quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Capiberibe destaca campanha Desmatamento Zero

Da Redação
Em discurso nesta quarta-feira (7), o senador João Capiberibe (PSB-AP) destacou a campanha Desmatamento Zero. A campanha teve início em 2012, patrocinada pela ONG Greenpeace, e conseguiu o apoio de cerca de 1,4 milhão de assinaturas. Um texto de iniciativa popular com a sugestão de um projeto sobre o desmatamento zero foi entregue, hoje, por representantes da campanha aos senadores e deputados.
Capiberibe relatou que, no ano passado, o Brasil perdeu meio milhão de hectares de floresta nativa. Para o senador, a preservação do meio ambiente está diretamente relacionada com o acesso à água potável. Pela sugestão do projeto, “fica instituído o desmatamento zero no Brasil, com a proibição da supressão de florestas nativas em todo o território nacional”. O texto ainda prevê que “a União, estados, municípios e o Distrito Federal não mais concederão autorizações de desmatamento das florestas nativas brasileiras”.
- Essa é uma proposta que surgiu da sociedade brasileira. Vamos debater, vamos aprofundar o projeto. O equilíbrio hidrológico deste país depende do desmatamento zero – afirmou o senador.
Capiberibe ainda pediu que o Senado aprove um projeto ousado em relação à preservação do meio ambiente, de preferência antes da 21ª Conferência Sobre Clima da ONU (COP21), que acontece em dezembro, na cidade de Paris.
Em aparte, os senadores Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Valdir Raupp (PMDB-RO), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Donizeti Nogueira (PT-TO) elogiaram o discurso de Capiberibe e manifestaram apoio à campanha.
Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário