sábado, 10 de outubro de 2015

Mesatenista dos Jesc vai disputar campeonato brasileiro

Luiz Eduardo dos Anjos, 16 anos, tem como hobby e profissão o tênis de mesa. O jovem que ama o esporte veio de Brasília, está longe da família, por amor à modalidade. Ele representa o município de Joaçaba e o Estado de Santa Catarina em grandes competições. Neste domingo, 4, mostrou o porquê veio, foi campeão da etapa regional Centro Oeste dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), em Concórdia.

Mesatenista dos Jesc vai para o Brasileiro
A agenda do mesatenista está cheia no mês de outubro, ele segue para São Miguel do Oeste para disputar a etapa estadual dos Jesc, onde é um dos favoritos dos Jogos, e após isso irá para Bahia, participar do Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa no próximo dia 28. “Fiquei muito contente com o título da etapa regional e estou bastante confiante no estadual também, após isso a preparação técnica e psicológica será para o Brasileiro. Eu quero trazer o ouro  de lá, pois vou representando Joaçaba na categoria individual e Santa Catarina por equipes, treinei bastante e estou otimista.”
O jovem de 16 anos está no primeiro ano do Colégio CERT de Joaçaba, o estudante apresenta um currículo de dar inveja. Luiz  já foi bronze no Campeonato Sul Americano de Tênis de Mesa, na categoria individual, que ocorreu na Argentina em 2014, por equipe na mesma competição foi ouro, no Brasileiro do Rio de Janeiro deste ano levou a prata e ficou em primeiro lugar na Copa Brasil de Piracicaba também de 2015. Além disso é tricampeão da categoria individual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Reconhecimento que segundo ele, veio de muito esforço. “Eu moro sozinho em Joaçaba e visto a camisa do município, acredito que esse empenho de ficar longe da minha terra vai valer muito a pena, pois eu creio num sonho, e serei persistente na causa, quero ser atleta profissional reconhecido no mundo.”
Os Jogos Escolares de Santa Catarina são uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Fesporte, em parceria com as SDRs e prefeituras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário