sábado, 19 de setembro de 2015

PF combate extração e comércio ilegal de minério no Pará


Marabá/PA – A Polícia Federal, em parceria com o IBAMA e o DNPM, deflagrou ontem (10/9) a Operação Buriti-Sereno, para coibir a extração e o comércio ilegal de minério, nas cidades de Curionópolis/PA, Marabá/PA e Parauapebas/PA.
Ao todo foram fiscalizados sete pontos de extração ilegal de manganês, perfazendo uma área aproximada de 300 mil metros quadrados, segundo o IBAMA. Nessa região, foi constatada a extração ilegal de aproximadamente 10.000 toneladas de minério e graves danos ambientais em áreas de preservação permanente.
Foram apreendidos nos locais fiscalizados sete veículos: dois caminhões; quatro retroescavadeiras; um britador para beneficiamento de minério avaliado em aproximadamente R$ 1 milhão; um gerador e um motosserra, perfazendo um total de R$ 3,2 em bens apreendidos, segundo o IBAMA. Foram apreendidas ainda cinco toneladas de manganês já beneficiadas e prontas para o transporte, no valor total de R$ 2,3 milhões.
As áreas fiscalizadas foram todas embargadas, e as atividades paralisadas. As medidas administrativas e de polícia judiciária foram adotadas, e as conclusões dos trabalhos encaminhadas ao judiciário para a aplicação das penas e das multas referentes aos crimes verificados.
O nome Buriti-Sereno foi escolhido em alusão aos locais onde foram realizadas os a extração ilegal de minérios alvo dessa operação, qual seja, a Serra do Sereno e a região conhecida como Buriti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário