quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Operação Mandrake II investiga fraudes em combustíveis em MG


Varginha/MG – A Polícia Federal deflagrou hoje (9/9) a Operação Mandrake II, para investigar ingresso ilegal de combustíveis em Minas Gerais, com utilização de notas fiscais falsas em nome de postos de combustíveis do Estado de São Paulo.
Policiais federais deram cumprimento a oito mandados judiciais: dois de prisão temporária, dois de condução coercitiva e quatro mandados de busca e apreensão, nas cidades de Varginha, Três Pontas e Poços de Caldas/MG.
Também estão sendo intimados os representantes legais de 12 postos, em relação aos quais a PF analisou combustíveis apreendidos por ocasião da deflagração da Operação Mandrake, em março deste ano, na qual detectou adulteração [presença de metanol – substância proibida – (em 7 postos) e álcool anidro acima do limite permitido (25% à época da deflagração – em 5 postos)].

Nenhum comentário:

Postar um comentário