quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Estrutura do palco do Cine Teatro Ouro Verde é concluída

Estrutura do palco do Cine Teatro Ouro Verde é concluída.Foto: Divulgação
A empresa responsável pela reconstrução do Cine Teatro Ouro Verde, em Londrina, dá sequência às obras na base metálica sobre o mezanino do teatro, onde serão posteriormente instaladas as poltronas. O trabalho considera dimensões e normas de segurança e o ângulo necessário para que o público tenha conforto ao assistir aos espetáculos.

Segundo o engenheiro-responsável pela Regional Planejamento e Construções Civis, José da Rocha Neto, o mezanino não chegou a ser atingido no incêndio. No entanto, em virtude do calor, foi preciso reforçar toda a estrutura com vigas metálicas.

Ele explica que nesta etapa da obra o foco é atacar pontos que ficaram pendentes – será preciso solucionar emergencialmente a construção da galeria de água pluvial e a rede de esgoto, localizadas ao fundo do prédio, na divisa com o Edifício Autolon. No local também existe uma área de entrada e saída com capacidade para atender veículos de carga de média capacidade. A área é de uso comum do Edifício Autolon, do Ouro Verde e do prédio vizinho. Ali deverá ser construído um elevador de carga para transporte de cenários, além da infraestrutura que abrigará os condensadores de ar.

A estrutura do palco foi totalmente concluída, o que dá a dimensão do novo espaço destinado aos artistas. A construtora aguarda a definição da complementação da estrutura metálica (cobertura) do palco do teatro.

Em reunião realizada em agosto, a construtora e a administração da Universidade Estadual de Londrina (UEL) definiram que será estabelecido um novo cronograma de obras até dezembro deste ano, sem interrupções. Na ocasião a reitora, Berenice Quinzani Jordão disse que somente no final de 2015, com a conclusão de toda infraestrutura, é que será possível estabelecer um novo prazo de entrega do teatro restaurado.

PAGAMENTO – Em agosto, o Governo do Estado liberou cerca de R$ 2,5 milhões para o pagamento de notas fiscais para dar continuidade às obras. O secretário da Ciência , Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, garantiu outros R$ 4 milhões que serão liberados ainda no exercício de 2015 e repassados de acordo com as medições executadas pela empresa, com acompanhamento e fiscalização da UEL. A restauração e reforma tem um custo previsto de R$ 12,6 milhões e já estão empenhados R$ 8 milhões.

Os recursos para a finalização da obra estão previstos no orçamento de 2016 do Fundo Paraná, responsável pelo pagamento da reconstrução, garantindo toda a fase de acabamento, que inclui investimentos específicos para aquisição e instalação de equipamentos cênicos, poltronas, sistema de ar-condicionado e revestimentos.

HISTÓRIA – Inaugurado em dezembro de 1952, com projeto arquitetônico de Vilanova Artigas, o Ouro Verde foi adquirido pela Universidade Estadual de Londrina em 1978. Em 1999 foi tombado pelo patrimônio histórico estadual. O local foi destruído por um incêndio em 12 de fevereiro de 2012.

Com a recuperação e reforma, o Cine Teatro vai ganhar estrutura moderna e arrojada, mas sem prejudicar a antiga arquitetura. Os projetos seguem rigorosamente as recomendações técnicas da Coordenação do Patrimônio Cultural e Histórico do Paraná e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Nenhum comentário:

Postar um comentário