sexta-feira, 14 de agosto de 2015

PF prende três pessoas por fraude na Previdência Social


Campinas/SP – A Polícia Federal prendeu ontem (11/8) três mulheres que tentavam fraudar benefícios da Previdência Social, em Itatiba/SP. A prisão é resultado da força Tarefa Previdenciária da Cidade de Campinas, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência e Ministério Público Federal.
Os prejuízos estão sendo apurados, mas estima-se que podem ultrapassar R$ 1 milhão. Somente em um dos benefícios contabilizados ultrapassa o valor de R$ 250 mil.
O flagrante ocorreu no momento que se apresentavam para recebimento de valores referente a benefício obtido de forma fraudulenta. Segundo as investigações, essas pessoas são suspeitas de integrarem organização criminosa especializada em fraudes contra a Previdência Social.
Entre os materiais apreendidos juntamente com as criminosas estavam documentos falsos, celulares, carteira de trabalho e cartões de banco para recebimento de benefícios.
O crime de estelionato qualificado e organização criminosa é apenado com reclusão,  que pode chegar a 15 anos de prisão.
As três mulheres foram encaminhadas à Cadeia Pública de Paulínia, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário