sexta-feira, 14 de agosto de 2015

PF investiga superfaturamento em execução de contrato em Pernambuco


Recife/PE - A Polícia Federal deflagrou hoje (14) a Operação Fair Play, com o objetivo de investigar fraude na concorrência internacional e apurar superfaturamento, estimado em R$42.825.000, na execução do contrato celebrado entre o estado de Pernambuco e uma sociedade anônima formada por várias empresas.
Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão nos estados de Pernambuco (04), Bahia (02), Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal, bem como na residência de dois sócios.
Segundo as investigações, foi concedida autorização a uma das empresas para elaborar o projeto básico do edital de concorrência, sem licitação ou edital de chamamento. O projeto básico foi produzido sem disponibilizar todas as informações, sem justificativa dos custos adotados, com exigência de atestados técnicos exorbitantes e com prazo exíguo de análise para as demais concorrentes, entre outros elementos com vistas à frustração do caráter competitivo.
As provas reunidas na investigação indicam a formação de organização criminosa voltada à corrupção de agentes públicos, à obtenção, mediante fraude, de financiamento e à fraude em licitações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário