um investimento de R$ 5,5 milhões do Programa SC Rural. Durante 24 meses, os custos de implantação, manutenção, operação e gestão ficarão a cargo da Secretaria da Agricultura e da Pesca, após esse período o município será responsável pelos custos.
O secretário da Agricultura, Moacir Sopelsa, explica que os municípios receberão os recursos, mas terão o compromisso de licitar e levar a internet ao campo. “O interior precisa de comunicar igual à cidade e hoje não se tem desenvolvimento sem infraestrutura. O telefone e a internet são ferramentas que precisam estar na mão do cidadão em qualquer parte onde ele mora”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário