quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Donizeti Nogueira diz que oposição e mídia estão unidas contra o governo

Da Redação
O senador Donizeti Nogueira (PT-TO) voltou a criticar a oposição e os veículos de comunicação, nesta quarta-feira (7), pelo que considera um “silêncio cúmplice” em relação às denúncias sobre contas bancárias secretas na Suíça. Ele também chamou de "imoral e ilegal" o julgamento das contas da presidente Dilma Rousseff pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e classificou de golpismo e "pressão midiática" as acusações contra o governo sobre o aparelhamento do Estado.
Donizeti negou a afirmação de opositores do governo de que o PT teria criado 20 mil cargos.  Ele ressaltou que, em relação ao PIB, foram criados menos cargos em comissão dos que nos governos anteriores. Além disso, acrescentou que a maior parte dos cargos é ocupada por servidores de carreira com mais qualificação.
O parlamentar também afirmou que os casos de corrupção de governos anteriores não foram apurados. Ele disse ainda que o país está muito melhor agora do que há 13 anos, inclusive com a comprovação de dados econômicos.
– A maioria das denúncias e escândalos envolvendo o governo atual é movida pela pressão midiática, motivada pelos gritos da oposição que quer voltar ao governo sem ter tido os votos necessários para assumir disse.
Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário