quarta-feira, 9 de setembro de 2015

CPI do BNDES fará votação nominal de convocação de empresários do JBS/Friboi


A CPI do BNDES vai votar nominalmente a convocação dos empresários Wesley e Joesley Batista, controladores do grupo JBS/Friboi.
Em votação simbólica, a convocação dos dois foi rejeitada pela comissão, resultado anunciado pelo presidente da comissão, deputado Marcos Rotta (PMDB-AM).
O deputado Bebeto (PSB-BA), um dos autores de requerimentos de convocação dos empresários, pediu verificação do quórum e votação nominal. “Não entendo que manobra regimental é essa que está sendo feita para impedir a convocação dos empresários”, disse Bebeto.
Em setembro, o BNDES foi obrigado pelo Supremo Tribunal Federal a disponibilizar todas as informações referentes aos empréstimos feitos ao grupo JBS/Friboi, que totalizam mais de R$ 8 bilhões, para uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU).
O pedido de informações tinha sido feito pela Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados.
Os requerimentos de convocação dos irmãos Wesley e Joesley Batista, controladores do grupo, foram apresentados pelos deputados Carlos Melles (DEM-MG), Arnaldo Jordy (PPS-PA) e Bebeto (PSB-BA).
A reunião ocorre no plenário 11.

Reportagem - Antonio Vital
Edição - Newton Araújo
'Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário:

Postar um comentário